Testosterona – O que é? Aumenta a massa muscular? Alimentos que estimulam a produção

A testosterona é um hormônio predominantemente masculino e pode ser encontrado tanto em homens quanto em mulheres. Ele serve para o desenvolvimento dos órgãos sexuais masculinos e todas as demais características do homem, como aumento da massa muscular, massa óssea, pelos no corpo e libido.

Os níveis normais de testosterona no sangue são de 240 a 950 ng/dL, entre os homens, para as mulheres a presença deve ser muito menor, ficando entre 8 a 60 ng/D. Tanto o excesso, quanto o baixo nível podem desencadear consequências indesejáveis.

Confira aqui tudo o que você precisa saber em relação a esse hormônio, sua importância e como realizar a suplementação correta.


Alternativas ao Aumento de Testosterona

Antes de aprofundar o conhecimento sobre a testosterona, vamos mostrar duas alternativas que chamam a atenção de frequentadores de academias em todo o Brasil ? pessoas que estão atrás da melhor forma física, do aumento de músculos e da melhor definição.

O hormônio da testosterona tem sim influência no desenvolvimento da massa muscular, sobretudo entre os homens. O uso de suplementação com a substância é recomendado às áreas sexuais para tratar disfunções eréteis, aumento da potência sexual e estimular a produção de espermatozoides.

Todos aqueles que sentem baixo desempenho sexual, dificuldades para ereção, pouco desejo sexual e querem um corpo mais definido e masculino podem apostar nesse hormônio para melhorar o comportamento sexual e, consequentemente, a autoestima.

Entre as opções de suplementação natural para reposição de testosterona, as mais confiáveis e de resultados rápidos são as listadas abaixo:

HyperBody

Chegou a hora de virar um verdadeiro MONSTRO. Você vê os resultados dos destaques da sua academia? Quer chegar próximo disso? Então segura a verdade: só treino não basta!

E para te ajudar a alcançar esses resultados o HyperBody está disponível no mercado. Trata-se de um dos suplementos mais vendidos, atualmente, para aquelas pessoas que buscam definição muscular rápida e definitiva.

Com uma fórmula totalmente inovadora o HyperBody vai te proporcionar uma vitalidade muito maior para treinar, maior liberação de testosterona e HGH, maior resistência muscular, além de dar um UP na sua libido.

Pontos Positivos

  • Fórmula eficiente e avançada;
  • Libera muito mais hormônios de crescimento (HGH)
  • Ajuda acumular massa muscular;
  • Mais resistência muscular.

Pontos Negativos

  • Seus músculos vão quase explodir;
  • Não vende em farmácias;
  • Vai te deixar com mais vontade de transar.

 

Kimera

Atualmente, o Kimera é o maior termogênico do Brasil. Não há outro no mercado que venda tanto quanto ele. Sua fórmula possui uma combinação perfeita que faz com que os resultados apareçam em poucas semanas de uso ? e muito treino.

Seus ingredientes conseguem entregar o máximo de queima de gordura sem os efeitos colaterais indesejados (algo muito comum em outros produtos similares).

Há diversos relatos sobre os efeitos do produto e você não pode descartar a opinião de pessoas que atingiram resultados incríveis com o uso desse suplemento.

Pontos Positivos

  • Possui cafeína ? auxilia na quebra da gordura;
  • Não possui efeitos colaterais;
  • Aumenta a oxidação natural da gordura;
  • Usado por atletas (inclusive lutadores de MMA).

Pontos Negativos

  • Um pouco mais caro que o HyperBody;
  • Compra pela internet, pode demorar um pouco mais de 5 dias para chegar;
  • Você vai querer treinar mesmo nos dias que estiver cansado.

 


O que é testosterona e para que serve?

A testosterona é um hormônio produzido pelo próprio corpo humano. É o principal quando se refere aos anabólicos e andrógenos. É natural que ele seja encontrado em altos valores no corpo masculino.

A testosterona é responsável pelas seguintes funções:

  • Aumento de massa muscular;
  • Desenvolvimento dos tecidos sexuais masculinos;
  • Aumento de pelos no corpo;
  • Aumento de massa óssea;
  • Diminuição de gordura no corpo;
  • Aumento da força física;
  • Engrossa a voz;
  • Estimula produção de espermatozoides;
  • Ajuda a melhorar o desempenho sexual e aumentar a libido;
  • Dá sensação de bom humor e bem estar.

O responsável pela sua produção nos homens são os testículos, já nas mulheres sua quantidade é reduzida e é produzido pelos ovários e glândulas suprarrenais.

É considerado o hormônio mais importante quando se trata de ganho de massa muscular. Ele é o responsável pela diminuição do índice de gordura no corpo e aumento da força física. A combinação desses três fatores torna o treino muito mais eficiente.

Para ter certeza que você precisa de reposição de testosterona recomenda-se analisar seus exames de sangue para verificar a quantidade do hormônio no organismo. Um médico deverá ajudar na função de definir o quanto tomar para adquirir níveis adequados.

Em caso de baixo nível de testosterona, devido atrofia dos testículos no seu organismo, por exemplo, você deve procurar acompanhamento médico para certificar-se de estar realizando o tratamento mais adequado para o desenvolvimento das características masculinas e que não tenha consequências mais graves, como aumento da chance de câncer de próstata e outros.

Entre as mulheres a dosagem é diferenciada, afinal, só se faz necessária a ingestão em casos extremos. Em doses grandes pode causar o desenvolvimento de características masculinas, como aumento do clitóris, engrossamento da voz e aumento de pelos.

Testosterona para o aumento de massa muscular

A testosterona para muita gente significa pouca gordura e bastante massa muscular. Não é novidade de que para perder tecido adiposo e ganhar massa magra é necessário esforço constante e também ajuda com suplementação.

Saiba que esse é o hormônio anabólico mais importante do corpo. Para entender melhor, saiba que ele está diretamente ligado ao desempenho, resistência e força física. Com todos esses fatores em excelência é muito mais fácil ver produtividade nos treinos.

Além disso, ele é o responsável por aumentar a síntese de proteínas e captação de aminoácidos nos músculos, ou seja, é a testosterona quem fica com a tarefa de auxiliar na formação de mais massa muscular.

Ele aumenta o metabolismo, com o corpo consumindo mais energia, consequentemente se tem um gasto calórico maior. A testosterona, além disso, também aumenta a oxigenação nos órgãos, que reflete em uma performance melhor e na hipertrofia.

A ação do cortisol, hormônio que aumenta a lipogênese e responsável pelo armazenamento de gordura, é diminuída com a testosterona. Quando a ação do cortisol está baixa, a testosterona costuma estar em alta. Enquanto o cortisol é catabólico e destrói as células musculares, o outro é anabólico e faz com que elas aumentem.

Lembre-se sempre que apesar de todos os seus benefícios, não irá desempenhar bem o seu papel sozinha. A testosterona precisa estar aliada a exercícios e alimentação para produzir bons resultados.

É preciso praticar atividades físicas de maneira regular e auxiliar com uma dieta equilibrada e balanceada. Muitos outros fatores também influenciam, como a genética, pré-disposição a ganhar massa ou perder peso, noites bem dormidas e até mesmo o humor.

Como tomar?

A testosterona para o aumento de massa muscular deve acontecer com base na quantidade de testosterona livre no sangue e com as medidas de quem está tomando. Para saber esses valores você deve realizar um exame de sangue para que a dosagem de suplementação esteja condizente aos níveis do hormônio no seu organismo.

Não realize a superdosagem do hormônio, os suplementos listados acima como os melhores do mercado têm uma bula que orienta a melhor dosagem que estimula a produção natural da testosterona. Basta consultar a informação do produto para não extrapolar as quantias, afinal, o excesso pode causar consequências indesejáveis.

Efeitos da baixa testosterona – Quais os sintomas?

O baixo nível são aqueles exames que mostram a testosterona livre que fica entre 300 e 900 ngh/dl. O ápice da produção hormonal se inicia entre os 20 e 24 anos de idade. A partir dos 30 anos ela começa a diminuir aos poucos.

A diminuição dos níveis de testosterona entre os homens pode atrair uma série de efeitos colaterais indesejáveis como por exemplo:

  • Aumento da gordura corporal;
  • Distúrbios do sono, como insônia;
  • Cansaço e indisposição;
  • Aumento do risco de diabetes;
  • Depressão;
  • Problemas de memória;
  • Mudanças de humor;
  • Perda de força;
  • Obesidade;
  • Queda de cabelo;
  • Acne;
  • Aumento da oleosidade da pele;
  • Redução da fertilidade;
  • Perda de massa muscular;
  • Impotência sexual e disfunção erétil;
  • Atrofia dos testículos;
  • Falta de desejo sexual.

As principais causas que explicam os baixos níveis de testosterona no organismo são a alimentação inadequada, efeitos colaterais de medicamentos ou doenças e até a velhice.

A queda da quantidade hormonal entre os homens é natural ao passar da idade. Estima-se que os níveis de testosterona caiam numa média de 1 % todos os anos a partir da idade dos 40. Isso é um dos efeitos do envelhecimento nos homens. Veja os sinais da baixa testosterona nos homens:

A suplementação para quem está nessa faixa etária ajuda não somente a evitar a perda de massa muscular, mas pode significar a garantia de pelos no corpo (evitando a queda de cabelo), melhoria do desempenho sexual e diminuição da gordura corporal. Em suma, diminui os efeitos do envelhecimento.

Testosterona para controle de ejaculação e ereção

Pessoas que sofrem de disfunção erétil e impotência sexual podem recorrer a suplementos com base de testosterona para melhorar o seu desempenho e conquistar ereções mais potentes. No entanto é preciso saber que o problema da impotência sexual tenha de fato a ver com a falta de testosterona livre no sangue.

Como aumentar a testosterona rápido e naturalmente?

A testosterona é produzida pelo organismo todos os dias. Porém você pode mudar um pouco seus hábitos e incluir na sua dieta alimentos estimulantes ou então optar por suplementos potentes na quantidade certa.

Veja abaixo os alimentos que aumentam a produção natural de testosterona:

Ovos

Muito indicado em dietas de hipertrofia, não é novidade nenhuma que esteja na lista, além de ser rico em proteínas, como as carnes magras, ele também é capaz de aumentar a testosterona no corpo.

Zinco

Você encontra zinco em alimentos, como nozes, castanhas, fígado e em menor quantidade em outras carnes. A carência dessa substância no corpo pode dificultar que a testosterona seja liberada.

Gordura

Evite sempre gorduras trans e saturadas. Porém o consumo de gorduras boas é muito indicado para aumentar esse hormônio em específico. Saiba que a testosterona é um derivado do colesterol e por isso o consumo de lipídeos é tão importante. Você pode encontrar em peixes, castanhas, azeite de oliva extra-virgem e outro óleos de origem vegetal.

Vitaminas C

Ela ajuda a diminuir o cortisol, que como explicado anteriormente, quando está em alta diminui a produção de testosterona. Você o encontra em frutas cítricas, como o limão, laranja, morango, acerola e outras.

O consumo de álcool, processados e estresse diminuí a testosterona no corpo. Lembre-se de sempre combinar dieta e exercícios para obter bons resultados com a hipertrofia. Pois como dito no início, é necessário esforço e uma rotina regrada para conseguir crescer.

Se você quer aumentar a testosterona rápidamente, deve incluir todas essas dicas no seu dia a dia e também realizar um exame para conferir o quanto do hormônio você pode ingerir, sem ficar exposto aos efeitos colaterais, a inclusão de suplementos e também de exercícios físicos para estimular a boa saúde física e mental como um todo.

Suplemento de testosterona – Como tomar?

como tomar testosterona suplemento

É possível encontrar a testosterona em forma de suplementos em pó, comprimidos e até injetável. Todas elas têm a mesma função: reposição hormonal no organismo, o que muda é a forma de incluí-la no corpo.

A testosterona sintética deve ser suplementada com base nos valores de testosterona indicados no exame de cada um e com um auxílio de um médico. Afinal o hormônio em excesso também trás malefícios à saúde.

  • Desequilíbrio hormonal;
  • Disfunção do sistema endócrino;
  • Atrofia das glândulas, como testículos;
  • Tremores;
  • Surto de acne;
  • Aumento excessivo de oleosidade na pele;
  • Aumento da retenção de líquidos;
  • Aumento de peso corpóreo;
  • Crescimento irregular das fibras do coração;
  • Arritmia cardíaca;
  • Aumentar a queda de cabelo de pessoas com o gene da calvície;
  • Influências na pressão arterial;
  • Distúrbios do sono;
  • Tumores no fígado.

como tomar suplemento de testosteronaNas mulheres os efeitos colaterais da suplementação com testosterona são menos severos, mas também podem trazer consequências ruins como, por exemplo, o crescimento de pelos excessivo, aumento da oleosidade da pele, engrossamento da voz, atrofia de glândulas e aumento do clitóris.

Em momento algum se deve realizar o excesso de dosagem do hormônio sintético. Por isso a suplementação com testosterona deve ser sempre acompanhada de um médico e dentro das especificidades de cada um.

Existe contraindicação de idade para suplementação?

A produção de testosterona varia no organismo. Durante a adolescência, por exemplo, os estímulos hormonais são maiores para ajudar na maturação esquelética, aumento da massa muscular e desenvolvimento dos órgãos sexuais. É o momento conhecido como puberdade.

Por isso adolescentes devem evitar ao máximo a suplementação com testosterona, afinal, o organismo pode compreender que não precisa mais produzi-lo e o desenvolvimento corpóreo poderá sofrer problemas, como disformidades.

A reposição hormonal com a testosterona deve acontecer em casos isolados, principalmente para homens após os 40 anos, idosos ou aqueles que têm histórico de baixo nível desse hormônio, que é fundamental para o organismo masculino mantenha o máximo de qualidade de vida.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (62 votes, average: 4,56 out of 5)
Loading...