Whey Protein – o que é, para que serve e como tomar

O whey protein é um suplemento proteico composto basicamente pela proteína extraída do soro do leite, misturado com aminoácidos, como a leucina, isoleucina, glutamina e arginina. Todas essas substâncias juntas resultam no fortalecimento dos músculos e ganho de massa muscular.

As proteínas encontradas no leite ajudam na reparação dos músculos. Toda vez que é feito esforço muscular (nos treinos de academia, por exemplo) as fibras se rompem para dar origem a novas e mais fortes, nesse momento a reparação é ajudada pelo Whey, no fortalecimento do tecido muscular, mas não é somente para isso que o suplemento serve.

Para que serve?

O whey é um suplemento queridinho por pessoas que dão valor a manutenção de boa aparência ou então os fisiculturistas por apresentar uma via de mão rápida para definir o corpo. A substância também desempenha as seguintes funções:

  • Manutenção dos níveis de aminoácidos: o whey protein é uma fonte de aminoácidos essenciais (como os BCAAs, por exemplo). Essa função é muito eficaz para os praticantes de atividades físicas, já que há uma grande oferta de proteínas para quem o consome, evitando a perda da massa magra (o chamado catabolismo) e promovendo a hipertrofia.
  • Vantagem para os idosos: com o passar dos anos, as pessoas idosas ganham resistência quanto ao ganho de massa muscular magra, além do processo de envelhecimento proporcionar uma redução na capacidade de síntese de proteínas.
  • Ferramenta de tratamento para doenças degenerativas: pesquisas afirmam que o Whey Protein pode contribuir para o ganho de peso e aumento na contagem de linfócitos – especialmente tratando-se do tratamento da ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica).
  • Diminui o colesterol ruim (LDL): ajuda a prevenir doenças cardíacas por conta da diminuição de gordura pesada no sangue, a qual contribui para o entupimento de veias e aumento da vulnerabilidade à derrames.
  • Controla os níveis de glicose: o whey protein isolado ajuda na manutenção estável dos níveis de glicose no sangue, o que reduz o risco de desenvolvimento da diabetes.

O whey protein é uma proteína que é absorvida rapidamente pelo organismo, além de possuir uma baixa concentração de gorduras.

Diferentes tipos de Whey

O suplemento pode ser encontrado em três tipos diferentes, chamados de concentrado, isolado e hidrolisado – cada um possui suas características específicas e indicações sobre quem pode tomar ou não.

Ainda há possibilidade de escolha entre a versão em pó, barras nutri com cereais ou em comprimidos.

Whey Protein Concentrado

Esse tipo de suplemento é aquele que, entre os três, mais possui quantidade de gordura e lactose e, dependendo do tipo de produto, ele pode fornecer cerca de 29% a 89% de proteínas.

Além de conter os aminoácidos essenciais e ácidos graxos, o whey protein concentrado possui aminoácidos precursores de creatina e glutamina.

Recomenda-se o uso como aditivo alimentar, sem necessidade de ter de fazer restrições alimentares, mas se aliado com uma alimentação saudável e um treinamento adequado, um corpo definido será o resultado. Intolerantes à lactose devem evitar esse tipo.

whey-protein-concentrado

Whey Protein Isolado

O whey protein isolado é o tipo de suplemento que mais apresenta concentração de proteína – sua composição alcança entre 90% a 95%, sendo isento de gordura, menos de 1% de lactose. Para a produção de um quilo desse tipo de suplemento é preciso isolar o soro de dois mil litros de leite.

Essa versão do suplemento tem a extração da gordura e do carboidrato do soro do leite, sendo que seu uso é muito recomendado para combater as infecções e inflamações, isto é, o suplemento tem uma boa relação com o sistema imunológico.

Whey Protein Hidrolisado

É o tipo de whey com maior velocidade de absorção e o mais proteico que existe no mercado. É caracterizado também pela baixa quantidade de gorduras e é isento de lactose.

A forma hidrolisada é produzida através da hidrólise enzimática, que é a quebra da proteína em partículas menores quando estas estão na presença de água.

A obtenção dos melhores resultados com o uso do produto tem relação direta com a utilização correta da suplementação.

Como Tomar

O consumo de whey protein pode ser efetuado em dois períodos distintos: no pré-treino ou no pós-treino. Em comum, ambos possuem efeitos positivos para o organismo, principalmente na ação de equilibrar as proteínas musculares.

O suplemento em pó é a forma mais recomendada, o diluindo em água para ingestão. Não se aconselha o consumo desse suplemento com leite, pois o leite é composto por caseína, que acaba provocando uma digestão lenta – o que é totalmente o contrário da função do produto.

O whey pode ser consumido juntamente com leite, vitaminas, água, no bolo e misturado nas principais refeições.

A quantidade recomendada irá variar de acordo com dois fatores principais:

  • Real necessidade.
  • Exercícios físicos.
    como-tomar-whey-protein

De todo modo, nas embalagens há indicações de uso, entretanto a melhor maneira de determinar qual é a quantia correta para o seu caso é procurar um nutricionista, pois esse profissional também irá auxiliar na escolha do produto que mais se adéqua às suas especificidades.

Outro ponto de cuidado é em relação às marcas de whey protein. Sempre adquira de fabricantes confiáveis. Alguns produtos que podem ser adquiridos tranquilamente, são:

  • 100% Pure Whey Protein,
  • Max Titanium Whey Protein,
  • Nutri Whey Protein,
  • Whey Optimum Nutrition,
  • Gold Standart,
  • Max Titanium,
  • Whey Protein 100% puro (somente proteína isolada).

Para você que prefere entender as informações de como tomar whey protein, por meio de cada tipo de suplemento disponível, fique atento abaixo. Lembre-se que alguns critérios estabelecem a escolha, o modo de uso e o preço.

whey-protein-para-quem-e-indicado

Whey Protein Concentrado: essa opção é indicada para consumo em qualquer hora do dia.

A melhor recomendação, por outro lado, são no pós-treino antes das refeições – para ser um complemento das proteínas em sua nutrição diária – e ao acordar. É um excelente aliado para o aumento de massa magra, assim como manter a massa muscular e evitar a perda da massa magra.

Whey Protein Isolado: é o suplemento que pode ser consumido tanto no pré como no pós-treino. Contém todas as vitaminas e minerais que estão presentes no leite, como é o caso da vitamina C.

Uma observação interessante para esse caso é que toda pessoa saiba corretamente a quantidade ideal de proteínas que precisam ser ingeridas diariamente, para que o uso de whey protein se equilibre com a alimentação.

Whey Protein Hidrolisado: boa opção para o pré-treino e também ao pós-treino, pois facilita a absorção de proteínas.

Entretanto é possível que seu personal trainer indique o uso no pós-treino, somente, máximo até uma hora depois da atividade física para que se evite o catabolismo (perda de massa magra).

Efeitos colaterais podem surgir quando o uso for em excesso: destacam-se o ganho de peso, sobrecarga renal e hepática, acne, envelhecimento precoce e inchaço.

Whey Protein Feminino

Não há nenhuma restrição para que mulheres façam uso da proteína isolada do leite, os efeitos são o mesmo em ambos os organismos, desde que a porção diária esteja adequada as especificidades de cada um. Algumas marcas podem incluir substâncias com outros benefícios, como o fortalecimento da pele, cabelos e unhas.

Para aquelas que estão em busca do emagrecimento o produto também é um aliado, pois é uma fonte de proteínas com baixo teor de gordura e carboidratos. Ou seja, você conquista energia para o treino e atividades diárias sem engordar.

Em quanto tempo dá resultados?

Por ser uma proteína os efeitos podem ser sentidos em 120 minutos após a utilização. É sugerido que o consumo aconteça logo após o esforço físico ou treino, pois assim terá ação rápida na reconstrução das fibras musculares que sofreram micro lesões e deverão ficar fortalecidas.

O whey dificilmente dá resultados quando não há a prática regular de atividades físicas, pois é ela que despertará a necessidade de reconstrução das fibras e então a definição muscular. Para quem não tem o desejo de aumentar os músculos, o consumo não precisa ser suspendido, afinal, o corpo estará sob outros benefícios correlatos ao produto.

Efeitos colaterais

O único efeito colateral do whey é a possibilidade de sobrecarregar os rins por conta da alta quantidade de aminoácidos e proteína. Dessa forma o suplemento proteico deve ser ingerido juntamente com bastante água para conservação do órgão.

Pessoas que tenham alergia a proteína do leite ou intolerância à lactose podem sofrer consequências devido à hipersensibilidade do organismo. Nesses casos o suplemento pode ser substituído por versões de soja, carne ou arroz.

Whey engorda?

Quando consumido na quantidade correta não aumenta a quantidade de gordura corporal. Para manter o seu peso ideal basta tomar o whey ao mesmo tempo em que realiza atividades físicas, pois só assim conseguirá resultados de ganho de massa muscular.

Além disso, a garantia de resultados só pode ser conquistada nos produtos que têm a regulamentação da Anvisa. As melhores versões são aquelas que têm grandes quantidades de proteína (entre 80 a 90%) é o caso do 100% Pure Gold Standart e outros.

Benefícios

Apesar de ser recomendado principalmente para ajudar no ganho de massa muscular, os benefícios do whey não param por aí.

  • Melhora na asma;
  • Aumenta a imunidade;
  • Preserva a massa magra;
  • Controla a pressão arterial;
  • Diminui o colesterol ruim;
  • Controla os níveis de glicose.

Por ser uma grande fonte de proteínas sem gordura quando há falta de carboidratos, no caso de dietas, por exemplo, os aminoácidos presentes no suplemento servem de fonte de energia que é convertida dentro do próprio músculo.

Os resultados práticos disso é que as dietas são muito mais fáceis de ser seguidas, auxilia no emagrecimento saudável e aumento da disposição.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (31 votes, average: 4,74 out of 5)
Loading...