Infecção intestinal – Sintomas, Remédios, Receitas caseiras e Principais tratamentos

A gastroenterite aguda é popularmente conhecida como infecção intestinal é causada por vírus ou bactérias. O principal sintoma dessa doença é a diarreia, que, caso o tratamento não seja realizado corretamente, pode levar à morte. Esse tipo de infecção impossibilita que o organismo digira corretamente os nutrientes que precisa para sobreviver. Quanto mais avança, mais células intestinas são afetadas, piorando o caso do paciente.

O tratamento é feito a base de remédios específicos e mudanças de hábitos alimentares a ser recomendadas por um médico especialista. O diagnóstico é feito pela análise dos sintomas e confirmado mediante exames de imagem, principalmente a colonoscopia.

O que é infecção intestinal

Existem dois tipos de infecção intestinal ou gastroenterites: viral e bacteriana. Na primeira, o vírus afeta diretamente as células intestinais, causando uma infecção intensa. O processo geralmente, dura, em média, até 4 dias. No caso da segunda, o paciente ainda sofre com ulceração e abscessos na mucosa, o que também gera uma grande inflamação, podendo durar entre 7 a 45 dias, se não tratada adequadamente.

Seja qual for o tipo, a doença impede a digestão dos carboidratos e a absorção dos nutrientes. O corpo também não consegue absorver a água ingerida, causando e piorando a desidratação.

A contaminação acontece pela via fecal-oral, ou seja, após a ingestão de alimentos ou água infectados. Em alguns casos, os sintomas podem surgir uma hora depois de comer algo com o vírus ou a bactéria.

infecção intestinal

Sintomas

O sintoma mais claro e conhecido da infecção intestinal é a diarreia. Mas além disso, deve-se atentar a outros sinais, que indicam a gastroenterite:

  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Perda de apetite;
  • Cansaço;
  • Fraqueza;
  • Dor de cabeça;
  • Mal-estar;
  • Febre;
  • Dores abdominais e no corpo;
  • Sinais de desidratação;
  • Sede;
  • Baixa capacidade de ingerir água;
  • Urina poucas vezes por dia;
  • Perda de peso rápida;
  • Taquicardia;
  • Pele pegajosa;
  • Diarreia intensa com vômito.

Se sentir esses sintomas, procure imediatamente um médico. Quando antes iniciar o tratamento, mais rápida será a recuperação. A infecção bacteriana ainda pode causar a diarreia com sangue.

Tratamento da gastroenterite

O tratamento consiste em ajudar a controlar os sintomas, principalmente a desidratação, já que o paciente tem dificuldades de ingerir e absorver água. Muitas vezes, o paciente deverá receber hidratação por via intravenosa ou vias orais, como medicamentos ou soro caseiro.

A melhor maneira de evitar a contaminação é a higiene. Lavar muito bem as mãos após ir ao banheiro e sempre que voltar da rua são atitudes corretas e que devem ser feitas regularmente. A vacina rotavírus, aplicada em bebês de até 6 meses, também ajuda a evitar o problema.

Durante a infecção, o cardápio do paciente deverá ser reavaliado, afinal, o organismo está sofrendo e tem sérias dificuldades de absorver os nutrientes necessários para sua sobrevivência.

Remédios

O médico ainda poderá receitar outros medicamentos, a fim de amenizar os sintomas, como os antieméticos, antitérmicos e analgésicos. Os probióticos também podem ser usados para amenizar os sintomas, sendo que a infecção bacteriana necessita de antibióticos, principalmente se não aparentar melhoras em poucos dias.

dieta para intestino inflamado

Alimentos proibidos – O que não comer?

Uma série de alimentos precisa ser evitada, para ajudar no tratamento da infecção intestinal. Quem possui o problema com recorrência tem ainda a recomendação de manter a exclusão de determinados alimentos como uma das etapas da dieta para infecção intestinal:

  • Café;
  • Saladas;
  • Álcool;
  • Gordura;
  • Fritura;
  • Carne vermelha e com gordura;
  • Queijos amarelos;
  • Alimentos processados;
  • Repolho;
  • Ovo;
  • Feijão;
  • Milho;
  • Ervilha;
  • Açúcar em excesso;
  • Adoçantes com sorbitol.

Evite frutas e legumes com casca,mesmo em sopas e caldos, pois ela contém muitas fibras, que podem agravar o quadro de diarreia. Além disso, é preciso optar por alimentos que ajudam a hidratar e que contenham água.

A banana e a maçã podem controlar os sintomas. Inclua itens como água de coco ou bebidas isotônicas, além de água em abundância.

O que comer?

Prefira alimentos de fácil digestão, como arroz branco, macarrão e carnes brancas. Para temperar, use pouco tempero. Sucos naturais de fruta e chás são permitidos e recomendados, no entanto, nada que contenha cafeína, isso porque ela poderá agravar a situação.

Também, é permitido ingerir bolachas sem recheio, como as água e sal e cream cracker, com chá, pão branco com geleia de frutas ou ricota (ou outro queijo branco com pouca gordura) e iogurtes naturais.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply