Nariz Entupido e Suas Causas Mais Comuns

O nariz entupido (também chamado de congestão nasal), embora seja frequentemente acompanhado pela coriza, não é – diferente do que muitos pensam – causado principalmente pela produção excessiva de muco no nariz. O verdadeiro responsável pelo nariz congestionado é o edema, ou seja, inchaço das mucosas causado pela inflamação e dilatação dos vasos sanguíneos.

Frequentemente, trata-se de um mecanismo de defesa do organismo. Quando algo irrita ou inflama os tecidos do nariz, limita a passagem de estímulos prejudiciais para o resto das vias áreas e aumenta o fluxo de sangue – e, consequentemente de células encarregadas de combater microrganismos invasores – para as vias aéreas.

O nariz congestionado também pode ser causado pela presença de uma barreira física prejudicando a passagem do ar. Alguns exemplo são: desvio de septo; adenoides muito grandes, tumor ou pólipos, até mesmo um corpo estranho na cavidade nasal.

Causas Comuns

Entre as causas mais comuns de congestão nasal, podem ser mencionadas infecções, como a gripe e a sinusite, e a rinite alérgica. Esta última é caracterizada pela inflamação das mucosas como reação ao contato com um alérgeno (pólen, ácaros, fumaça de cigarros, pelos, etc.). Há também pessoas que apresentam congestão nasal de maneira crônica, sem que se consiga identificar uma causa. Chama-se essa condição de rinite vasomotora.

congestão nasal

Remédios Caseiros

Alguns tratamentos caseiros podem ser úteis no combate à congestão nasal. Um deles é lavar frequentemente com soro fisiológico as cavidades nasais. Deve-se aplicar o soro em uma das cavidade até que ele saia pela outra. Aconselha-se também beber bastante água – o que dilui o muco – e usar nebulizadores ou umidificadores para evitar respirar ar ressecado.

Outra opção de tratamento caseiro é a inalação de vapores do eucalipto. Ele ajuda a abrir as vias respiratórias, sendo bastante útil em caso de gripe, por exemplo. Fervem-se folhas de eucalipto em uma panela com água. Depois que a panela tiver saído do fogo, a pessoa afligida pela congestão nasal aproxima a cabeça da panela e respira o vapor que escapa dela.

Também se pode colocar folhas de hortelã em uma panela de água fervente e ir inalando o vapor quente que escapa dela.

Uma quarta possibilidade de tratamento caseiro é tomar banho quente. O vapor d’água quente age desbloqueando as vias aéreas, o que ameniza ou elimina a congestão nasal.

coriza

Remédios de Farmácia

Rinofluimucil

O medicamento ajuda no tratamento de sinusites e rinites. Além de facilitar a limpeza do muco das vias aéreas, ele alivia a congestão nasal que tenha por causa sinusite ou rinite.

Ele não deve ser usado por mulheres grávidas sem prescrição médica, não deve ser utilizado por pessoas alérgicas a componente dele e pode fazer mal a pessoas com hipertireoidismo ou glaucoma. Entre outros efeitos colaterais possíveis, pode causar espirro excessivo e palpitações do coração. Uma caixa pode ser adquirida por cerca de 12 reais.

Alektos

Combate sintomas da rinoconjutivite alérgica, entre os quais  a congestão nasal. Deve ser evitado seu uso em caso de hipersensibilidade à bilastina, seu princípio ativo, ou a algum outro componente dele.

Alektos é contraindicado para menores de 12 anos. Entre os efeitos colaterais comuns dele estão dor de cabeça e sonolência. Entre os efeitos incomuns ou com frequência desconhecida, estão tontura, vertigem, dificuldade de respirar, palpitações no coração e taquicardia.

Esse remédio não deve ser usado por gestantes ou lactantes (mulheres amamentando) a não ser por prescrição médica. Uma caixa pode ser adquirida por cerca de 40 reais.

Cloridrato de Nafazolina

É um descongestionante com ação vasoconstritora. Ou seja, faz com que se contraiam os vasos sanguíneos. Ação rápida, faz efeito por volta de 10 minutos após a ingestão. Alivia, portanto, sintomas de alergias, rinites, rinossinusites e resfriados.

Seu uso é contraindicado para menores de 12 anos, pessoas com hipersensibilidade a algum dos componentes do remédio ou a adrenérgicos e para pacientes que sofrem de glaucoma de ângulo agudo e hipersensibilidade a agentes adrenérgicos.

Já foram observados casos de náusea e cefaleia entre usuários do remédio e de irritação local passageira.

Outras reações adversas foram observadas, mas com frequências desconhecidas. Entre elas: hipertensão arterial, taquicardia, depressão e sedação. Especial cuidado deve ser tomado no caso de pacientes com problemas cardiovasculares graves. Gestantes e lactantes só devem usar com prescrição médica. Cada caixa pode ser adquirida por cerca de 8 reais.

Atenção

A automedicação é desaconselhável. O uso prolongado de descongestionantes pode causar rinite medicamentosa, além de poder viciar e causar problemas graves de saúde.

Caso os sintomas persistam por mais de 10 dias; o catarro estiver verde; houver dor no rosto ou nos seios da face; febre alta; se os sintomas persistirem após três dia; a pessoa possua asma ou enfisema; se o paciente estiver tomando remédios que suprimem os sistema imunológico; houver sangue na secreção ou houver uma secreção que persiste depois de ter a cabeça sido ferida um médico deve ser procurado.

Especial cuidado deve ser tomado com crianças que apresentam problemas respiratórios ou, se têm poucos meses, apresentam febre.

Além disso, evidentemente, remédios que combatem, por exemplo, os sintomas de rinite serão menos eficientes ou simplesmente inúteis se se tratar de uma barreira física bloqueando a passagem do ar.

Se o problema é uma alergia, o paciente pode tentar evitar o alérgeno ou, no caso dos alérgenos mais comuns, recorrer à imunoterapia. Por essas razões, um diagnóstico correto é decisivo para a solução do problema ou para o melhor tratamento dele.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...

Leave a Reply