HPV – Tire suas dúvidas

Conhecido como HPV, o Vírus do Papiloma Humano é um grupo de mais de 100 vírus relacionados que são capazes de promover riscos à saúde da mulher e também dos homens. Cada tipo de HPV tende a ser reconhecido com um número específico e entre os seus efeitos ocorre a possibilidade de desenvolvimento das verrugas e lesões, que futuramente são responsáveis pelo surgimento de doenças como o câncer do ânus, garganta e outros.

Os sintomas do HPV são basicamente o surgimento de verrugas pelo corpo, além de lesões que coçam pela pele. Os médicos afirmam que essas lesões costumam surgir com frequência na região genital de ambos os sexos, além de outros locais do corpo como os pés, a garganta e o ânus. O ideal seriam todos se manterem protegidos, usando camisinha ao ter relação sexual ou no caso optar pela vacina. Confira os detalhes sobre o HPV e tire suas dúvidas.

medico-adolescente-adolescente-doenca-adolescente-doente-medico-jovem-medico-computador-1351784038884_615x300

O HPV ganhou mais atenção das pessoas após uma série de campanhas que o Ministério da Saúde brasileiro começou a investir. Os vírus do HPV atingem ambos os sexos, porém nas mulheres os danos causados tendem a serem  maiores e inclusive mais frequentes, justamente por isso a preocupação é maior na contaminação da mulher, com foco nos adolescentes.

Essa preocupação aumentou como uma espécie de reflexo da ascensão da doença diante da curva de crescimento da doença entre adolescentes. Os contágios do HPV podem ocorrer de diferentes maneiras e principalmente, a partir das relações sexuais. Como as meninas têm iniciado sua vida sexual um pouco mais cedo, o contágio do HPV se tornou mais comum e deve ser evitado.

A transmissão de vírus do HPV pode acontecer a partir do contato direto da pessoa com a pele ou mucosa que esteja infectada. Os médicos afirmam que cerca de 95% do contágio do HPV por homens e mulheres, podem ocorrer através da relação sexual sem proteção. Além disso, os 5% restantes, ocorrem pelo contato da pele com locais contaminados e que tiveram a secreção com o vírus vivo, como objetos de uso pessoal, toalhas, roupas e outros.

Como evitar e quais são os tratamentos do HPV

Para evitar a transmissão do vírus do HPV à pessoa pode se proteger nas relações sexuais usando métodos contraceptivos, como camisinha masculina ou feminina ou com auxílio de uma vacina desenvolvida para evitar a contaminação. Existem o total de duas vacinas, a quadrivalente e bivalente. Essas vacinas estão disponíveis para pré-adolescentes a partir dos nove anos de idade. Mulheres e homens também podem solicitar a vacina do HPV nos postos de saúde.

Torna-se importante procurar pelo auxílio quando é diagnosticado o surgimento de verrugas ou lesões na pele e inicia-se assim o tratamento ideal para a cura do HPV. O tratamento pode acontecer através de diferentes maneiras com o uso de cremes e ácidos. Essa opção atende lesões pequenas e por isso se mostra útil o uso dos cremes. Além disso, é possível usar cremes imunoterápicos para tratar as lesões por mais tempo.

HPV-Prevenção

Outra opção seria a retirada da lesão por meio da cauterização a laser. Nesse método o feixe de luz será direcionado à lesão, ocasionando a queima e a eliminação dos seus vestígios. Os médicos afirmam que o tratamento também pode ser feito através de crioterapia com gelo seco e inclusive com ácidos para cauterização comum ou inclusive radiofrequência. A cura do HPV também pode ser feita através de medicamentos como Efurix e Ixium.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votes, average: 3,60 out of 5)
Loading...