Sintomas da febre amarela – Quais são? Primeiros a últimos sinais

Os primeiros sintomas da febre amarela são febre alta (de 38°C a 40°C), calafrios, dor de cabeça e vômitos. Estes sinais podem desaparecer depois de alguns dias, sendo, muitas vezes, confundidos com uma melhora natural. Se não houver tratamento imediato, a doença evolui e os sintomas voltam a aparecer mais fortes depois de um a três dias de melhoria.

O diagnóstico da febre amarela acontece via consulta médica, por meio de exames de sangue e análise dos sintomas. Pode-se considerar hipótese de contaminação pelo vírus se houver manifestação de dois ou mais sinais característicos dela.

Sintomas da febre amarela

  • Febre alta;
  • Icterícia (coloração amarela nos olhos);
  • Hemorragia do trato gastrointestinal;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Vômitos constantes;
  • Calafrios;
  • Náuseas;
  • Cansaço intenso;
  • Insuficiência hepática;
  • Insuficiência renal.

São as infecções no fígado que fazem com que a pessoa infectada pelo vírus fique com uma cor amarelada, motivo que inspirou o nome da doença.

Conforme dados publicados pelo Ministério da Saúde no Boletim Epidemiológico, estima-se que 30% dos contaminados possam morrer se o diagnóstico não acontecer em poucos dias após o aparecimento dos primeiros sintomas.

sintomas da febre amarela

Tratamento

Quem for diagnosticado com a febre amarela receberá indicações para tomar remédios que diminuam o impacto dos sintomas, como analgésicos e aspirina. É preciso fazer uma bateria de exames a fim de verificar se há manifestações de hemorragias internas.

Pacientes em estágios mais graves são mantidos na UTI pra controlar o risco de morte.

Vacina contra febre amarela – Quem deve tomar?

A vacina contra a febre amarela deve ser tomada por todos a partir dos nove meses de idade, havendo recomendação extra para quem reside em países endêmicos, como o Brasil. Antes de 2017, a vacina precisava ser reforçada a cada 10 anos, mas isso mudou, sendo possível tomar apenas uma dose única de 0,5ml que garante a imunização para toda a vida.

Idosos, pessoas com problemas autoimunes ou que possuem alterações hematológicas não devem fazer o uso da vacina sem antes consultar a opinião de um médico.

Para tomá-la, basta ir a um posto de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) em que está cadastrado. As doses fracionadas (disponíveis em frascos de 0,1 ml) não causam reações adversas, no entanto, a única pode provocar determinadas reações, dentre as quais estão listadas abaixo:

febre amarela transmissão

Sintomas da reação da vacina de febre amarela

  • Vermelhidão no braço;
  • Inchaço no braço;
  • Febre;
  • Dor no corpo.

Estima-se que somente 4% das pessoas que tomam a vacina contra a febre amarela têm reações.

Transmissão                                                                    

Essa é uma doença característica da América do Sul e Central, na qual o vírus é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue) ou do Aedes albopictus, portanto, pessoas infectadas não transmitem a doença.

Prevenção

A prevenção se dá pela destruição dos focos do mosquito, como água parada e ambientes insalubres, bem como pela limpeza de potes de água, acúmulo de água em pneus, reservatórios e caixa d’ água. 


Referências usadas neste conteúdo

LARRY, Jaime. Febre amarela: a doença e a vacina, uma história inacabada. 2001 Disponível em <http://books.scielo.org/id/4nktq>

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Boletim epidemiológico 2018. Disponível em <http://portalms.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/42655-febre-amarela-ministerio-da-saude-atualiza-casos-no-pais>

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply