Zumbido no ouvido – O que pode ser? Tem Cura? Remédios e Tratamentos

Também conhecido como tinnitus, o zumbido no ouvido é caracterizado como um ruído incomodo, que não possui nenhuma fonte evidente de som externa. Embora não seja, na maioria das vezes, um sinal de uma doença grave, este ruído pode ser o sintoma de algum problema, que exige a identificação e o acompanhamento por um especialista.

Este barulho incômodo no ouvido pode se apresentar de diversas formas, sendo que vários pacientes relatam alguns tipos de sons, como chiados, apitos, barulho semelhante ao de uma cigarra, barulho de cachoeira, cliques ou estalos. Os ruídos podem surgir de forma leve ou mais intensa, aparecendo apenas no silêncio ou em qualquer momento do dia.

zumbido no ouvido causas

Causas do zumbido no ouvido – O que pode ser?

Algumas causas podem estar relacionadas com problemas de perda de audição ou doenças neurológicas, podendo também ser influência de outros fatores, entre eles:

  • Envelhecimento;
  • Exposição a ruídos intensos;
  • Acúmulo de cera no ouvido;
  • Depressão;
  • Dieta inadequada;
  • Falhas na vascularização do ouvido;
  • Uso excessivo de determinados medicamentos (anti-inflamatórios, antibióticos e ácido acetilsalicílico);
  • Inflamações no ouvido;
  • Tumores no cérebro ou no ouvido;
  • Alterações hormonais;
  • Alterações na articulação temporomandibular.

Diagnóstico

Podendo ser originado por diversas causas, o médico precisará avaliar os sintomas apresentados de forma completa. Após fazer um levantamento desses sinais, o médico irá realizar uma observação interna dos ouvidos, da mandíbula e dos vasos sanguíneos dessa região do ouvido.

O médico poderá solicitar um exame de audiometria, a fim de medir a eficiência do ouvido e identificar se o problema não é decorrente da falta de audição.Em alguns casos, será necessário realizar exames de imagem, para ter uma visualização mais completa do problema.

Tratamentos e Remédios

 O tratamento vai variar muito do tipo de fonte que acarretou no zumbido, sendo preciso, também, identificar corretamente a causa do problema. Para muitos casos, o tratamento é simples de ser realizado, como no caso do excesso de cera, em que uma simples lavagem auricular pode resolver o problema. Já no caso de uma infecção no ouvido, o tratamento é realizado com o uso de antibióticos.

Outros casos podem exigir tratamentos mais prolongados e medidas mais aprofundadas. Alguns destes tratamentos são:

  • No caso de doenças cardiovasculares, que prejudicam a irrigação dos vasos sanguíneos do ouvido, o tratamento é pelouso de remédios vasodilatadores;
  • Quando o problema é causado pela perda de audição, o uso de aparelho auditivo pode corrigir o problema;
  • O uso de antidepressivos ou ansiolíticos podem ajudar no tratamento da ansiedade e, consequentemente,tratar o zumbido;
  • A terapia do som pode ajudar a diminuir a percepção do zumbido no ouvido.

Prevenção do problema

Além destes tratamentos citados, em alguns casos,a solução pode ser a adoção de um sono de qualidade e a busca por hábitos mais saudáveis, evitando-se substâncias que possam desencadear o problema.

Outras medidas que podem ser adotadas para prevenir o zumbido no ouvido é o de evitar, se possível, ambientes com muito barulho e a utilização inadequado dos fones de ouvido.

Práticas saudáveis para evitar esse problema podem incluir, também:

  • Evitar a automedicação – alguns medicamentos podem causar o zumbido no ouvido, sendo este mais um fator para que você evite a automedicação;
  • Cuidar no uso do cotonete – utilizar de forma incorreta o cotonete pode acabar empurrando a cera para dentro do ouvido, causando um entupimento e o decorrente zumbido, além do risco de provocar alguma lesão nas estruturas internas do órgão.

zumbido no ouvido o que pode ser

Complicações relacionadas ao zumbido no ouvido

Não existem só os problemas geradores do zumbido, mas também outros agravantes para a pessoa. O ruído no ouvido pode acarretar em:

  • Irritabilidade;
  • Problemas de concentração;
  • Fadiga;
  • Depressão;
  • Problemas de memória.

É fundamental que o paciente procure um otorrinolaringologista, quando perceber os sintomas prolongados do tinnitus. Embora, em alguns casos, o problema seja pontual (como no caso de zumbido após frequentar um ambiente com muito barulho), em outros, o zumbido pode ser o sintoma de um outro problema, conforme citado anteriormente.

Somente um especialista poderá indicar o tratamento ideal para ser realizado. Procure descrever bem os sintomas que você está sentindo, identificando a frequência do zumbido, a intensidade e o ruído específico que você ouve. Assim, será possível que o seu médico consiga realizar corretamente o diagnóstico e resolver, o mais rápido possível, este incômodo problema.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply