Síndrome do nariz vazio – O que é? Sintomas e Tratamento

Quem já teve um resfriado sabe como é horrível ter o nariz “tapado”. Isso dá uma sensação de falta de ar, o que, por vezes, obriga a pessoa a respirar pela boca. Agora, imagine sentir isso o tempo todo? É o que acontece na síndrome do nariz vazio.

Geralmente, ela é uma consequência da rinoplastia. Atualmente, os casos são raros, mas ainda existem. Além da sensação de nariz trancado, o paciente sente falta de ar, enjoos e outros sintomas que atrapalham a sua rotina. Conheça mais sobre essa doença:

O que é a síndrome do nariz vazio

Essa patologia é rara, no entanto, crônica. Acontece sem dar uma trégua ao paciente, interferindo no seu dia a dia e no seu bem-estar. Também, é considerada iatrogênica, o que significa que pode ser causada por um ato médico involuntário.

Durante a cirurgia de rinoplastia, pode ser feita a separação dos cornetos, atitude também chamada de resseção. Isso faz com que se atrapalhe a função principal: liberar a passagem de ar úmido, limpo e quente.

Os cornetos têm uma função importante na cavidade nasal, pois são responsáveis por filtrar o ar que é respirado, deixando-os em boas condições, antes de mandá-los ao pulmão. Se o ar que chega aos pulmões não é limpo, pode causar sérios problemas respiratórios, como infecções.

O sintoma mais clássico dessa síndrome é a dificuldade em respirar. No entanto, o paciente pode não perceber que tem a síndrome, pois os sintomas são evidentes anos após ela começar. Há casos em que os sintomas demoraram 8 anos para serem notados.

síndrome do nariz tapado

Sintomas da síndrome do nariz vazio

Após realizaro procedimento e recuperar-se, o paciente se sentirá bem. Mas, com o passar dos anos, sentirá que seu nariz está ressecado, ou seja, perceberá a falta de umidificação natural. Poderá notar, também, a atrofia das mucosas nasais. Outros sintomas iniciais são:

  • Queimação ao respirar no frio;
  • Dores de cabeça;
  • Dores faciais;
  • Dores nos dentes sem causa aparente.

Há outro sintoma bem característico da síndrome do nariz vazio, que é a produção de secreções nasais. Na maioria dos casos, acontece em excesso, causando crostas. Em alguns casos, constate-se a falta de secreções, divido a infecções que já que foram causadas pela síndrome. Não faça o diagnóstico sozinho, confira outras possíveis causas do nariz entupido.

É comum que toda a cavidade nasal seja obstruída, gerando a sensação de nariz tampado, como durante um resfriado. Isso dificulta a respiração, além de que o paciente também perde a sensibilidade ao fluxo aéreo nasal, ou a obstrução paradoxal, como é conhecido.

Os sintomas causados pela perda de sensibilidade são:

  • Náuseas;
  • Torpor;
  • Falta de ar.

Todos esses sintomas comprometem a rotina e o bem-estar do paciente. Há casos em que há o desencadeamento de crises de ansiedade, devido à falta de ar e ao incomodo gerado. A preocupação com a dispneia (falta de ar), a longo prazo, acaba causando outros problemas de saúde, desde a hipertensão até o refluxo gástrico. Quem possui a doença tem mais facilidade de desenvolver sinusite crônica. 

Tratamento da síndrome do nariz vazio

Ao notar os sintomas, procure um médico, para avaliar o caso. Antes de iniciar o tratamento para a síndrome do nariz vazio, será preciso realizar alguns exames, a fim de concluir e ter a certeza do diagnóstico. Além da avaliação clínica e de um questionário, para averiguar o grau dos sintomas, o paciente poderá ser submetido a uma endoscopia ou rinoscopia. Esses exames permitem uma ampla observação das cavidades nasais.

Com o diagnóstico de síndrome do nariz vazio confirmado, o paciente pode ser submetido a um dos tratamentos, a fim de resolver os danos causados por essa patologia, podendo envolver cirurgia, ou não. Para alívio dos sintomas confira algumas técnicas para desentupir o nariz. 

Tratamentos não cirúrgicos

A ideia desse tratamento é preservar a mucosa nasal já existente, aliviando os sintomas. Isso se faz umedecendo a região, com o uso de spray específico ou cremes hidratantes. O intuito é aumentar a irrigação sanguínea da região, para garantir a melhora. Em alguns casos,os tratamentos podem incluir dietas específicas, medicamentos e umidificadores de ar.

Os não cirúrgicos para a síndrome do nariz vazio são recomendados para pacientes com sintomas leves ou moderados.

Tratamentos cirúrgicos

Esse tipo de tratamento se faz em pacientes com casos graves. O intuito é arrumar os cornetos afetados na rinoplastia, seja aumentando-os ou criando novas estruturas.

Se você fez uma rinoplastia, não importa há quanto tempo, e está sentindo algum(ns) desses sintomas, procure o seu médico, para uma avaliação e início de tratamento, o mais rápido possível.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply