Foliculite – Entenda as causas e aprenda os tratamentos caseiros para curar

A foliculite é uma inflamação nos folículos pilosos que sustentam o pelo na pele, ela pode ser profunda ou superficial. Ela é acometida principalmente nas pernas, nádegas, na bochecha para quem tem barba e axilas. Ela pode ser causadas por lesões na pele que encravam o pelo e deixam com uma bolha avermelhada, como uma pequenas espinhas que podem doer e coçar.

As principais causas da foliculite são a depilação, na maioria entre mulheres, efeitos de cirurgias e barbeadores, entre os homens. Algumas técnicas podem ajudar a aliviar os sintomas e diminuir os pelos encravados que deixam com um aspecto ruim na área afetada.

causas da foliculite

Causas da foliculite

A foliculite é causada por uma infecção viral, bacteriana ou fúngica que se estabelece nos folículos capilares do couro cabeludo ou da pele como um todo. A espécie mais comum de infecção é a Staphylococcus aureus. Quando se estabelece em organismos com sistema imunológico deficiente, pode se espalhar para outras áreas do corpo.

As bolhas podem conter ou não pus, ficam com a pele avermelhada no entorno e quando se rompem podem causar coceira ou sensibilidade. A área pode ficar dolorida, causar cicatrizes ou ainda a destruição do folículo piloso que, no caso do couro cabeludo, gera a queda de cabelo.

As causas mais comuns dessa infecção são:

  • Lesões na pele ao se barbear;
  • Atrito provocado por coceira ou alergias;
  • Transpiração excessiva, pois o acúmulo de suor deixa o folículo em contato com bactérias;
  • Escoriações ou feridas cirúrgicas;
  • Lesões no couro cabeludo por conta de tratamentos químicos ou atrito;
  • Curativos de plástico que não permitem a transpiração da pele;
  • Depilação feita com cera e principalmente com lâminas.
    causas da foliculite

A inflamação tem mais chances de acontecer em pessoas com problemas hormonais, sistema imunológico deficiente, que estão fazendo tratamento com antibiótico, têm oleosidade excessiva na pele, se expõem muito a água quente ou que tenha acne.

Áreas de infecção mais comuns:

  • foliculiteNa barba;
  • Couro cabeludo;
  • Nádegas;
  • Pernas;
  • Virilhas;
  • Braços;

Tratamento

O tratamento da foliculite não é difícil e pode ser facilmente feito com produtos naturais em casa. Recomenda-se tomar banho em água morna, evitar água muito quente na região, controlar a oleosidade da pele e, depois de esterilizada, passar loção anti-séptico na área afetada. Isso também é uma forma de prevenir que novos pelos encravem.

Para minimizar os sintomas recomenda-se utilizar uma loção para ressecar a pele, mesmo produto utilizado por pessoas com acne. Deve-se evitar estourar as bolhas para impedir que se forme cicatrizes.

No caso do couro cabeludo, recomenda-se shampoo antifúngicos como o Cetoconazol ou aplicação de antibióticos utópicos. O tratamento pode ser prolongado por vários meses.

Quando as partes afetadas são nádegas, pernas e virilhas deve-se evitar ao máximo a depilação com cera ou raspar com lâminas. Isso irá prejudicar a área atingida e fazer com que mais pelos encravem. Para resolver o problema  pode-se fazer tratamento de depilação a laser, aplicar cremes e pomadas para coceira e cicatrização.

tratamento para foliculite

Colocar compressas de água morna e usar sabão neutro na área do banho ajuda muito no momento do tratamento. Se mesmo após as técnicas caseiras, não melhorar dentro de 2 semanas, procure um dermatologista para te orientar a melhor forma de tratamento. Dependendo da gravidade da infecção pode ser necessário uso de medicamentos via oral.

Prevenção

  • Não utilize barbeador elétrico;
  • Não depilar com cera ou lâminas;
  • Não espremer os pelos encravados, isso pode ajudar na destruição do folículo piloso;
  • Não coçar;
  • Em caso de lesão cirúrgica, lave com sabão neutro e não use antibióticos;
  • Tome banho com sabão neutro após frequentar praias, piscinas, spa, saunas ou outros locais;
  • Não permaneça muito tempo com roupas molhadas ou apertadas;
  • Prefira tecidos de algodão, principalmente cuecas ou calcinhas.

Manter uma rotina saudável, com alimentação rica em vitamina C e nutrientes faz com que o seu corpo fique mais forte para se defender contra pequenas inflamações, o que torna o tempo de cura mais rápido.

Muitas vezes mudar a forma de depilação e utilizar métodos menos agressivos à pele é o fator fundamental para que a foliculite nunca mais apareça e prejudique sua aparência e bem estar.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votes, average: 3,75 out of 5)
Loading...