Quais os sintomas da conjuntivite?

O principal sintoma da conjuntivite é a vermelhidão dos olhos, além da coceira e do lacrimejamento frequente, principalmente ao acordar. Dor, irritação e inchaço na região também são comuns, sem contar que a pessoa pode reclamar de visão embaçada ou borrada e intolerância à luz.

A conjuntivite é uma doença ocular, que provoca uma inflamação da conjuntiva (membrana transparente que recobre o globo ocular e a parte interna da pálpebra). Em geral, a infecção afeta os dois olhos e pode não ser ao mesmo tempo.  A doença do tipo viral é contagiosa e mais frequente no verão. Embora não seja grave, há muito incômodo – afinal, a área dos olhos é extremamente sensível e exige cuidados que deverão ser recomendados mediante consulta médica.

A transmissão da conjuntivite se dá  por meio do contato direto com a pessoa doente ou com objetos contaminados (mais facilmente em locais fechados). Saiba mais sobre a doença no texto sobre tratamento da conjuntivite.

sintomas da conjuntivite

Tratamento da conjuntivite

A conjuntivite bacteriana é outro tipo de conjuntivite que desaparece mais rápido do que a viral: são de 5 a 7 dias e de 15 a 20 dias, respectivamente.

Não existe um tratamento específico para o problema da conjuntivite, porém é fundamental que a pessoa tenha certos cuidados, para que a doença vá embora sem trazer evolução e prejuízos à visão:

  • Lavar os olhos;
  • Fazer compressas com água gelada (filtrada e fervida) ou com soro fisiológico;
  • Usar colírios lubrificantes e lágrimas artificias;
  • Evitar a exposição a agentes irritantes e/ou alérgenos.

No caso da conjuntivite bacteriana, siga as orientações do médico oftalmologista e use os colírios e os antibióticos prescritos.

Como prevenir a conjuntivite

A conjuntivite viral pode ser facilmente passada de pessoa para pessoa. Por isso, se você estiver com a doença, evite algumas ações, para prevenir que outras pessoas sejam contaminadas:

  • Evite piscinas;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, além de lençóis, toalhas e travesseiros;
  • Lave as mãos com frequência;
  • Não coloque as mãos nos olhos;
  • Não empreste maquiagem a outras pessoas;
  • Faça uso de óculos de proteção, caso você trabalhe com produtos químicos;
  • Não se automedique.

Tenha o acompanhamento de um oftalmologista de confiança, para que o diagnóstico de conjuntivite seja correto e o tratamento seja adequado ao seu caso.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply