Sintomas da Azia – faça seu diagnóstico e aprenda a aliviar a queimação

A azia é a sensação de queimação interior. Ela Inicia no esôfago e se estende até pescoço, garganta e boca. Estima-se que 12% da população brasileira acima de 15 anos vive com esse problema pelo menos uma vez por semana. Sendo mais comum em mulheres. Esses dados precisam ser levados em consideração, pois conviver com esse mal estar não é tão simples, causando desequilíbrio em relação ao dia a dia. Para uma rotina agradável é preciso estar saudável. Muitas pessoas que possuem azia não dão a devida atenção, e acabam transformando suas vidas em dias ruins.

O termo médico para azia é pirose. Ela é causada pela ingestão de alimentos gordurosos, ácidos, frituras, frutas cítricas, café, chá, chocolate, tabagismo, entre outros motivos. Muitas vezes ela é associada ao estresse, mas nem sempre ele é o causador.

sintoma da azia

Como saber se estou com azia e o que fazer?

  • Após as refeições você sente aquele mal estar como se estivesse queimando por dentro?
  • Quando come frituras ou alimentos apimentados, sente dores interiores e um gosto amargo na boca?
  • Quando ingere alguma bebida alcoólica, chá, café ou alguma fruta parece não cair bem?

 

O principal causador é a doença do refluxo gástrico, que é a passagem do suco gástrico do estômago para o esôfago, causando a sensação desagradável.

A segunda é a gastrite crônica, que é uma irritação prolongada da mucosa do estômago causada pela presença da bactéria Helicobacterpylori, podendo vir a causar até mesmo úlceras de estômago e duodeno. E a terceira é a demora para fazer a digestão. Existe a gastrite simples, que é a inflamação da mucosa, mas essa é passageira, diferente da crônica citada acima.

 

O médico Orlando Ambrogini Jr., gastroenterologista da Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina– indica algumas recomendações para quem apresenta os sintomas.

Tratamento para melhorar a azia

>> [VEJA AQUI] Como alguns simples detalhes fazem a Diferença para ACABAR com a Azia

O tratamento é feito com remédios e reeducação alimentar, como comer pouco e várias vezes ao dia, não deitar após as refeições, principalmente à noite (esperar três horas para ir dormir depois de jantar). Evitar café, álcool e cigarro, além de diminuir gorduras, condimentos picantes e frutas cítricas.

Perder peso, se a pessoa for obesa, também é muito importante. Os antiácidos levam a uma melhora e só devem ser usados para alívios temporários. Antiácidos que produzem gás devem ser evitados. As medicações mais eficientes devem ser usadas por tempo longo e só podem ser indicadas por médicos.

Semelhante ao tratamento, a prevenção é feita com uma alimentação balanceada. Opte por alimentos que não atacam a azia, procure limão que ameniza a produção do ácido.

Arroz integral ele causa uma sensação de satisfação maior, fazendo com que você coma menos e evite a azia.

Ao se alimentar, fazer uma boa mastigação para diminuir o trabalho do estomago, que produzirá menos ácido e não tome líquidos durante a refeição.

Ter horários certos para comer é importante também, e durante as refeições procure não abusar na quantidade. Outro grande erro é se exercitar após refeições, não dando o tempo necessário para a efetivação da digestão.

O que fazer quanto está com azia?

Durante uma crise de azia não tome leite, esse método funciona só no momento, depois ele aumenta a produção do acido e retorna a sensação ruim. Se optar pelo leite, tome em pequenos goles e leites com baixo teor de gordura.

Cuide bem dos seus hábitos que isso vai funcionar de maneira positiva e eficaz, viver com azia não é bom, em casos mais graves procure a ajuda de um profissional especializado.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...