Metronidazol – Para que serve, Posologia, Uso pediátrico (Bula)

O metronidazol é um antibiótico indicado para casos de infecções virais e parasitárias no intestino e na vagina. O medicamento é considerado um anti-infeccioso que impede a proliferação de atividades microbianas no corpo humano.

Sua absorção máxima ocorre no tempo de 1 até 2 horas. O tratamento completo pode durar de 7 a 10 dias – o que deve ser prescrito pelo médico. O remédio tem uso adulto e pediátrico, tendo suspensão de via oral, pomada ou gel.  A posologia e tipo de metronidazol varia conforme o tipo de problema que precisa ser tratado.

Para Que Serve o Metronidazol?

metronidazol-400mg-emsO metronidazol é indicado para infecções causadas por micrórbios e microrganismos parasitários que se instalam no intestino, pênis ou vagina. De modo geral, usado paraa tratar doenças de nível fácil à médio de cura. Confira todas as situações em que poderá ser receitado,

  • Giardíase: infecção ocasionada pelo protozoário flagelado (Giardia lamblia) diretamente no intestino delgado;
  • Amebíase intestinal: uma infecção ocasionada por qualquer tipo de amebas;
  • Vaginites;
  • Tricomoníase: infecções que são causadas por qualquer tipo de Tricomonas;
  • Infecções causadas por bactérias do gênero Fragilis, Fusobacterium sp, Eubacterium e cocos anaeróbios.

Por ser também classificado como um antibiótico este remédio não pode ser comprado na rede farmacêutica sem orientação médica. Leve consigo a receita.

Como tomar? Posologia

A forma de uso do metronidazol varia conforme o tipo de suspensão. Confira o que diz a posologia de cada um dos formatos do antibiótico:

Comprimidos – Deve ser ministrado por via oral com líquido em conjunto. O aconselhado é que seja tomado após as refeições diárias para evitar náusea e vômito. Você pode tomar de acordo com as seguintes metodologias:

  • Em uma dose única de 2 gramas;
  • Durante o período de 10 dias, 250 mg duas vezes ao dia;
  • Durante o período de 7 dias, 400 mg duas vezes ao dia.

Podem ocorrer alterações na dosagem e período, é preciso respeitar aquilo que foi passado para cada paciente individualmente.

Quem tem uma vida sexual ativa também deve recomendar o uso por seus parceiros, assim evita-se a contaminação ou proliferação do microrganismo estranho em ambos. A chance de reincidência quando o tratamento não é feito em conjunto é maior.

Pomada e Gel – Quando o medicamento metronidazol é receitado em forma de gel ou pomada, é preciso que sua aplicação seja feita no período da noite antes de se deitar. Passe na área afetada, mesmo que esteja no período menstrual, lembre-se de lavar bem as mãos antes e depois da aplicação, repita durante os dias indicados pelo médico até sarar a infecção.

Caso o paciente esqueça de tomar ou passar o medicamento, é necessário que seja feito assim que lembrado. Se a aplicação ou ingestão do comprimido estiver perto do horário da outra dose, espere e tome somente uma delas.

pomada-para-infecções-vaginais

Em casos de superdosagem de metronidazol, foram relatados apenas vômitos, confusão mental e falta de movimentação. Caso isso aconteça, vá o mais rápido ao médico ou clínica mais próxima para procedimento médico.

Para mais informações consulte a bula oficial nos seguintes links:

Preço Médio

O preço do metronidazol pode variar de acordo com o tipo (gel ou comprimido), quantidade de cápsulas, estado e também farmácia, porém fica em torno de R$ 4 até R$ 40. Os nomes mais comuns de medicamentos que contêm em sua fórmula o metronidazol são: Flagyl, Helmizol, Neo Metrodazol, Rozex e Terconazol.

Contraindicações

Assim como todos os medicamentos, o metronidazol também contém algumas contra indicações, fique atento sobre quais são elas:

  • Pacientes que tenham alergia a qualquer um do princípio ativo da fórmula o medicamento, incluindo imidazólico
  • Também não é indicado para mulheres que estejam amamentando, consulte o médico antes de tomar. Os estudos da bula não avaliam quais são os efeitos nos bebes por meio do leite materno. Grávidas e lactantes precisam ter a condição cuidadosamente avaliados antes da recomendação da substância
  • Pacientes que sofrem de encefalopatia hepática – condição gerada pela disfunção do sistema nervoso central associado a falência do fígado – ou vários problemas relacionados ao fígado devem prestar atenção nos índices do corpo, pois ele é metabolizado pelo organismo. Por isso é tão importante o acompanhamento médico para a identificação correta da doença e do medicamento que pode ser usado
  • Pacientes que sofrem com doenças crônicas devem informar ao médico antes que qualquer medicação seja repassada, seja metronidazol ou não

Pessoas que trabalham com operação de máquinas ou com direção é preciso atenção, pois alguns sintomas comuns que podem acontecer a qualquer momento são confusão mental, tonturas, convulsões e alucinações visuais. Este medicamento tem efeito colateral para aqueles quem trabalha como motorista.

Metronidazol

Cuidados ao realizar o tratamento

É preciso alguns cuidados quando se realiza um tratamento de curta ou longa duração com metronidazol. Veja quais são eles abaixo.

  • Em casos de tratamentos longos é necessário realizar testes de sangue periodicamente para conferir a taxa de leucócitos. A monitorização do médico é essencial para que algumas reações adversas sejam contidas
  • Há possibilidade do desenvolvimento de neuropatia – isso pode ser prevenido com a monitorização por hemogramas completos
  • Em caso de formigamento em partes do corpo vá o mais rápido a um médico
  • Se a sua urina ficar com tom escuro não se assuste. Tome bastante água, isso acontece devido aos metabólitos que são ingeridos juntamente com o medicamento.
  • Não faça a ingestão de bebidas alcoólicas, elas anulam o tratamento. Deve-se ficar durante todo o momento de suspensão e até 1 semana após finalizar o uso das drágeas sem ingerir álcool. O uso poderá provocar vômitos, vermelhidão e aumento da chance de aparição das reações adversas.

Efeitos Colaterais

Existem alguns efeitos colaterais que podem acontecer por quem utiliza o medicamento, veja quais são os mais comuns abaixo:

  • Dor de estômago;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Alteração no paladar;
  • Sensação de língua áspera;
  • Gosto metálico na boca;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta;
  • Vermelhidão na pele;
  • Pode causar alucinações
  • Tontura;
  • Convulsões;
  • Confusão na coordenação motora e ao falar;
  • Alterações de humor;
  • Coceira e erupções na pele;
  • Febre.

Porém, todos os sintomas citados acima não afetam sempre os usuários de metronidazol, podem ser considerados raros, porém não inexistentes.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (87 votes, average: 4,30 out of 5)
Loading...