Remédios Caseiros para Coceira Vaginal – Só os melhores

Um desconforto que afeta muitas mulheres e pode trazer ardor e irritação em conjunto é a coceira vaginal. Ela pode representar uma simples alergia ou ser causada por doenças bacterianas ou fúngicas, como no caso de candidíase vaginal ou algum outro tipo de vaginite. Outros sintomas, como corrimento vaginal ou prurido vaginal, podem aparecer na área íntima. Por isso é bom ficar atento à todos os sintomas, pois a coceira pode indicar desde uma uma irritação devido à alergia aos produtos de higiene íntima, como papel higiênico, até ser um efeito colateral da pílula anticoncepcional e até uma infecção ou fungos.

A coceira na vagina também pode ser gerada através do sexo, referente às doenças sexualmente transmissíveis e ainda devido a fatores como alta carga de estresse, menopausa e até má alimentação. Para combater este problema de forma simples, veja a seguir alguns remédios caseiros para coceira vaginal. Muitas vezes é preciso ir ao ginecologista se o problema for mais grave ou se os sintomas não sumirem. Em qualquer caso indica-se uma boa higiene íntima, pois a falta de higiene contribui para micro-organismos nocivos se proliferarem e causarem uma infecção vaginal.

remedio natural para coceira vaginal

1 – Vinagre

Uma maneira de eliminar a coceira na vagina pode ser uma mistura de água morna com vinagre, pois este elemento regulariza o Ph da vagina e reduz a disseminação do fungo, se este for o caso. Um dos fatores que levam à uma infecção fúngica é o pH vaginal desregulado. O vinagre irá tornar o ambiente mais ácido, ajudando a aumentar fungos e bactérias benéficas e acabando com a vaginose bacteriana.

Misture numa bacia 4 colheres de sopa de vinagre branco com 0,5 litro de água morna. Lave a região íntima como de costume edepois sente na bacia, ficando por 20 minutos nessa posição. Então limpe internamente e externamente a região íntima. Repita a operação de duas a três vezes ao dia. Esse é um método muito efetivo pra tratar a coceira, vermelhidão e inchaço

2 – Ervas

Outro tratamento caseiro para coceira vaginal vem das ervas: alecrim, tomilho e sálvia. Os três componentes juntos são responsáveis por agir contra as bactérias, além de possuir propriedade regeneradora. Uma infecção pode ser combatida com esses ingredientes, que são fáceis de encontrar e devolvem à paciente o bem-estar

Para preparar a combinação, ferva 375 mL de água e depois coloque 2 colheres de chá de tomilho seco, 1 de sálvia seca e 1 de alecrim seco. Tampe o chá por 20 minutos, coe e então utilize para lavar a vagina. Pode aplicar duas vezes ao dia, para melhorar a saúde íntima.

3 – Compressas com gelo

A compressa com gelo é um remédio caseiro para coceira na vagina que alivia rapidamente o desconforto, porem os fungos podem continuar se proliferando. Use o gelo para outras principais causas da coceira vaginal, como uma irritação na área íntima ou desconforto e dor na virilha. Siga os passos adiante para obter êxito.

  • Pegue um pano limpo e enrole alguns cubos de gelo.
  • Mantenha o pano encostado na vagina por alguns minutos.
  • Tire e depois de 30 segundos aplique novamente.
  • Repita o processo até quando parar de coçar.

4 – Mel

O mel deve ser natural, ou seja, orgânico, puro, cru e não pasteurizado. Ele é um ingrediente que combate bactérias e fungos, que geram a coceira vaginal. O procedimento é simples. Coloque o mel na região de coceira da região íntima, deixando o mesmo por 30 minutos. Ele é capaz de tratar a candidíase e outros fungos e bactérias que podem ser a causa da coceira.

Pode repetir a operação no mínimo duas vezes ao dia. O mel também pode ser incluso na alimentação. Tome de 1 a 2 colheradas de mel com 1 copo de água morna diariamente para potencializar ainda mais o tratamento da coceira.

5 – Iogurte

O iogurte tem como ação o bloqueio de bactérias e fungos, além de equilibrar a flora vaginal, pois reduz a acidez da região. Para eliminar a coceira na vagina, você vai precisar de uma embalagem de 125 g de iogurte natural e 1 absorvente interno. Ele pode ser tão efetivo quanto pomadas de candidíase e melhorar a dor durante o tratamento, trazendo resultado em poucos dias.

Espalhe o iogurte na vagina e em seguida coloque o absorvente interno, com o objetivo de não deixar a calcinha molhada. Você pode repetir o procedimento duas vezes por dia, ao longo de três dias consecutivos.

6 – Lavagem com água salgada

O banho com água salgada é um remédio caseiro para coceira vaginal simples de preparar. Ele controla o avanço dos microrganismos que geram a infecção. Para aplicar, adicione na água 1 colher de sopa de sal marinho integral, sem ser o sal refinado. É normal água salobra ser usada em diversos tipos de infecção, pois impede a proliferação de micro-organismos.

Lave a região íntima com essa mistura sempre que tiver a coceira vaginal. Você também adicionar na sua banheira ½ xícara de sal marinho, sendo que água deve estar morna. Permaneça por alguns minutos. Uma coceira na vulva pode precisar de outros tratamentos, usando o sal apenas como coadjuvante.

7 – Calêndula

A calêndula, ou malmequer, é uma planta com propriedades antifúngicas e antibióticas. Para combater a coceira vaginal, faça um chá com 1 xícara de água e 1 colher de calêndula seca. Tampe a solução por 10 minutos e coe. Pode tomar três xícaras por dia por duas semanas.

8 – Uva de urso

É uma erva medicinal e tem as funções antibacteriana, antisséptica e adstringente. Ferva 1 xícara de água e adicione 2 folhas secas de uva de urso. Deixe a mistura descansando por 10 minutos e coe. Ingira o chá de três a quatro vezes ao dia.

Estes remédios vão aliviar os sintomas da coceira vaginal e lhe garantir um pouco mais de qualidade durante o dia a dia. No entanto, caso a coceira não passe procure um ginecologista, pois o seu diagnóstico pode ir além de simples alergias e pode ser sinais de infecção de um vírus, bactéria, ou fungo tal como a Candidíase (confira aqui demais sintomas).

Outras Dicas

Para facilitar a aplicação dos tratamentos acima, os quais precisam ser inseridos na vagina, você pode usar uma ducha vaginal para facilitar o uso de maneira correta.

O primeiro passo para tratar o desconforto vaginal e coceira é descobrir o motivo do problema. Afinal, elas podem indicar várias doenças. Quando acompanhado de ardor ao urinar e urina com sangue, pode indicar infecção urinária, sendo necessário o uso de antibióticos. A coceira vaginal pode também estar associada à alergia e irritação, repare se está usando algum papel higiênico novo, com perfumes ou corantes, que possuem uma maior propensão a irritar a área íntima.

Outras causas da coceira recorrentes são fungos e bactérias que desregulam a flora vaginal causando a candidíase. A vagina é um ambiente repleto de bactérias que ajudam o organismo, quando o pH da vagina está desregulado, alguns fungos nocivos podem vir a se proliferar e causam junto com o ardor um corrimento branco que lembra leite coalhado e ardor durante o ato sexual. Nesse caso, uma consulta com o ginecologista é importante fundamental para um efetivo tratamento da candidíase.

Seu ginecologista poderá dar o diagnóstico e tratamento adequado em cada situação. Um médico responde todas as suas dúvidas. Até a consulta evite a relação sexual. Você precisa ver algumas outras dicas para que o ardor não seja constante:

  • Depois da sua primeira vez, visite um ginecologista pelo menos uma vez ao ano;
  • Sempre use camisinha durante o sexo;
  • Evite lavar calcinha e qualquer roupa íntima no banho;
  • Aos primeiros sintomas de desconforto, vá até um médico, os sintomas também podem estar associado a outras DSTs e doenças mais sérias;
  • Redobre a higiene durante a menstruação em todo o período menstrual;
  • Corrimento incolor e sem cheiro são comum nas mulheres;
  • Caso continue com muita coceira na pele e mucosa, volte ao médico ginecologista;
  • Além disso, se a infecção estiver constantemente presente na sua vida, saiba quais são os fatores que desencadeiam a infecção – um alimento, andar com biquíni molhado, lavar calcinhas no banho e outros.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (22 votes, average: 4,32 out of 5)
Loading...

Leave a Reply