Remédio Para Candidíase

A candidíase é uma doença relativamente comum. Essa doença acomete ambos os sexos e pode ocorrer em vários locais do corpo –  a infecção pode aparecer nos genitais e também em outros locais do corpo, como unhas, pele e na boca, o famoso “sapinho”. É mais comum nas mulheres devido à umidade e calor da região íntima feminina.

A candidíase é uma doença causada por uma infecção provocada por fungos, em especial, o fungo Cândida. Os sintomas da candidíase variam conforme a área afetada. Na mucosa da boca são apresentados dor, vermelhidão e o aparecimento de manchas ou placas brancas na língua, bochechas e/ou garganta.

Nos órgãos genitais os sintomas também são parecidos. De maneira geral, são apresentados como sintomas a vermelhidão, prurido e dores em ambos os sexos. Todavia nas mulheres existe a possibilidade do aparecimento de uma secreção branca na vagina – essa secreção possui uma consistência espessa.

A candidíase é uma doença sexualmente transmissível. Porém essa não é a maneira exclusiva do aparecimento dos sintomas, pode ser transmitida por meio do contato da pessoa com a mucosa infectada do portador. É comum também ser causada pelo desregulamento da flora vaginal, uso de roupas úmidas ou até mesmo má higiene.

É comum apresentar sintomas após uso de medicamentos e antibiótico, pois este pode acabar afetando a reprodução de bactérias benéficas à saúde.

Quais são os principais remédios para Candidíase?

Existem vários remédios para candidíase. Em suma, existem remédios tópicos, como pomadas e remédios que são ministrados via oral, comprimidos em sua maioria. As pomadas e cremes vaginais acompanham aplicador para inserir a pomada nas mulheres.

remedio-para-candidiase

Em alguns casos é preciso receita médica para comprar os medicamentos, já em outros casos os remédios podem ser vendidos sem a prescrição de um médico, como é o caso das pomadas.

Seja qual for a sua escolha, é importante uma consulta médica para que você consiga definir com exatidão a sua condição. A candidíase se não for tratada adequadamente pode gerar complicações de saúde mais sérias. Normalmente ela desaparece em alguns dias após o remédio e/ou pomada serem ministrados.

Remédios para Candidíase que não necessitam de prescrição médica

A seguir serão apresentados alguns dos principais remédios para candidíase que não necessitam de prescrição médica. Esses medicamentos são tópicos e a maioria são encontrados na forma de pomada. Você compra em qualquer farmácia, sem a retenção de receita.

São os medicamento mais famosos:

  • Clotrimazol;
  • Miconazol;
  • Cetoconazol;
  • Nistatina;

remedio-para-candidiase-1Remédios tópicos também são bastante recomendados para realizar o tratamento da candidíase. Na gravidez o creme vaginal são os mais indicados para curar, por exemplo. O corrimento na vagina pode ser curado com higienização por água morna.

Casos de candidíase recorrente exigem tratamentos com medicamentos mais sérios como, por exemplo, antibióticos e antivirais.

Esses medicamentos podem ser utilizados para a candidíase acometida nos órgãos genitais de ambos os sexos, com exceção da Nistatina – que é o medicamento adequado para tratar a candidíase oral.

Lembrando que apenas um desses medicamentos é o suficiente. A aplicação normalmente varia para até uma semana de uso contínuo – é importante verificar a bula do remédio para saber os efeitos colaterais e também a posologia (dosagem do remédio ).

As pomadas geralmente são aplicadas uma vez ao dia, durante uma semana. Os comprimidos costumam ser dose única.

Para que as lesões na pele não voltem a aparecer e nem mesmo o corrimento vaginal, é necessário utilizar alguns remédios caseiros, práticas de higienização e prevenção durante as relações sexuais para evitar que os sintomas apareçam novamente.

Confira aqui as causas da candidíase. 

Remédios para Candidíase que necessitam de prescrição médica

Um dos remédios para a doença mais utilizado é o Flucozanol. Esse medicamento costuma ser a opção número um em casos de candidíase moderada.

Esse remédio também consiste em um antifúngico, como no caso dos medicamentos tópicos, e pode ser ministrado via oral ou por via intravenosa.

O remédio só pode ser prescrito por um médico. Não se trata de um antibiótico e pode ser comprado sem a retenção da receita.

Algumas questões importantes

Apesar dos remédios para candidíase serem importantes e fundamentais para o tratamento dessa enfermidade, é importante que você se atente para algumas questões mais importantes da doença. Para um resultado mais rápido e eficaz, siga algumas instruções:

  • Faça uma boa higienização da área íntima.
  • Pratique sexo seguro com o uso de camisinha.

Várias outras questões devem ser levadas em conta na hora do tratamento dessa doença. Inclusive é recomendado que a pessoa não tenha relações sexuais durante o quadro de candidíase. O sexo pode causar desconforto e pode contaminar o parceiro.

Por se tratar de uma doença que é causada pela presença de fungos, é importante manter o tratamento por um período mais prolongado. Caso você decida parar o seu tratamento pela metade ou antes do término, as chances de reincidência da doença são grandes.

Veja abaixo algumas ações que são imprescindíveis durante o tratamento com os remédios para candidíase:

  • Alimentação balanceada: em alguns casos uma alimentação “desleixada” pode auxiliar o aparecimento da doença. Alguns casos pode haver uma pré-disposição genética para o aparecimento dessa enfermidade. O uso de roupas molhadas favorece o aparecimento dos fungos, como ficar com biquínis úmidos por muito tempo.

remedio-para-candidiase-2

De maneira geral a pessoa deve ingerir alimentos como: maçã, alho, iogurtes, verduras e legumes em geral. Suplementos alimentares, como o multivitamínicos e ômega 3 também podem auxiliar o tratamento com os remédios para candidíase.

  • Higienização do local: a higienização é imprescindível. Uma má higienização da área afetada pode causar um agravamento do quadro ou até mesmo provocar uma reincidência em alguns casos. Lave bem a área íntima para auxiliar o tratamento. É importante evitar utilizar roupas apertadas que “abafem” a área afetada, e também é importante efetuar a troca da roupa íntima com maior frequência.
  • Sexo com camisinha: a candidíase é uma doença que pode ser transmitida sexualmente. Portanto é importante que você faça sexo com segurança. Utilize sempre a camisinha. Em casos de incidência da doença, não tenha nenhuma relação sexual e principalmente comunique o seu parceiro.

Em alguns casos são recomendadas, por conhecimento popular, a aplicação de vinagre, alho, iogurte ou limão na área afetada. Essas recomendações não são ideais para tratar a sua condição médica. O melhor a fazer é procurar um especialista para descrever um bom tratamento para que a proliferação dos fungos não retorne. Os medicamentos caseiros desregulam o pH, podendo causar complicações maiores.

É importante procurar uma consulta médica o quanto antes para que você consiga combater essa doença o mais rápido possível, e de maneira mais efetiva.

Os efeitos colaterais das medicações variam de pessoa para a pessoa. Na maioria dos casos não são apresentados efeitos colaterais, mas casos eles apareçam, principalmente após a aplicação tópica de alguma medicação indicada neste artigo, suspenda o uso e procure um médico imediatamente – os efeitos mais comuns após a utilização do medicamento tópico é a piora dos sintomas, mais vermelhidão, ardor ou coceira.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (121 votes, average: 4,62 out of 5)
Loading...

One Response

  1. katia

Leave a Reply