Medicina do trabalho e segurança – O que faz? Como se formar? Salário Médio

A Medicina do Trabalho, também conhecida como Medicina Ocupacional, é uma especialidade médica que trabalha com a relação entre o meio de trabalho e a saúde dos colaboradores. Ou seja, é uma área que se preocupa com a prevenção e o tratamento de doenças e ferimentos que ocorrem no exercício profissional, bem como no controle dos riscos ambientais.

Saiba mais sobre a Medicina do Trabalho, suas funções e particularidades.

Medicina do Trabalho – O que faz?

A Medicina do Trabalho está ligada, de maneira direta, com as normas governamentais que as empresas têm a obrigação de cumprir, para promover a saúde do trabalhador.

Dessa forma, as normativas têm o intuito de fazer com que o trabalhador consiga exercer sua função sem que coloque em risco a sua saúde e qualidade de vida.

O médico que atua no ramo da Medicina Ocupacional tem as seguintes funções:

  1. Integrar as exigências das atividades profissionais e o impacto na saúde dos funcionários;
  2. Entender a demanda de determinada empresa e os limites que os colaboradores dela possuem, tanto físicos como mentais – nesse caso, é essencial que se saiba as atividades realizadas pelos funcionários;
  3. Saber identificar os fatores de risco, as medidas para prevenção e controle dos fatores de risco no ambiente de trabalho;
  4. Criar medidas preventivas e perspectivas para problemas que poderão ocorrer no futuro;
  5. Alertar sobre quadros de adoecimento físico e/ou mental;
  6. Transmitir o conhecimento ao trabalhador, conscientizando-o sobre suas atividades profissionais e obrigações a respeito dos exames médicos e preventivos;
  7. Realizar exames exigidos pela legislação;
  8. Realizar atenção médica de urgência, independentemente se o caso for relacionado ao trabalho ou não;
  9. Promover o bem-estar de toda a equipe (empregados e empregadores), favorecendo a produtividade da empresa.

De maneira geral, a Medicina do Trabalho visa reforçar as relações interpessoais, fazendo com que ocorra segurança e credibilidade à organização.

segurança do trabalho procedimentos

Exames e procedimentos

Os empregadores possuem a responsabilidade de garantir o acesso do funcionário à medicina do trabalho, podendo estar sujeitos a sanções caso descumpram os prazos estabelecidos para realização dos exames.

Todos os tipos de exames associados à Medicina do Trabalho expedem o Atestado de Saúde Ocupacional, documento que comprova que o colaborador está apto ou não a exercer suas atividades laborais.

Saiba quais são os exames que a Medicina do Trabalho abrange:

Exame admissional

O exame admissional é aquele que deve ser feito antes do início das atividades do empregado ou até 15 dias após o início de sua função no local de trabalho. Esse exame tem a finalidade de atestar a saúde a capacidade laboral do funcionário.

Normalmente, a empresa possui um contrato com uma clínica especializada em medicina do trabalho, orientando o empregado a se dirigir até ela, com um guia de encaminhamento, para ser atendido e realizar os exames.

Cada área de atuação pode ter diferentes exames. Por exemplo, se o funcionário irá trabalhar em um local com exposição de ruídos altos, ele deverá realizar uma audiometria.

Exames periódicos

Os exames periódicos se relacionam com as características das funções e a própria idade dos funcionários. Geralmente, estes exames são realizados a cada dois anos por empregados que possuem idades entre 18 e 45 anos.

Para funcionários com idade menor de 18 anos e maior de 45 anos, o exame deve ser realizado todos os anos.

Conforme critério médico, os exames periódicos podem ter seus períodos alterados e também podem ser solicitados exames complementares.

Exames de retorno ao trabalho

São exames para funcionários que estiveram ausentes por mais de 30 dias, tanto por motivos de doença ocupacional ou não, como por licença-maternidade.

Servem para comprovar a aptidão para retorno de suas funções.

Exames de mudança de função

São os exames que deverão ser realizados quando a nova atividade laboral e/ou novo local puder expor o empregado a riscos distintos do que aqueles que estavam previstos na função anterior.

Exame demissional

O exame demissional é feito de forma obrigatória, até a data de homologação de desligamento do funcionário com aquela empresa.

Este exame serve para demonstrar a diferença de qualidade de saúde da entrada e saída do trabalhador, de modo que seja possível evidenciar se ocorreu algum dano no tempo em que ele esteve naquela organização.

medicina do trabalho o que faz

Formação e salário

Para trabalhar como médico do trabalho, você precisar, em primeiro lugar, graduar-se em Medicina, que tem duração média de seis anos.

Depois disso, precisará concluir a Residência Médica que se especialize nessa área.

A Medicina do Trabalho tem atratividade em termos salariais, na quala remuneração pode variar de R$1.100,00 a R$32.600,00, dependendo do local de trabalho, da qualificação e da experiência do profissional. Geralmente, a média salarial permanece em R$11.600,00 mensais.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply