Hérnia inguinal – Sintomas, Fotos e o passo a passo da Cirurgia

Você já ouviu falar sobre a hérnia inguinal? Esta é uma complicação de saúde que se define como a protrusão, isto é, o deslocamento de uma alça do intestino por meio de um orifício originado na parede abdominal na região da virilha.

Podendo acometer tanto homens como mulheres, a hérnia inguinal pode não ser conhecida por todas as pessoas, mas ela atinge, pelo menos, 15% da população, conforme dados da American Hernia Society.

Conheça mais sobre esse problema agora!

Quais os sintomas da hérnia inguinal?

A região inguinal, nos homens, localiza-se entre o pênis e a ossatura da bacia, enquanto que para as mulheres, essa região fica entre a vulva e o osso da bacia.

Desse modo, independentemente do gênero, a região inguinal é restrita de ambos os lados e, de modo infeliz, esse problema pode ocorrer de maneira bilateral ou unilateral.

Como primeiro sintoma da hérnia inguinal temos justamente o lembrete básico da etimologia do termo “hérnia”, que quer dizer “botão, ruptura”. Quem está com problema de hérnia inguinal sente um nódulo ou abaulamento (como um caroço) na região da virilha.

Além disso, pode-se sentir:

  • Dor na região abdominal;
  • Desconforto ao levantar-se;
  • Desconforto aopraticar alguma atividade física;

As hérnias inguinais produzem esses sintomas, que são tidos como leves. Porém, há a piora significativa do caso se houver uma estrangulação ou encarceração do conteúdo abdominal que entrou pelo orifício presente na parede do abdômen. Nesses casos, uma alça do intestino pode, por exemplo, acabar necrosando dentro da abertura.

hernia iningual sintomas

Tratamento da hérnia inguinal

O diagnóstico de hérnia inguinal acontece pela simples análise física e com o histórico clínico do paciente.

A cirurgia é tida como o único tratamento eficaz para as hérnias inguinais, principalmente quando a doença está em fase precoce, pois o paciente se beneficia de diversas formas e diminui a chance de maiores complicações futuras.

O procedimento cirúrgico tem como objetivo reintroduzir o conteúdo intestinal na cavidade do abdômen, de preferência sem abrir o peritônio, e fechar o defeito que causou a hérnia inguinal.

A cirurgia para hérnia inguinal pode ser realizada por um corte (cirurgia aberta) ou por laparoscopia.

Passo a passo da cirurgia de hérnia inguinal

A técnica por corte ou incisão para esse procedimento é a mais convencional, pois oferece uma visualização direta da cavidade abdominal.

Veja como é o passo a passo dessa cirurgia:

  1. O paciente recebe anestesia local ou peridural;
  2. É feito um corte na região inguinal do paciente (geralmente de 10 centímetros).

O tamanho do corte dependerá de alguns fatores, por exemplo, se a hérnia for unilateral ou bilateral – caso ocorrer dos dois lados, é necessário que se faça um corte de cada lado;

  1. Ao localizar a hérnia, o médico cirurgião irá empurrá-la para dentro do abdômen para que seja possível fechar com pontos a abertura da parede abdominal;
  2. É colocada uma tela – feita de polipropileno – para reforçar a parede abdominal e reduzir as chances de recidiva da hérnia.A tela tem elevada resistência e dificilmente será rejeitada pelo organismo.Em crianças, a tela não é colocada;
  3. Após, faz-se a sutura dos cortes.Já com a cirurgia via laparoscópica
  4. O paciente recebe anestesia geral;
  5. É realizado um pequeno furo próximo ao umbigo para que o laparoscópio seja inserido por meio de uma cânula. É com esse instrumento que o médico cirurgião visualizará a hérnia,

Outras incisões poderão ser realizadas para a colocação de mais cânulas pequenas, para que seja possível a inserção dos instrumentos adequados para a correção da hérnia inguinal;

  • Através de uma dessas cânulas, o cirurgião realiza o seu trabalho, colocando a tela na parede que está comprometida, fixando-a com instrumentos especiais à parede abdominal;
  • Sutura-se os pequenos cortes.

A diferença do método convencional para a técnica laparoscópica é o tempo de internação, já que a cirurgia por laparoscopia exige anestesia geral. Essa última ainda pode ser indolor se comparada com a cirurgia aberta, porém o material laparoscópico é dispendioso.

hernia iningual

Pós-cirurgia de hérnia inguinal

Em geral, recomenda-se que o paciente evite a realização de atividades pesadas. É normal necessitar de analgésicos, especialmente quando a cirurgia aconteceu por incisões, bem como o desconforto que pode partir do leve ao moderado.

Caso você desenvolva algum sintoma abaixo é imprescindível que entre em contato com seu médico:

  • Febre acima de 38,6 °C e persistente;
  • Sangramentos;
  • Inchaço volumoso;
  • Dor que não melhora mesmo com as medicações;
  • Calafrios;
  • Tosse persistente ou falta de ar;
  • Náuseas ou vômitos constantes;
  • Drenagem de secreção pelas incisões;
  • Vermelhidão ao redor das incisões.

Se o paciente não toma a atitude de fazer a cirurgia de hérnia inguinal com rapidez, há risco de as complicações piorarem e provocarem a morte.

Por isso, o procedimento cirúrgico vale a pena ser feito, embora ninguém goste de operar, no entanto a hérnia inguinal não se cura sozinha.

O procedimento cirúrgico para hérnia inguinal está disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde. Em clínicas particulares, o valor de uma cirurgia desse porte, contando com anestesia e atendimento ambulatorial, pode variar de R$ 4.000,00 a R$ 20.000,00.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply