Herpes – tipos, causas, todas as informações [GUIA COMPLETO]

O herpes é caracterizado como vírus, chamado de HSV, ele pode ser dividido em dois tipos: o primeiro chamado de “Tipo 1” é basicamente o que se associa às lesões orais, mais conhecido como o herpes labial. O segundo, chamado de “Tipo 2” é aquele de um total de 80 a 90% das lesões genitais, mais conhecida como a herpes genital. Em ambos os casos não existe cura, apenas tratamentos.

Em dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a herpes zoster tem se tornado cada vez mais comum na vida dos brasileiros. Os dados apontam que a doença atinge o total de 90% dos brasileiros, destes somente 10% conseguem criar imunidade necessária para que o vírus permaneça adormecido de maneira natural, sem causar grandes danos ao organismo.

Confira aqui detalhes sobre a infecção dessa doença sexualmente transmissível e faça seu diagnóstico da herpes com base em informações oficiais.

Herpes-2

Muitas pessoas desenvolvem ao longo da vida herpes de diferentes tipos e sintomas. Segundo os médicos, as causas principais da contaminação ocorrem através do contato direto de uma pessoa com alguma outra que possua os vírus que sejam do Tipo 1 ou Tipo 2, mesmo quando não existe lesão ativa pelo corpo.

Além disso, também existe uma possibilidade de ser infectado a partir do contato com objetos, como copos ou talheres, os médicos afirmam ser menos comum.

Entre os tipos de herpes, labial e genital são os que mais se destacam, e no caso podem ser transmitidos através de ambos os vírus HSV 1 e HSV 2. O herpes labial seria caracterizado como uma infecção que atinge a região do lábio além da boca e gengivas.

O vírus simples da herpes oral ou herpes zóster afeta o sistema imunológico, independente dos tipos de vírus, a infecção da herpes pode acontecer na infância pela primeira vez e assim ser repassada. Fique atento aos sinais e sintomas caso ache que está a pegar herpes, existem vários medicamentos antivirais que podem ser usados em geral, veja mais aqui.

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Herpes

Sintomas do herpes

Herpes Labial

Esse tipo de doença é considerada o tipo de herpes simples. Ela pode ser causada por contato direto com pessoas que já estavam contaminadas, por meio de beijos ou então sexo oral. Esse tipo é o mais fácil de ser tratado e se diagnosticado com antecedência pode ter cura. Os principais sintomas são:

  • Erupções nos lábios;
  • Bolhas avermelhadas;
  • Lesões na boca;
  • Crostas amarelas que coçam;
  • Desconforto na região;
  • Dor de garganta.

Oral herpes é um dos principais sintomas demonstrados pelo vírus, porém também pode aparecer em outros locais quando causada pelo vírus, facilmente confundida com doenças de pele, a herpes pode passar despercebida. Isso porque ela pode aparecer como uma ferida simples de herpes, principalmente em casos de estresse ou exposição ao sol.

Ele costuma afetar as terminações nervosas do corpo e pode estar apenas em fase de dormência, o que quando está ativo, causa pequenas bolhas, o que traz a tona o risco de contágio mais fácil, é quando pode ser transmitido e se pega com o contato no local.

Herpes Genital

O herpes genital é uma doença sexualmente transmissível. Ela pode ser facilmente prevenida com uso de preservativos, no entanto, é preciso tomar bastante cuidado com o sexo oral, ele pode causar a herpes labial. Quando o vírus fica presente nos órgãos genitais causam muito desconforto, caracterizado por:

Esse tipo da doença costuma atacar mais as mulheres, devido a maior exposição de mucosa na vagina. Esse é um dos principais fatores de risco do que é herpes, ele é vírus e é facilmente visto pelos seus sintomas em sua infecção.

O tratamento não é muito difícil, mas pode levar tempo até o diagnóstico e tratamento, ainda mais se você ignora os sinais do seu corpo.

Herpes Zoster

O herpes zoster é a infecção viral que acomete qualquer parte do corpo. Ela é causada principalmente pelo contato com pessoas contaminadas. Apesar de não ser uma doença grave, ela pode acarretar problemas de movimentação e desconforto no membro acometido. A vacina previne a infecção, no entanto, após a contaminação não tem efeitos. Identificar os sintomas é importante para dar inicio ao tratamento rapidamente:

  • Manchas vermelhas pelo corpo;
  • Calafrios;
  • Desconforto gastro-intestinal;
  • Cócegas e coceira em regiões do corpo;
  • Aparecimento de bolhas esbranquiçadas ou amareladas;
  • Dores de cabeça;
  • Febre;
  • Mal estar.

Esse tipo pode ser considerado um herpes simples e que atinge muitas pessoas. Assim que o herpes labial se desenvolve ele pode causar bolhas pequenas e bem doloridas na região da boca.

No caso da herpes genital pode se dizer que ela é causada a partir da transmissão dos vírus HSV 1 e HSV 2. Geralmente esse tipo é transmitido principalmente através de relações sexuais sem o uso de proteções, mesmo quando não existem lesões com vírus ativo.

Os médicos afirmam que a herpes genital seria uma das doenças sexualmente transmissíveis mais comuns, o que  só frisa mais a necessidade de se prevenir e ficar atento aos primeiros sintomas.

Os tratamentos para os tipos de herpes

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Herpes

Ao se deparar com lesões distintas é interessante consultar a opinião de um médico para que se tenha um diagnóstico correto. Caso seja herpes, o tratamento pode ocorrer de maneira imediata, evitando que essa doença prejudique ainda mais as regiões afetadas.

Não é recomendado o uso de remédios para o tratamento dessa doença por conta da grande quantidade de efeitos colaterais. Como a herpes é uma doença que não tem cura e sim tratamento a sobrecarga de antivirais e  anti-inflamatórios serve para danificar o funcionamento dos rins e fígado.

Além disso, manter o corpo protegido com o vírus adormecido pode custar caro em remédios. Quem mais ganha com isso é a indústria farmacêutica. O tratamento natural é o mais indicado para ficar longe de perigo e aprender a lidar com essa doença sem mesmo que ela apareça na pele.

Herpes-1

Quando não tratada adequadamente as lesões do herpes na pele podem aparecer novamente, os remédios só fazem desaparecer aquilo que o mau hábito de higiene fez surgiu. O ideal é manter práticas simples de limpeza e tratamento nas regiões em que há o surgimento, sem necessidade de sobrecarregar o organismo com efeitos colaterais severos de antiviral, antibióticos e pomadas que não garantem o alívio permanente.

Para quem quer soluções definitivas para o herpes sem precisar ficar refém de efeitos colaterais de remédios, como Zopen,  Aciclovir e Penvir, tem gente que já criou metodologias efetivas no tratamento da doença. A Alessandra Soares criou um livro com o passo a passo completo de como tratar o herpes tipo 1 e 2 de forma completamente natural, são práticas caseiras testadas cientificamente e que t~em mais efeitos que substâncias químicas.

Com práticas simples de higiene, nutrição, hidratação da pele e manutenção da saúde ela explica como fez milhares de pessoas se libertarem de remédios para tratar o herpes sem gastar nada. Os seus sintomas e tratamento são feitos diariamente, estima-se.

O método está se expandindo e ganhando seguidores nos últimos meses, principalmente ao fácil acesso econômico e a possibilidade de tirar o peso da doença das costas; aprendendo a ter relações sexuais seguras e evitar para sempre as consequências da infecção do vírus, como a contração de doenças sérias, exemplo, o vírus HIV (Aids) ou meningite – ambos com potencial letal.

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Herpes

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (111 votes, average: 4,22 out of 5)
Loading...