Nutrologia – O que é? Principais funções: Diferenças entre nutricionista e nutrólogo

A Nutrologia é uma especialidade médica que tem como objetivo prevenir, diagnosticar e tratar as doenças relacionadas ao comportamento alimentar. O nutrólogo é o profissional formado nessa área, com o conhecimento suficiente para avaliar as necessidades orgânicas e manter a saúde de um paciente.

Entenda mais sobre essa profissão.

Nutrologia – Principais funções

Quando a população não se alimenta corretamente por conta da falta de tempo e de muitos outros fatores que interferem no cotidiano, muitos problemas de saúde começam a surgir, como é o caso do descontrole do peso.

Mas, infelizmente, o organismo passa a sofrer com deficiências nutricionais. E é aqui que entra a importância da Nutrologia, que busca a reeducação alimentar conforme o metabolismo de cada um, com foco no crescimento e desenvolvimento saudável por meio dos bons hábitos alimentares.

nutrólogo funções

O profissional de Nutrologia tem como funções:

  • Diagnosticar e tratar doenças nutricionais, como obesidade, hipertensão arterial e diabetes;
  • Identificar “erros” alimentares, bem como hábitos de vida ou estados orgânicos que contribuam para o quadro nutricional do paciente;
  • Propor mudanças de hábitos na vida do paciente, em específico os hábitos dietéticos, que podem favorecer a prevenção e o tratamento de doenças e, até mesmo, evitar a recorrência de quadros que já foram tratados anteriormente,
  • Enfatizar a necessidade de acompanhamento sistemático do estado nutricional por meio de uma avaliação periódica.

O nutrólogo também precisa esclarecer ao paciente:

  • Quais doenças nutricionais existem (desde as mais simples até as mais complexas);
  • Quais são as substâncias benéficas e maléficas existentes nos alimentos;
  • Que embora ocorra a ingestão do nutriente, isso não garante que haja aproveitamento dele no organismo;
  • Que a informação nutricional é essencial para diminuir riscos de saúde no surgimento de doenças;
  • E que o comportamento e as escolhas alimentares influenciam os mecanismos regulatórios endógenos.

O nutrólogo precisa ter em mente que é seu trabalho cooperar com o estudo do papel dos nutrientes em qualquer fase da vida, com o intuito de promover uma longevidade saudável.

Portanto, de modo geral, a Nutrologia é aquela especialidade que intenciona melhorar a qualidade de vida de uma pessoa associada à nutrição.

Exames e procedimentos

É entendido que o nutrólogo pode requisitar exames para seus pacientes para diagnosticar problemas de saúde e para acompanhamento durante o tratamento.

Com a avaliação dos exames, é possível criar um tratamento terapêutico nutricional que incluirá alimentação, complementos, restrições, suplementos específicos, cálculos calóricos, dosagem de nutrientes e, se depender do caso, medicamentos.

Normalmente, os exames e procedimentos requisitados e/ou realizados pelo nutrólogo são:

  • Antropometria;
  • Análise da composição corporal;
  • Exame de sangue que faz a dosagem de vitaminas e nutrientes, tais como as vitaminas A, B, C, D, E e K, além de zinco, cobre, selênio, ferritina, manganês, entre outros;
  • Exame de tolerância à lactose;
  • Exame coprológico funcional;
  • Metabolismo da glicose;
  • Ácido úrico;
  • Parâmetros inflamatórios, imunológicos, hormonais e enzimáticos.

nutrólogo o que éOs pedidos de exames e procedimentos podem ser diferentes por idade, histórico clínico, hábitos alimentares, assim como outros fatores vitais, como:

  • Exposição a substâncias tóxicas;
  • Gravidez;
  • Lactação;
  • Doenças existentes;
  • Estresse;
  • Tabagismo;
  • Consumo de bebida alcoólica;
  • Prática de atividades físicas.

Nas consultas de check-up, o médico nutrólogo também pode ir solicitando esses exames para ter a certeza de que o tratamento e as mudanças impostas para o paciente estão proporcionando os resultados desejados.

Quanto ganha um nutrólogo?

A profissão de Nutrologia pode oferecer uma remuneração média de R$8.000,00, mas existem variações entre R$4.500,00 a R$14.000,00.

A atuação dos nutrólogos afetam o salário final, principalmente aqueles que trabalham em mais de um local. Atualmente, a Nutrologia encontra boas oportunidades no serviço público, mas, por ser uma profissão multidisciplinar, o profissional é encontrado em clínicas especializadas, consultórios particulares e empresas privadas.

É muito importante salientar a diferença entre um nutrólogo e um nutricionista. Enquanto que o nutrólogo é formado em Medicina, com posterior especialização em Nutrição, o nutricionista é formado em Nutrição, ou seja, ele não é considerado um médico. O nutrólogo pode prescrever medicações, enquanto que um nutricionista não tem essa autorização.

Quando procurar um nutrólogo?

A Nutrologia é um dos ramos da Medicina mais importantes para a sociedade moderna, afinal nossa alimentação tem influência direta na qualidade de nossa saúde e bem estar.

Por isso, a Nutrologia é uma especialidade excelente para ser buscada por quem:

  • Quer resolver os desequilíbrios nutricionais;
  • Precisa manter doenças crônicas (diabetes, hipertensão, etc.) sob controle;
  • Tem compulsão alimentar;
  • Sofre com transtornos alimentares, como bulimia e anorexia;
  • É atleta e precisa de acompanhamento nutricional regular;
  • Quer tratar o sobrepeso ou a obesidade;
  • Quer alcançar qualidade de vida;
  • Precisa tratar doenças metabólicas, como intolerância à lactose, doença celíaca, etc.;
  • Realizar uma avaliação nutricional;
  • Realizar uma avaliação da composição corporal.

Pessoas idosas também podem procurar um nutrólogo, já que nessa idade há maior dificuldade na digestão e absorção de certos nutrientes e alimentos.

Vale lembrar que você mesmo(a) pode tomar cuidados com sua nutrição, escolhendo alimentos saudáveis, mantendo-se informado sobre o que você está ingerindo e planejando a sua rotina.

Procure um nutrólogo de confiança e valorize a sua qualidade alimentar.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply