Vitamina E – Benefícios, Deficiência, Suplementação e Como Repor

A Vitamina E é composta por oito substâncias similares chamadas de tocoferóis. É denominada de vitamina lipossolúvel, ou seja, ela possui solubilidade em lipídio, pois ela precisa de gorduras para ser absorvida por nosso organismo. Caso não seja consumida junto com substâncias oleosas, ela não é absorvida de forma eficaz.É possível entender que a vitamina E é alcançada através da alimentação – embora muitas pessoas apostem no uso de multivitamínicos. Você poder repor ela naturalmente através das refeições ou se preferir consumir suplementos de vitamina E.

BENEFÍCIOS DA VITAMINA E

Essa vitamina é considerada um dos antioxidantes mais importantes presentes nos alimentos e, obviamente, acarreta uma longa lista de benefícios para o organismo. Isso porque ela ajuda a eliminar os radicais livres presentes no organismo, evitando assim o envelhecimento precoce das células.

Esses radicais livres em excesso no organismo são compostos que causam a degeneração dos tecidos, por isso a sua ação antioxidante é tão importante. Mas, além disso, a vitamina E tem diversos outros benefícios. Veja os principais:

  • Auxilia no crescimento e desenvolvimento;
  • Tem participação na formação dos glóbulos vermelhos;
  • Diminui os efeitos nocivos do fumo do cigarro no pulmão;
  • Diminui os efeitos nocivos do álcool no fígado;
  • Previne doenças, tais como o câncer e cardíacas;
  • Deixa a pele mais firme, pois auxilia na formação do colágeno;
  • Possui ação diurética;
  • Auxilia os diabéticos na regulação dos níveis de açúcar;
  • Diminui as cãibras e sensação de excesso de peso para pessoas que sofrem com problemas de circulação;
  • Favorece a cicatrização da pele.

vitamina-e-2
A performance da vitamina E no nosso corpo é clara, por isso a carência dela não é nem um pouco recomendada, ela é fundamental como vários outros compostos. A dica para não ter problemas é sempre ter uma alimentação controlada e equilibrada.

Acredita-se que ela pode inclusive ajudar a prevenir doenças, como Alzheimer, esclerose lateral amiotrófica, doenças cardíacas, câncer de próstata e muitas outras. Ela é também muito benéfica para gestante, diminuindo os riscos de pré-eclampsia.

SINTOMAS DA DEFICIÊNCIA DE VITAMINA E

Basicamente, a deficiência de vitamina E acomete bebês prematuros com pouco peso e em adultos que possuem uma desordem rara de metabolismo de gorduras (não conseguem absorver a gordura na dieta). Pois como explicado acima, ela é lipossolúvel e só pode ser absorvida pelo organismo quando consumida em conjunto de substâncias oleosas.

A sua rara deficiência também costuma estar ligada a outros problemas de saúde, como fibrose cística, síndrome do intestino curto ou obstrução do ducto biliar.

De todo modo, há alguns sinais que indicam a falta dessa vitamina. São:

  • Perda de reflexos,
  • Problemas de equilíbrio,
  • Alteração no sistema imunológico,
  • Falta de coordenação,
  • Tremores,
  • Dormência,
  • Dificuldades para andar,
  • Problemas de visão,
  • Infertilidade masculina.

Por sorte, há uma vasta lista de alimentos que fornecem a quantidade ideal de vitamina E para nosso corpo.

COMO OBTER A SUBSTÂNCIA: ALIMENTOS RICOS EM VITAMINA E

vitamina-e-1

A falta da vitamina pode ser tratada através do consumo de alimentos ricos nela:

  • Abacate,
  • Acelga,
  • Ameixas,
  • Amêndoa,
  • Amendoim,
  • Aspargo,
  • Avelã,
  • Brócolis,
  • Castanha-do-pará,
  • Cereais integrais (trigo, aveia, centeio, arroz, entre outros),
  • Couve,
  • Espinafre,
  • Fígado,
  • Gema do ovo,
  • Kiwi,
  • Mamão,
  • Manga,
  • Óleos vegetais,
  • Pistache,
  • Sementes de girassol,
  • Uva.

Tenha em mãos essa lista e vá às compras!

Vale lembrar que, mesmo que a vitamina E não engorde, os alimentos em que ela se encontra são gordurosos, como é o caso dos óleos vegetais, nozes e a castanha-do-pará. Por isso, com a alta taxa calórica, se comidos em excesso haverá ganho de peso. Porém consumindo tudo na quantidade certa, esse não é um problema.

Em alguns casos mais graves de deficiência da vitamina E, uma consulta com médico ou nutricionista é aconselhada, pois pode ser necessário o uso de suplementos alimentares à base dessa vitamina. É necessário uma consulta para constar inclusive se a deficiência não está ligada a outros problemas de saúde.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (91 votes, average: 4,51 out of 5)
Loading...

Leave a Reply