Síndrome de Burnout: sintomas, causas e tratamento

Esta síndrome é caracterizada pelo esgotamento profissional, no qual a pessoa chega a um estado crônico provocado pelas condições de trabalho, que a afetam de forma psicológica, provocando um estado psicológico/emocional desgastante.

A Síndrome de Burnout é um mal que afeta muitas pessoas, estando relacionada ao trabalho. Embora uma grande quantidade de pessoas possa sofrer desta doença, ela pode ser de difícil identificação e, muitas vezes, tratada como depressão ou mesmo como falta de vontade do trabalhador.

Alguns profissionais são mais afetados pela síndrome, principalmente aqueles que lidam mais com pessoas e estão em contato com o sofrimento humano. Entre estes profissionais estão os da área de saúde, educação, assistência social e recursos humanos, além de bombeiros, policiais e agentes penitenciários.

Como a Síndrome de Burnout pode afetar o dia a dia do trabalhador?

Síndrome de Burnout: sintomas, causas e tratamento

A rotina de trabalho é diretamente afetada pela Síndrome de Burnout. Entre os sintomas, a pessoa apresenta uma sensação de esgotamento físico e emocional, sensação esta que se reflete na produtividade e na convivência do trabalhador, que apresenta atitudes negativas, agressividade, irritabilidade, mudanças bruscas de humor, lapsos de memória, dificuldade de concentração, ansiedade, depressão, baixa autoestima e ausências no trabalho.

Um profissional que está sofrendo com esta síndrome irá produzir pouco, não vendo relevância em sua participação dentro da empresa. Além disso, todo trabalho, quando feito, passa a ser realizado sem empenho, o que acaba afetando, também, outros profissionais dentro da empresa.

Pela falta de preparo para lidar com esta situação, muitos podem ver essa baixa produtividade apenas como preguiça ou má vontade, afetando, assim, o convívio com os colegas de trabalho e as relações dentro da empresa.

Diagnosticando a doença

 O psicólogo ou psiquiatra irá realizar o diagnóstico, por meio do levantamento do histórico do paciente e suas relações com o ambiente de trabalho. Alguns sintomas destacam-se mais e podem indicar que está na hora de buscar uma ajuda profissional:

  • Sentimento de insegurança ou de fracasso constantes;
  • Dores de cabeça frequentes;
  • Insônia;
  • Falta recorrente de energia;
  • Cansaço;
  • Alterações no apetite;
  • Sentimento de derrota;
  • Vontade de isolar-se dos outros;
  • Dificuldade para cumprir com as responsabilidades do trabalho.

Como dito anteriormente, a Síndrome de Burnout pode facilmente ser confundida com a depressão. No entanto, no caso da síndrome, todos os sintomas listados estão relacionados e são uma consequência da atividade laboral exercida.

É muito importante buscar ajuda profissional, a fim de diagnosticar a doença e realizar o tratamento. No início, os sintomas podem apresentar-se mais amenizados, porém com o tempo, começarão a ficar mais evidentes.

Tratamento para a Síndrome de Burnout

Síndrome de Burnout: sintomas, causas e tratamento

Uma vez que o esgotamento físico e emocional está relacionado ao trabalho, o mais indicado é que a pessoa tire férias. Além disso, recomenda-se a realização de atividades físicas e a prática de outras atividades não relacionadas ao trabalho, auxiliando a pessoa a ter momentos de relaxamento, que lhe permitam não pensar somente no trabalho.

Este processo deverá ser acompanhado por um psicólogo, que irá recomendar o tratamento mais indicado para cada pessoa. Em casos mais extremos, um psiquiatra será necessário para poder indicar medicamentos que auxiliem no processo de tratamento desta doença.

Muitas pessoas podem ter uma recaída, após tirar férias do trabalho, e, por isso,o processo de mudanças deverá ser gradual. O paciente deve estar consciente que medidas terão que ser feitas em sua rotina, evitando que a Síndrome de Burnout manifeste-se novamente.

Prevenindo o surgimento da doença

Algumas atitudes podem ser tomadas no dia a dia, para evitar que a síndrome de Burnout manifeste-se. Apesar de o acumulo de trabalho estar cada vez maior na vida das pessoas e o ambiente de trabalho estar exigindo muito, é importante tirar um tempo para si e para relaxar diariamente.

Realize atividades físicas e relaxantes, que melhorem o bem-estar, e não se prive de alguns momentos de lazer. Estes relaxamentos te auxiliarão tanto em sua vida pessoal, como no desenvolvimento das suas atividades dentro da empresa.

Evite ficar perto de pessoas negativas e tente sempre conversar com alguém de confiança sobre o que está sentindo. Estabeleça pequenos objetivos em sua vida profissional e pessoal, para que você possa aproveitar a sensação de realização mais vezes.

Caso esteja começando a sentir-se mal, não deixe de buscar a ajuda de um profissional, pois este poderá te auxiliar e assim você evitará maiores problemas.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply