Remédios para Emagrecer – Conheça os Melhores e Mais Indicados

Os remédios para emagrecer são indicados pelos médicos para as pessoas que têm problemas de saúde causados pelo acúmulo de gordura corporal, geralmente decorrentes em pessoas com sobrepeso ou algum grau de obesidade. Afinal, muito peso pode acarretar em problemas cardíacos, hepáticos e até emocionais relacionados à autoimagem.

Apesar de alguns deles ajudarem no emagrecimento efetivamente, a grande maioria são substâncias utilizadas de forma equivocada, por conta do efeito colateral que provocam na perda de peso de forma não garantida, além de assegurar uma série de perigosas reações adversas para o corpo.

remédios para emagrecer

Principais remédios para emagrecer

No mercado brasileiro encontramos uma lista interessante de remédios para emagrecer.

Sibutramina (sacietógenos)

A sibutramina é um ansiolítico e antidepressivo indicado para pessoas que têm transtornos e dificuldades de controlar o estresse e tensão. Ele emagrece porque entre seus efeitos colaterais está a sensação de saciedade durante as refeições, o que garante que você não consiga comer tanto. Além disso, a sudorese intensa pode ajudar no processo de perda de peso.

Apesar de ser um dos mais conhecidos remédios para o emagrecimento, não existem garantias de que tenha realmente esse efeito benéfico para o corpo. Outro ponto, só é vendido sob prescrição médica.

Fluoxetina (antidepressivo)

A fluoxetina é um medicamento antidepressivo da classe dos que inibe a receptação de serotonina e dá a sensação de relaxamento. Ele ajuda bastante nos casos de quem tem transtornos alimentares, como bulimia ou compulsão alimentar. O remédio também pode ajudar no controle hormonal, o que dependendo do caso pode ajudar na perda de peso ? quando há problemas endócrinos.

O medicamento só é vendido sob prescrição médica e também tem uma série de efeitos colaterais agressivos para a saúde, como sonolência, insônia e o efeito contrário da perda de peso ? ganho de gordura.

Picolinato de Cromo (inibidores)

O picolinato de cromo não chega a ser um remédio, já que é feito com uma fórmula natural. A função dessa substância no organismo é a de potencializar os efeitos de quem pratica a atividade física, principalmente na queima de calorias. Ele tem como principal função a inibição de apetite  e inibição da absorção de gorduras, evitado que o ganho de peso se prolongue.

 

 

Bupropiona (ansiolítico)

A bupropiona é um ansiolítico muito recomendado para casos de compulsão, transtornos de ansiedade e para ajudar a largar vícios, como alcoolismo e tabagismo. Em nenhum momento ele é uma indicação para emagrecer, no entanto, como entre seus efeitos está a sensação de saciedade e controle emocional, acabou se popularizando como uma estratégia para evitar o desconforto durante dietas e processos de reeducação alimentar.

Como é um ansiolítico com, também, funções antidepressivas só pode ser tomado por meio de recomendações médicas e com a bula. É facilmente encontrado na rede de farmácias.

 

Orlistat (inibidores de absorção de gordura)

O Orlistat ou Xenical é um remédio, um dos poucos, recomendados para a perda de peso. Ele é utilizado por pessoas diagnosticadas com obesidades ou diabetes, duas situações em que reduzir o índice de gordura corporal é muito mais do que uma questão estética, mas tem relação direta com os níveis glicêmicos, controle da hipertensão arterial e a vulnerabilidade cardíaca devido ao acúmulo de gordura nas veias.

Os efeitos desse remédio acontecem somente em longo prazo, já que serve como uma manutenção de peso mais do que de fato um emagrecedor. Ele funciona dessa forma porque inibe a absorção de gordura no intestino e aparato gástrico, de forma que evita a pessoa de acumular ainda mais gordura e o forçando a gastar a que já existe como forma de ter energia para funções básicas.

Apesar de sua recomendação médica ele não deve ser utilizado como automedicação, afinal, tem uma série de efeitos colaterais que podem ser bem agressivos ao organismo como, por exemplo, problemas de estômago, dores de cabeças intensas e intestino preso.

 

Como funcionam no organismo – tipos de remédios

Atualmente podemos encontrar três grupos de remédios para emagrecer. São eles: os anorexígenos, sacietógenos e os inibidores de absorção de gorduras:

  • Anorexígenos: são as medicações que procuram inibir o apetite – possuem as anfetaminas em sua composição,
  • Sacietógenos: procuram estimular a sensação de saciedade (há saciedade comendo menos),
  • Inibidores de absorção de gordura: inibem a absorção intestinal de aproximadamente 30% da gordura ingerida.

Mesmo com essa divisão, é possível apontar quais são os principais remédios para emagrecer!

Recorrer aos medicamentos que prometem a perda de peso rápida e com pouco esforço é atraente para diversas pessoas que não se interessam em passar horas em academias e seguindo dietas.

Remédios naturais e sem efeitos colaterais

Uma alternativa que tem se tornado cada vez mais eficaz para substituir o risco dos remédios manipulados vendidos na farmácia, são suplementos feitos com fórmulas 100% naturais a base de poderosos termogênicos ou então que tem a capacidade de dar a sensação de saciedade exigida para controlar o apetite.

Aqui segue a recomendação dos remédios naturais para emagrecer que mais fazem sucesso e têm a venda garantida pela internet com o máximo de segurança.

Quitoplan

remédio natural para emagrecerO Quitoplan é um suplemento natural feito a base de quitosana, uma substância que impede a gordura de ser absorvida nas paredes intestinais. Isso também fará com que a pessoa não somente perca bastante peso como remédios inibidores, mas sem efeitos colaterais. Além dessa consequência, ele dá sensação de saciedade e tem efeito termogênico natural que faz com que o seu corpo fique acelerado e queime calorias mesmo sem necessidade de fazer exercício físico.

O produto utiliza a quitosana extraída de mariscos e de algas profundas, além de,plantas nativas americanas. A fórmula é confiável já que conta com a devida aprovação da vigilância sanitária (Anvisa) e Ministério da Saúde. Veja aqui mais detalhes.

Super Slim X

remédio natural para emagrecerO emagrecedor conta com uma fórmula única e tem a principal função de fazer com que o seu organismo acelere por muito tempo sem necessidade de fazer exercícios físicos. Ele se tornou popular porque é utilizado regularmente pela atriz brasileira Monique Alfradique para substituir os treinos na academia.

Sua fórmula não pode ser considerada um medicamento, porque só utiliza ingredientes 100% naturais ao invés de componentes químicos. Como é de fato pensado para ajudar a emagrecer e controlar o peso não tem efeitos colaterais e acaba por garantir resultados muito mais rápidos do que se fosse utilizado remédios vendidos na rede de farmácias. Veja aqui mais sobre. 

Uma série de efeitos colaterais acompanha os remédios para emagrecer, mas também são variáveis de acordo com o metabolismo de cada indivíduo.

Os remédios sacietógenos, por exemplo, podem causar:

  • Insônia ou mesmo sono superficial,
  • Irritabilidade,
  • Agitação.

Esse é o caso da sibutramina – enquanto que no Brasil a compra é possível, na Europa e nos Estados Unidos ocorreu a proibição, pois foi alegado que ela acelerava a frequência cardíaca e poderia provocar arritmia.

Já os medicamentos inibidores de absorção de gorduras podem ocasionar diarreia com fezes líquidas ou pastosas.

De modo geral, os remédios para emagrecer podem provocar dependência física e psicológica.

 

Como usar remédios para emagrecer

Na realidade, o uso dos remédios para emagrecer é uma alternativa indicada quando a prática de exercícios físicos e a alimentação saudável não provocaram um resultado na perda de peso.

Ainda, é fundamental que um médico seja consultado para iniciar qualquer tratamento de emagrecimento por meio de medicações. Afinal, esses remédios só podem ser adquiridos por meio de receita médica, através de um clínico geral ou um endocrinologista, por exemplo.

O acompanhamento com o médico também é essencial.

Vale saber que a Anvisa proibiu a manipulação de qualquer medicamento a base de Hoodia Gordonii – além disso, os anorexígenos também tiveram o mesmo destino.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (90 votes, average: 4,76 out of 5)
Loading...

Leave a Reply