Radioterapia – O que é, Como funciona, Efeitos Colaterais – Detalhes!

A radioterapia é um tratamento anti-câncer que funciona por meio de radiações ionizantes para destruir células cancerígenas criadoras de tumores. Este é um tratamento não tão agressivo quanto a quimioterapia e é mai sindicado no caso nos casos em que o câncer atinge um órgão específico ou ainda não se alastrou para outras áreas do corpo.

Na maior parte das vezes o tratamento é de médio prazo, já que são exigidas sessões separadas que podem ser poucas ou muitas dependendo do caso do paciente.  Os efeitos colaterais por sua vez demoram para aparecer  e são bem tolerados. Confira aqui os detalhes deste tipo de procedimento.

efeitos colaterais radioterapia

Indicações

A radioterapia  é uma das possibilidades de tratamento em tumores malignos nas seguintes regiões corporais:

  • Cabeça
  • Útero
  • Pescoço
  • Mamas
  • Tireóide
  • Próstata
  • Órgãos em que o câncer ainda não se espalhou muito

Em alguns casos ela ainda é uma solução pós-operatória ou serve para antes a cirurgia do câncer para reduzir o tamanho do tumor e facilitar a retirada dos pedaços afetados ou então como prevenção pós-operatória na tentativa de prevenir a nova formação do tecido cancerígeno.

Como Funciona?

A radioterapia utiliza radiação para destruir células cancerígenas criadoras de tumores ou corpos corpusculares inteiros. Para que o corpo consiga tolerar as altas quantidade radioativas o tratamento é fracionado em várias sessões geralmente diárias sou semanais.  O procedimento é feito por meio de aparelhos específicos ou raio x numa sala escura em sessões que costumam demorar de 20 a 45 minutos.

O aparelho poderá ficar afastado ou encostado no paciente de acordo com a especificidade do corpo doente.  Durante o tratamento o paciente não pode levar nenhum acompanhamento, uma vez que isso seria igual a expor esta pessoa à radiações que podem ser nocivas em saudáveis.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) cerca de 50% dos pacientes diagnosticados com câncer são tratados com este procedimento seja antes da quimioterapia ou para evitá-la, uma vez que pode ser muito agressiva para organismos já muito vulneráveis.

Os efeitos da radioterapia não são somente na destruição das células cancerígenas bem como na minimização dos danos do tumor como hemorragias nos órgãos, alívio de dores , pressão interna e dores resultantes da ferida.

Como se preparar para a radioterapia

A radioterapia é um dos tratamentos do câncer mais simples e sem efeitos colaterais. Por isso, não precisa se preocupar com as consequências que ela poderá lhe causar. Durante o dia do tratamento é recomendável que tenha uma alimentação leve e saudável, evite atividades estressantes e use roupas de tecidos leves para facilitar que a pele fique descoberta durante o período de exposição à radiação.

No caso de tratamentos de áreas ginecológicas é necessária a internação no hospital por 2 ou 3 dias para recebimento da radiação externa, também conhecida como branquiterapia.

Efeitos Colaterais – Cai cabelo?

Ao contrário da quimioterapia este tipo de tratamento não tem como reação adversa a queda de cabelo. Entre seus efeitos colaterais estão:

  • Náusea e vômitos
  • Cansaço intenso
  • Tristeza constante
  • Diarreia
  • Mudança de paladar
  • Boca irritada
  • Lesões na pele

Para evitar estes acontecimentos o acompanhamento médico é necessário para lhe ajudar em escolhas que te façam passar por um tratamento menos problemático do ponto de vista da saúde e emocional.

Muitas vezes mudanças na alimentação, tomar cuidado com a região afetada, preferir alternativas saudáveis e confortáveis e até pegar mais leve na rotina são indicações para um tratamento mais efetivo.

Diferença da quimioterapia e radioterapia

A quimioterapia é um tratamento que se utiliza com medicamentos que são colocados para dentro do organismo. Elas impedem a divisão das células cancerígenas,  mas geralmente precisa ser acompanhada de cirurgia para que funciona efetivamente. Ela tem efeitos colaterais mais agressivos que a radio, como a queda de cabelo, cansaço extremo e até aparição de outras doenças devido ao sistema imunológico vulnerável.

Enquanto isso, a radioterapia é feito por meio de um tratamento local e por tanto não é tão agressivo. Esta é mais indicada para casos em que a doença não é tão séria e pode ser tratada com opções de médio a longo prazo.

radioterapia como funciona

Quanto custa

Quem não tem um plano de saúde terá certos problemas para arcar com os custos de sessões radioterápicas. O tratamento particular pode ser de R$ 4mil a R$ 12 mil levando em consideração sessões diárias de 20 minutos. Alguns aparelhos que não constam no tratamento também podem ser levados em consideração nesta conta.

O procedimento também está disponível para o Sistema Único de Saúde (SUS), com a diferença de ter filas de espera e mais burocracia no processo envolvido para que o tratamento se inicie.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply