Hipertrofia Muscular – O que é? Como conseguir? E os treinos mais indicados para ficar musculoso

A hipertrofia muscular é o aumento do tamanho dos músculos – uma combinação de treino, descanso, alimentação, genética e hormônios. Por acaso você consegue citar uma ou mais razões pelo qual a hipertrofia muscular é vantajosa?

São tantos os benefícios quando você decide trabalhar para auxiliar o crescimento dos seus músculos. Por exemplo:

  • Elimina a gordura corporal,
  • Aumenta a disposição física,
  • Melhora a circulação sanguínea,
  • Protege as articulações,
  • Aumenta a resistência cardiorrespiratória.

E claro: a aparência física melhora significativamente com a hipertrofia muscular.

Como conquistar a hipertrofia muscular?

Muitos fatores influenciam na conquista, afinal a decisão sobre qual é o melhor treino para essa finalidade também é afetada por estes elementos.

Procure analisar estes pontos antes de entender quais exercícios e atitudes você deve tomar para alcançar a hipertrofia muscular que tanto deseja:

  1. Nível de treinamento,
  2. Frequência de treinamento,
  3. Divisão de treinamento,
  4. Número de exercícios desse treinamento,
  5. Exercícios (movimentos) corretos,
  6. Organização dos exercícios,
  7. Número de séries,
  8. Número de repetições,
  9. Intensidade das séries,
  10. Velocidade das séries.

O desenvolvimento de um bom trabalho de hipertrofia muscular vai depender do seu nível atual de treinamento – esse é o primeiro e mais importante fator, afinal se você é iniciante não terá a mesma capacidade física de um praticante avançado.

Exercícios e dicas de treino para hipertrofia

A hipertrofia muscular pode ser conquistada por meio de exercícios resistidos. Entretanto a melhor escolha ainda permanece com a musculação – esta permite que você tenha um controle da carga e garante maior segurança ao trabalhar com os equipamentos.

Muitas pessoas que não são adeptas da musculação podem ficar contentes: exercícios que utilizam o próprio peso do corpo também oferecem resultados hipertróficos.

São exemplos claros o Pilates, o treinamento suspenso e o treino funcional. Só tem um porém: ao contrário da musculação, você não tem como aumentar a carga do exercício.

Você ainda pode ter em mente que cada parte muscular do corpo pede por exercícios básicos de hipertrofia. Veja só estes exemplos:

  • Ombros: elevação lateral e elevação frontal alternada.
  • Pernas: cadeira extensora e cadeira flexora.
  • Dorso: remada sentada e barra fixa.

A melhor frequência de treinamento para hipertrofia – abordando a musculação – irá depender do seu nível de treinamento (o que foi abordado anteriormente). Na tabela abaixo repare o que é recomendado no nível em que você se encontra:

  • Iniciantes: duas a três vezes por semana.
  • Intermediários (para quem já pratica a mais de seis meses): três a cinco vezes por semana.
  • Avançados (para quem já pratica ha mais de um ano): cinco a sete vezes por semana.

Além do esforço no treinamento correto para a hipertrofia muscular, você precisa garantir uma alimentação saudável e equilibrada.

Por isso várias atitudes suas podem impactar nos seus músculos e o modo como eles aumentarão e chegarão ao tamanho que você deseja. Saiba agora!

O que mais devo fazer para ficar musculoso?

O modo como você se dedica aos treinos tem sua parcela de importância na eficácia de qualquer atividade. A desculpa de que o “treino não funcionou” talvez queira dizer que “você não se dedicou o suficiente”. Tenha isso em mente: a dedicação é fundamental para a hipertrofia muscular.

A alimentação realmente pode provocar bons ou maus resultados, lembre-se de ingerir uma quantidade adequada de alimentos ricos em proteínas. E não adianta substituir os alimentos pelos suplementos – resultados consistentes virão com uma dieta saudável.

O melhor que você pode fazer é procurar um nutricionista para que ele crie uma abordagem própria para seu organismo, afinal ele poderá exigir uma dieta específica conforme suas necessidades e intenções para com a hipertrofia muscular.

Sabe qual é o outro fator fundamental para a hipertrofia muscular?

O ato de descansar.

Na academia o seu corpo trabalha e se sente totalmente “destruído”. Os seus músculos precisarão se recuperar através do fornecimento de calorias e nutrientes, de modo que eles se tornem maiores e mais fortes.

É no momento do sono que esse processo acontece – há a reorganização do corpo. São indicadas 8 horas de sono para os melhores resultados.

O ideal é que você conte com a ajuda de um treinador, principalmente para iniciar o processo de hipertrofia muscular. Com a ajuda de um profissional capacitado, você terá menos riscos de sofrer lesões e de desistir de alcançar os músculos, bem como será ele que corrigirá quaisquer erros que, inevitavelmente, surgirem.

Suas individualidades podem alterar alguns aspectos no treino de hipertrofia muscular, afinal esse é um tema muito complexo. Porém hoje você teve uma perspectiva simples de como o aumento dos músculos pode ser possível e como você deve agir para chegar nesse objetivo!

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (16 votes, average: 4,38 out of 5)
Loading...