Ginecologia e obstetrícia – Conheça esse profissional e saiba quando procurar um

Ginecologia e obstetrícia é uma especialidade médica que cuida especificamente da saúde da mulher. A ginecologia atua nas fases da adolescência, adulta e na terceira idade, enquanto a obstetrícia trabalha junto a grávidas.

Campo de estudo e atuação

A ginecologia tem como foco a preservação da saúde do aparelho reprodutor feminino. Por isso, os ginecologistas identificam e tratam doenças associadas ao útero, vagina, vulva, trompas, ovários e mamas.

O profissional da área também atua na orientação de pacientes sobre DSTs e métodos contraceptivos, ajudando a paciente a escolher aquele que seja adequado ao seu organismo e necessidade.

Já a obstetrícia tem seu campo de atuação voltado a mulheres grávidas ou que desejam engravidar, realizando análises de seu aparelho reprodutivo para identificar eventuais impedimentos à gravidez.

O obstetra é o profissional responsável por acompanhar a grávida durante toda a gestação, verificando e tratando complicações. Além disso, ele também realiza o parto.

obstetrícia grávidas

Exames e procedimentos mais comuns

O ginecologista e obstetra costuma realizar alguns exames e procedimentos que são considerados rotinas e ajudam a diagnosticar doenças associadas à saúde sexual e reprodutiva feminina, tais como:

Toque vaginal

Consiste na introdução de dois dedos na vagina com uma das mãos e a outra é utilizada para apalpar o abdômen. Este é um procedimento que permite examinar o útero, ovários e trompas, identificando eventuais anomalias.

Papanicolau

Feito em laboratório com material colhido no colo do útero, possibilitando diagnosticar inflamações, HPV, displasias e câncer de colo do útero.

Colposcopia

Exame realizado utilizando um colposcópio, que consegue aumentar de 10 a 40 vezes o tamanho da vagina e do colo do útero, o que permite melhor visualização e diagnósticos de doenças.

Ultrassonografia transvaginal

Realizada para identificar anomalias na estrutura do aparelho reprodutivo. É comum no diagnóstico de doenças como câncer, ovário policístico e endometriose.

Vulvoscopia

Corresponde ao exame da vulva, feito por mulheres que tiveram resultado anormal no Papanicolau. O procedimento é indicado para identificar vulvovaginite ou vaginite.

ginecologista quando procurar

Exames clínicos

Feitos com coleta de sangue em laboratório, têm como finalidade a averiguação das taxas de nutrientes no organismo da paciente, inclusive de hormônios, para verificar se há desequilíbrios.

Mamografia

Indicado para mulheres a partir de 35 anos ou que tenham alguma formação anormal na área mamária. Permite identificar o câncer de mama.

Ultrassonografias intravaginal, da translucência nucal e morfológica

São recomendadas pelo obstetra para acompanhamento do desenvolvimento do feto. A ultrassonografia morfológica, em especial, ajuda a visualizar o sexo do bebê.

Quanto ganha, em média, um profissional desta área

O ganho de um ginecologista obstetra varia de acordo com a quantidade de atendimentos e partos realizados. De maneira geral, o salário mensal de um profissional da área varia de R$7 mil a R$10 mil.

Importante lembrar que partos costumam ter remuneração elevada e o profissional recebe por cada um feito. Portanto, quanto maior a quantidade de partos, maior o ganho mensal.

Vale citar que somente profissionais autorizados pelo Conselho de Medicina podem exercer a profissão. É preciso ter diploma em medicina, especialização/residência em ginecologia e obstetrícia e registro no Conselho.

ginecologista

Quando procurar um ginecologista obstetra

Há alguns momentos em que consultar um ginecologista obstetra é fundamental. Mas, quais seriam eles? Conheça-os, a seguir:

  • Início da vida sexual: a partir da primeira relação sexual é importante visitar anualmente o ginecologista, para realizar exames preventivos e receber orientações sobre métodos contraceptivos;
  • Intensa TPM: sofre no período pré-menstrual, tem muita cólica e alterações de humor? O ginecologista pode ajudar a tratar ou amenizar esses sintomas;
  • Alteração no ciclo menstrual: mulheres que enfrentam alterações no ciclo menstrual, especialmente as que estão com a menstruação atrasada, também devem procurar um especialista;
  • Presença de corrimentos: há corrimentos que são normais, geralmente os transparentes e leitosos. Qualquer outro tipo deve ser analisado pelo médico;
  • Anomalias na vagina: inchaços e verrugas devem ser analisadas por um especialista, sempre;
  • Terceira idade: um erro comum é mulheres mais velhas deixarem de ir ao ginecologista, mas elas devem ter acompanhamento contínuo;
  • Gestação: é fundamental ter acompanhamento do obstetra e realizar todos os exames para garantir a saúde da mãe e do bebê que está se desenvolvendo. O profissional também ajudará a gestante no parto;
  • Sangramentos e inchaços na gestação: estes são sintomas de ameaça de aborto e doenças como a pré-eclâmpsia, queé um dos principais riscos que as gestantes enfrentam, causando uma elevada taxa de morte. Por isso, ao identificar esses sintomas o melhor é sempre procurar um obstetra, caso ainda não tenha escolhido o seu definitivamente.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply