Remédio Para Parar de Beber – Antietanol, Como Usar para Alcoolismo?

O vício em álcool é um grande problema, no qual a pessoa vai se afundando cada vez mais, caso não busque ajuda para seu vício, que pode ocorrer de forma química ou psicológica. Em ambos os problemas, o paciente começa a depender da substância para satisfazer necessidades físicas ou psicológicas.

O vício pode tornar-se tão grande que passa a ser o centro da vida do paciente, em que ele não consegue viver sem as bebidas alcoólicas. Quando o dependente do álcool tenta deixar de lado seus vícios, o corpo passa a mostrar sinais de abstinência, por isso é tão importante o acompanhamento médico, para que a pessoa não tenha uma nova recaída. Abaixo, você poderá ver algumas informações sobre o Antietanol (dissulfiram), que seve para tratar o alcoolismo e ajudar o paciente a parar de beber.

Dissulfiram – Como Funciona?

O Dissulfiram é o medicamento mais utilizado para ajudar a parar de beber e auxiliar no alcoolismo crônico, isso porque, quando tomado em conjunto com substâncias alcoólicas, ele causa efeitos desconfortáveis ao paciente.

O remédio não atua no vício em si, mas faz o paciente parar de beber, por meio de sintomas colaterais indesejados, que ocorrem ao misturar o medicamento com substâncias alcoólicas, como:

  • Náusea e vômito;
  • Cefaleia (dor de cabeça);
  • Pressão baixa;
  • Rubor;
  • Vermelhidão;
  • Dificuldade respiratória;
  • Taquicardia;
  • Outros desconfortos.

Assim, ao beber, o paciente reduz a quantidade, para continuar com o seu bem estar.

Outros nomes

A substância pode ser comercializado com mais de um nome, sofrendo variações no preço e no laboratório que fabrica a medicação. Ela, normalmente, é vendida comercialmente como:

  • Antietanol – o mais popular e conhecido entre eles;
  • Antabuse;
  • Sarcoton.

Antietanol como parar de beber

Composição

O Antietanol é o fármaco mais popularmente utilizado, porém os outros costumam possuir o mesmo princípio ativo. Cada caixa contém 20 comprimidos de 250mg, tendo:

  • Princípio ativo: dissulfiram;
  • Excipientes: amido de milho, carbonato de cálcio, talco, povidona k30, estearato de magnésio e amidoglicolato de sódio.

Como Tomar

O Antietanol deve ser utilizado de acordo com a recomendação médica, com a posologia/ingestão de álcool. É preciso fazer acompanhamento médico durante o uso hepático, para averiguar as funções. Pacientes com problemas de alcoolismo, geralmente, dependem de sedativos para dormir, e esses também devem ser ministrados, para que não haja interações entre os medicamentos.

Outros Remédios para Alcoolismo

O Dissulfiram não é o único fármaco para esse fim. Existem outros remédios, como o Naltrexona, que é vendido comercialmente como Revia. A medicação diminui os efeitos agradáveis do álcool e a vontade de beber. Outros remédios utilizados para tal fim são Acamprosato e Topiramato.

Remédios Caseiros Para Parar de Beber

Além dos remédios tradicionais, existem alguns caseiros para tratar o alcoolismo. Mas, lembramos sempre que o melhor a fazer é procurar ajuda psiquiatra e psicológica, para vencer o vício – afinal, beber de mais pode por em risco a sua vida e saúde.

Os métodos, a seguir, não possuem quaisquer comprovações de eficácia, portanto, caso esteja seguindo alguma dessas receitas e, mesmo assim, estiver com dificuldades de vencer o vício, procure imediatamente ajuda médica:

Chás

Chás que ajudam a combater ansiedade e agitação podem contribuir para ajudar a parar de beber. Os chás mais utilizados para esse fim são o de camomila, maracujá e erva-cidreira, pelas suas propriedades tranquilizantes.

Chás gelados no período noturno também são coadjuvantes para parar de beber, pois refrescam e tranquilizam. Afinal, à noite é quando ocorrem as maiores recaídas. Entre os favoritos estão hortelã, erva-doce e chá-verde.

Atividades físicas e Hobbies

Atividades físicas são sempre recomendadas no combate a qualquer vício. Elas ajudam a controlar a ansiedade e o metabolismo, além de melhorar a qualidade do sono. Os exercícios podem ser uma grande motivação para o paciente parar de beber, já que são uma fonte de prazer ao organismo, pela liberação de endorfina – um analgésico natural, que promove a sensação de bem estar e ajuda a regular as emoções.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply