Pintar o cabelo pode dar alergia? Veja as Reações à Tinta de Cabelo

Pintar os cabelos é quase uma tradição para muitas mulheres, seja para esconder os fios brancos, seja para mudar o visual. Mas, cuidado! Pintar o cabelo pode dar alergia. Por esse motivo, recomenda-se fazer o teste, antes de aplicar qualquer química no cabelo.

Conheça as principais alergias durante o processo de pintura do cabelo:

Sintomas da alergia à tintura de cabelo

pintar o cabelo pode dar alergia?

Os sintomas da alergia ao pintar o cabelo podem variar, de acordo com o nível do caso. Leve ou branda, grave ou muito grave, no geral, os sintomas são:

  • Coceira ou sensação de queimação no couro cabeludo;
  • Feridas no couro cabeludo;
  • Queda de cabelo;
  • Pele avermelhada, principalmente no couro cabeludo, nas orelhas e na testa (regiões de mais contato com a tinta);
  • Inchaço nos olhos, podendo tornar-se uma conjuntivite alérgica;
  • Inchaço nos lábios e no rosto;
  • Inchaço nas vias respiratórias, podendo evolui o quadro para asma;
  • Choque anafilático, quando as vias respiratórias fecham-se por completo (fatal).

Pessoas que já sofrem com algum tipo de alergia de pele podem ter o problema agravado. Além disso, os sintomas podem acontecer até 3 dias após a exposição à tinta, seja pela respiração, pelo contato ou mesmo pela aplicando da tintura no cabelo de alguém.

Se a crise alérgica começardurante a aplicação da tinta ou imediatamente após, os sintomas incluem:

  • Falta de ar;
  • Coriza;
  • Espirros;
  • Olhos lacrimejando;
  • Choque anafilático.

Se você já pinta o cabelo, seja com tinta ou tonalizante, ou faz tratamentos como a progressiva, há grandes chances de desenvolver alergias. Aliás, quanto mais exposição aos produtos químicos, mais chances de desenvolvimento de reações alérgicas. E mais! Pessoas mais velhas são mais propensas a desenvolverem sintomas alérgicos.

Alergia leve ou branda

É o tipo de reação alérgica mais comum. Os sintomas são os clássicos de uma alergia: coceira, vermelhidão, formigamento e ressecamento da pele. Também, pode acontecer erupções nas regiões do pescoço (atrás), pálpebras e orelhas.

Alergia grave

Além dos sintomas acima, as erupções podem piorar e espalharem-se pelo restante do corpo, podendo ocorrer descamação da pele e cicatrizes. Em alguns casos, a alergia acaba alterando as feições do rosto da pessoa, sendo que o inchaço do rosto pode até causar a perda de visão, temporária ou definitiva.

Se ao aplicar o produto você sentir náuseas, tiver crise de espirros ou tosses, podem ser esses os primeiros sintomas de uma alergia grave à tinta usada. Nestes casos, o melhor é suspender o uso e aumentar os cuidados.

Alergia muito grave

Nas crises alergias muito graves, além dos sintomas citados acima, o paciente tem as vias respiratórias inchadas. Isso pode fechá-las por completo e causar o choque anafilático, levando ao óbito. Quem tem esse tipo de alergia sente a coceira no momento que a tinta é aplicada.

Substâncias alérgicas na tintura de cabelo

Alergia à tinta de cabelo

É difícil olhar para a embalagem da tinta e saber quais lhe darão alergia ou não. O ideal é sempre fazer o teste descrito na embalagem e esperar 3 dias para aplicar a tinta de vez.

Algumas substâncias são comuns, sendo responsáveis pelas reações alérgicas.O PPD (parafenilenodiamina) é a pior de todas as substâncias presentes na tintura, pois é o principal responsável por fazer a tinta fixar no cabelo, provocando reações alérgicas, além de também ser usado em maquiagens.

Outras substâncias são:

  • Fenilenodiamina;
  • Resorcinol;
  • Acetato de chumbo;
  • Formaldeído (ou apenas formol);
  • Amônia.

O que fazer durante uma crise alérgica

A primeira coisa a se fazer é suspender o uso da tintura. Se ainda estiver aplicando o produto, lave o cabelo imediatamente, retirando totalmente a química dos fios e do couro cabeludo.

Aumente a ingestão de água, pois isso ajudará a eliminar as toxinas pela urina. Lavar o cabelo com chá de camomila diminuirá o restante da química – faça isso 2x na semana. Procurar um médico para analisar os sintomas e verificar qual o melhor tratamento para combatê-los é o mais recomendado.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply