Microagulhamento para suavizar cicatrizes – Funciona? Preço para estrias

As cicatrizes são marcas deixadas pelo tempo, devido a acidentes, cirurgias ou qualquer outra coisa. Elas incomodam esteticamente, pois algumas são visíveis e impossíveis de serem escondidas com maquiagem ou roupas. O microagulhamento é uma técnica para suavizar cicatrizes, melhorando a aparência da pele.

Conheça a técnica e veja seus benefícios:

O que é a técnica de microagulhamento?

Basicamente, o tratamento envolve microagulhas, para estimular o processo de renovação da pele. Isso faz com que ela tenha recuperação natural, suavizando as cicatrizes e, até mesmo, as estrias. As agulhas perfuram a pele e promovem a vasodilatação, promovendo a formação de colágeno e elastina.

Com algumas sessões já é possível ver os resultados. Com duas ou três procedimentos, as cicatrizes já ganham a ótima aparência.O procedimento é bem simples, mas requer cuidados, para que os resultados sejam bons e para que não haja problemas.

Além de suavizar as cicatrizes e as estrias, a técnica do microagulhamento também pode ser aplicada no couro cabeludo, para estimular o crescimento dos fios. É comumente usada para tratar o envelhecimento da pele, a flacidez e as cicatrizes provocadas por queimaduras e manchas. Confira aqui outros tratamentos para estrias.

microagulhamento

Como funciona

Apesar dos resultados serem observados já após a segunda sessão, o mais recomendado é realizar 4 sessões, com um intervalo de 30 dias entre cada uma.Cada sessão demora entre 30 e 60 minutos, dependendo da região e do tamanho na área a ser aplicada. No entanto, isso pode variar com cada caso.

A aplicação consiste em usar um rolo com, aproximadamente, 200 agulhas. Elas são esterilizadas e feitas em aço cirúrgico, sendo que o tamanho pode variar. O rolo é passado na pele, com movimentos de vai e vem, podendo gerar pequenos sangramentos, devido aos furinhos feitos. Esses sangramentos cessam rapidamente e, são importantes para provocar a vasodilatação.

A técnica pode ser aplicada em qualquer região corporal, com um creme anestésico ou mesmo anestesia local, dependendo da situação e do tamanho da agulha. O intervalo de 30 dias é importante para que a pele descanse e recupere-se do processo.

Cuidados com o microagulhamento

A técnica tem bons resultados, mas, antes de inicia-la,é preciso ter alguns cuidados. Em todos os casos, é necessário evitar o uso de qualquer tipo de ácido, entre 48 e 72 horas antes do procedimento.

Após a aplicação, é normal a pele apresentar descamação, vermelhidão, ardência e pequeno inchaço. Durante as próximas 24 horas após feito o tratamento, não se deve usar água quente na região, nem mexer no local.Além disso, durante os próximos 45 dias, não exponha a pele tratada ao sol e sempre use filtro solar adequado ao seu tipo de pele.

Como a pele ficará irritada após o microagulhamento, você poderá usar água termal, para aliviar o incomodo. Em alguns casos, o dermatologista também irá receitar cicatrizantes com antibióticos. Abaixo você confere uma sessão baseada em estria ou com manchas roxas:

Benefícios

A técnica vem sendo aplicada com sucesso, deixando homens e mulheres felizes com os resultados. Os seus benefícios envolvem diretamente a aparência da pele, contribuindo para deixá-la mais bonita. Os ganhos incluem:

  • Redução de:
    • Pigmentação de manchas;
    • Melasma;
    • Cicatrizes de acne;
  • Diminuição da aparência de estrias;
  • Diminuição da aparência dos poros;
  • Melhora da textura da pele;
  • Auxílio na maciez e hidratação da pele;
  • Redução das cicatrizes de traumas e/ou cirurgias;
  • Melhora da flacidez;
  • Suavização das linhas de expressão.

Quem pode fazer?

Qualquer pessoa que tenha estrias, manchas e cicatrizes de acne ou de outra origem, além de calvície podem realizar o tratamento com microagulhamento. No entanto, existe algumas contraindicações, como nos casos de:

  • Problemas de coagulação sanguínea;
  • Diabetes não controlado;
  • Câncer;
  • Lesões na pele;
  • Doenças de pele ativas na região a ser tratada;
  • Acne ativa (nestes casos, o tratamento é feito nas manchas que ficam);
  • Herpes ativa;
  • Psoríase.

As pessoas que se encaixam nessa lista não podem fazer o tratamento com microagulhamento para suavizar cicatrizes. Em alguns casos, você poderá cuidar desses problemas e depois realizar uma avaliação, para saber se há a possibilidade de usar a técnica.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply