Quais os sintomas da Enxaqueca?

O sintoma típico das enxaquecas é a dor pulsátil e latejante, que, geralmente, é unilateral (atinge um lado apenas da cabeça) e varia de intensidade: moderada à forte. Além disso, a crise pode vir acompanhada de náuseas, vômitos, fotofobia, fonofobia e osmofobia. Alguns outros sintomas podem anteceder uma crise de enxaqueca ou mesmo fazer parte dela: irritabilidade, agitação e depressão.

Existem casos (cerca de 20% das pessoas que sofrem com enxaqueca) em que também há o aparecimento de sintomas visuais, como visão turva ou pontos brilhantes, mas também formigamentos e até bloqueio da fala – esses são os sintomas de aura, sendo extremamente típicos da enxaqueca.

A enxaqueca é uma doença que pode ser ocasionada por muitas causas e, em várias pessoas, sua origem ainda não foi descoberta. O que se sabe é que existem os chamados “gatilhos”, isto é, certas coisas que podem desencadear as crises:

  • Açúcar;
  • Alterações hormonais;
  • Chocolate;
  • Consumo excessivo de café e de bebidas alcoólicas;
  • Determinados perfumes;
  • Embutidos;
  • Estresse;
  • Insônia;
  • Jejum prolongado;
  • Queijos fortes;
  • Tabagismo.

Por isso, a enxaqueca é considerada uma doença multifatorial.

enxaqueca sintomas

Tratamento para a enxaqueca

Como a enxaqueca é uma doença crônica, é necessário um diagnóstico correto do problema(para afastar dúvidas de quaisquer outras doenças, como meningite crônica, trombose, hipertensão intracraniana etc.) e tentar descobrir o fator que a desencadeia, antes de iniciar um tratamento.

Em grande parte dos casos, o tratamento para a enxaqueca consiste no uso de analgésicos comuns, associados a outras drogas, principalmente nos episódios agudos. Quando não há resultado para esse tipo de tratamento, é utilizado um esquema com triptanos, tipo de droga com mecanismo de ação mais específico para enxaqueca. Confira aqui nomes de remédios para enxaqueca.

É claro que o uso desses remédios, de forma repetitiva, além do abuso de analgésicos e um consequente aumento das doses, para aliviar as dores,podem ocasionar o efeito rebote – isso significa que haverá agravamento dos sintomas da enxaqueca.

Recomendações para evitar a enxaqueca

Aliado ao tratamento medicamentoso, a enxaqueca pode ser prevenida com mudanças no estilo de vida, como:

  • Alimentar-se de modo equilibrado;
  • Controlar os níveis de estresse;
  • Dormir bem;
  • Evitar alimentos e bebidas que podem provocar as crises de enxaqueca;
  • Experimentar técnicas de relaxamento, como a meditação;
  • Não pular refeições;
  • Praticar exercícios físicos;
  • Reduzir o consumo de cafeína por dia.

Por ser uma doença complexa, a busca por ajuda médica especializada é fundamental.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply