Tontura – Mal estar ou Dor de Cabeça. Entenda as causas e tratamento

Você, provavelmente, já deve ter passado por algum episódio de tontura. Essa palavra é utilizada para dois tipos diferentes de sensações: quando você está prestes a desmaiar (perder a consciência), mesmo sem sentir rotação ou movimento dos objetos ao seu redor, ou durante uma vertigem, quando tudo ao seu redor está girando, mas na verdade não está.

Quer saber mais sobre as causas das tonturas, quais são os sintomas e se existem tratamentos? Fique ligado(a), agora!

tontura causas

Causas da Tontura

A tontura em si é um sintoma de alguma alteração no organismo – é claro que nem sempre essa tontura indicará alguma condição grave ou determinada doença. Na maioria das vezes, a tontura é não oferece grandes riscos.

Entretanto, quando os sintomas são frequentes é importante ficar atento. A tontura é mais vista em pessoas idosas, mas, hoje em dia, vê-se muitos jovens reclamando dessa condição, principalmente pelas diversas situações nas quais a tontura pode aparecer.

Portanto, existem muitas causas relacionadas à tontura, sendo que uma bastante comum é quando uma pessoa fica um longo tempo em jejum, ou seja, quando não fornece ao organismo os nutrientes necessários para ele funcionar corretamente.

Além disso, é muito comum que as pessoas sintam tontura quando há uma queda súbita de pressãoquando se levanta muito rápido.

Saiba quais são as outras causas da tontura:

  • Acidente Vascular Cerebral (AVC);
  • Alterações do sistema vestibular – doenças do labirinto (aquela região do ouvido que tem a responsabilidade de controlar o equilíbrio, a audição e outras funções) podem interferir na noção de espaço e gerar tonturas.
  • Alterações psicológicas – depressão, ansiedade e crises de pânico são exemplos;
  • Anemia;
  • Desidratação – o corpo precisa de líquido e avisa por meio de tonturas, boca seca, dor de cabeça e intestino preso;
  • Doença de Parkinson;
  • Enxaqueca – a crise de enxaqueca pode ser acompanhada pelas tonturas, além de vômitos e náuseas;
  • Esclerose múltipla;
  • Hipoglicemia – queda nos níveis de glicose no sangue acontecem não somente em pessoas diabéticas;
  • Hipotensão ortostática – queda brusca da pressão arterial quando a pessoa se põe de pé a partir de uma posição sentada ou deitada;
  • Problemas de visão – a tontura pode resultar da fadiga ocupar, miopia ou astigmatismo.

As tonturas podem ainda ser efeito colateral de algumas medicações. Por isso, busque imediatamente a ajuda médica para que os exames sejam realizados e se descubra qual a razão pela qual os episódios de tontura estão acontecendo.

Sintomas da Tontura

Em geral, as pessoas que experimentam a sensação de tontura a descrevem como aquele cenário de estar se “desligando”, isto é, de desmaiar.

Mas, esta sensação não é uma regra geral para a tontura. Muitos podem passar por episódios com outros sintomas juntos. Veja só:

  • Falsa sensação de movimento ou de rotação (vertigem);
  • Perda de equilíbrio/instabilidade;
  • Sensação como flutuar ou nadar;
  • Sensação de cabeça leve;
  • Perda temporária e até moderada da mobilidade;
  • Enjoos;
  • Vontade iminente de vomitar.

Você pode ainda sentir sonolência ou dificuldade para manter a postura ereta.Isso depende de pessoa para a pessoa e, muitas vezes, o sintoma desaparece ou melhora quando você se deita.

tontura tratamento

Tontura – O que fazer para passar?

Marque uma consulta médica para sanar suas dúvidas sobre as tonturas que você sente e que não possuem causa aparente.

Existem certas situações que exigem a procura de serviços de emergência, principalmente se a tontura estiver relacionada com algum dos sintomas ou casos abaixo:

  • Batimentos cardíacos mais lentos que o normal;
  • Batimentos cardíacos mais rápidos que o normal;
  • Dificuldade na fala;
  • Dificuldade para caminhar;
  • Dor de cabeça grave ou distinta de outras que já teve;
  • Dor no peito;
  • Fraqueza na perna ou no braço;
  • Perda de consciência;
  • Pescoço rígido;
  • Traumatismo craniano;
  • Visão turva.

O diagnóstico da causa de sua tontura vai depender da análise clínica e do seu histórico. O médico irá lhe fazer inúmeras perguntas acerca dos episódios de tontura, procurando entender quando, como e onde acontecem, o que você está fazendo quando sente tonturas, como é sua alimentação, entre outras informações.

Alguns exames e procedimentos podem ser solicitados para descartar problemas mais sérios de saúde, como:

  • Controle da pressão arterial;
  • Eletrocardiograma;
  • Ressonância magnética.

O médico é capaz de identificar a causa da tontura pelos exames, verificando a existência de problemas no ouvido, nos olhos e no sistema nervoso.

O tratamento da tontura vai depender da causa, mas o problema tende a desaparecer se você seguir corretamente as orientações do profissional– sempre lembrando que a automedicação nunca é a solução, muito menos interromper o tratamento sem informar ao médico.

Em doenças crônicas, por exemplo diabetes e hipertensão, o controle da condição faz com que os episódios de tontura sejam menos frequentes.

Em alguns casos, medicamentos anti-histamínicos podem ser indicados pelo médico para o tratamento da tontura.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply