Fluoxetina (Prozac/Daforin) – Efeitos Colaterais, Para que Serve? Bula Completa

A fluoxetina, comercializada também sob os nomes comerciais Prozac e Daforim é um antidepressivo popular e faz parte da classe dos inibidores seletivos da recaptação de seratonina – o hormônio que dá sensação de felicidade ao corpo.

O cloridrato de fluoxetina serve para tratar síndromes, transtornos alimentares, mentais e minimizar os sintomas da ansiedade e depressão. A extensa lista de efeitos colaterais gera polêmica no setor médico e entre os usuários, já que muitos não conseguem levar o uso adiante.

Para que serve fluoxetina – indicações

Este medicamento é vendido somente com prescrição médica e tem uso controlado, ou seja, a receita precisa ser renovada mensalmente para que se possa dar continuidade ao tratamento.

Confira a lista completa de casos em que o uso do composto de fluoxetina é recomendado.

  • Transtorno de ansiedade generalizada;
  • Tratamento da depressão;
  • Ansiedade em geral;
  • Bulimia nervosa;
  • Transtorno obsessivo compulsivo;
  • Transtorno disfórico pré-menstrual;
  • Tensão pré-menstrual;
  • Tratamento do TOC;
  • Irritabilidade;
  • Mal estar causado pela ansiedade (Disforia);
  • Síndrome bipolar;
  • Auxiliar no tratamento psicológico e controle de ansiedade das pessoas com transtornos de peso;
  • Realizar o controle hormonal;
  • Transtornos ligados ao ciclo menstrual;
  • Ajuda a emagrecer por meio do controle de compulsões alimentares;
  • Alivia a dor no nervo ciático.

Como tomar fluoxetina – Posologia

A posologia da fluoxetina varia de acordo com as causa. Para cada transtorno ou doença é recomendada uma dosagem diferente.

A administração, no entanto, é de suspensão oral em forma de comprimidos ou gotas para todos os casos.

Na receita prescrita deverá constar a orientação médica da quantidade de mg diárias a ser utilizada. Existem duas formas de tratamento:

Fluoxetina 20 mg: recomendado para tratar bulimina nervosa, sintomas de depressão com indícios suicidas e transtornos alimentares.

Fluoxetina 10 mg: recomendado para tratar distúrbios como o obsessivo compulsivo, transtornos menstruais e ansiedade.

Veja na tabela abaixo como tomar fluoxetina de acordo com a posologia recomendada na bula oficial:

IndicaçãoDosagemObservações
Depressão20 mg/dia
Bulimia nervosa60 mg/dia
Transtorno obsessivo compulsivo (TOC)20 mg/dia
Transtorno disfórico pré-mestrual20 mg/diaDeve ser administrado regularmente até durante o período menstrual ou uso após 14 dias do primeiro dia de fluxo
Outros tratamentos e terapiasDose média de 20 mg/dia até 40 mg/dia

Não se deve ultrapassar a posologia máxima de 80 mg por dia, pois não há estudos suficientes para indicar quais seriam os efeitos possíveis dessa dosagem, existindo a possibilidade de superdosagem.

Quanto tempo leva para fazer efeito?

fluoxetina emagreceNa maior parte dos casos a fluoxetina leva de 10 a 20 dias para fazer efeito no organismo, desde que o tratamento não seja interrompido.

Em aproximadamente um mês os sinais podem começar a ter as primeiras melhoras.  Ao mesmo tempo, é o momento que mais acontecem efeitos colaterais.

Na medida que o tratamento os resultados passam a ser cada vez mais efetivos e as reações adversas somem gradativamente.

O tratamento sistemático de depressão com risco de suicídio e bulimia nervosa podem demorar mais tempo para terem resultados efetivos e melhorias dos sintomas da ansiedade ou necessidade compulsória pela comida. Esses casos exigem acompanhamento rigoroso por uma equipe médica especializada.

Nestes casos a demora da ação da substância acontece porque, além do fator hormonal e emocional, a mentalidade da pessoa pode demorar para associar as novas sensações do organismo, mantendo uma rotina de autoflagelação como se estivesse preso num ciclo.

Efeitos Colaterais

Como todo medicamento, a fluoxetina tem reações secundárias. É a lista intensa de efeitos adversos graves que faz com que o uso da substância seja polêmico no mundo médico.

Os pacientes não deixam de notar a gravidade dos efeitos colaterais que aparecem sobretudo nas primeiras semanas de tratamento. Muitos largam a substância dentro do primeiro mês por conta da dificuldade de adaptação.

Os que permanecem com o tratamento, por sua vez, tem grande probabilidade de desenvolver algum grau de dependência. Afinal, como a fluoxetina age diretamente no sistema nervoso central acaba por induzir sensações boas ao uso da droga.

Confira a lista completa dos sintomas que o uso de Prozac pode causar, de acordo com a bula oficial:

  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia;
  • Tremores;
  • Redução do apetite;
  • Sonolência intensa;
  • Sensação de cansaço;
  • Insônia;
  • Ansiedade;
  • Suor em excesso (sudorese);
  • Diminuição da libido;
  • Insônia nos primeiros dias de tratamento;
  • Dor de garganta ou tosse;
  • Sinusite;
  • Diminuição da força muscular;
  • Surgimento de estrias roxas;
  • Palpitação;
  • Visão turva;
  • Boca seca;
  • Diminuição de peso
  • Lesões avermelhadas na pele;
  • Vertigem;
  • Disfunção sexual;
  • Lentidão de movimentos e raciocínio;
  • Sonhos anormais (pesadelos);
  • Instabilidade emocional;
  • Urina escura;
  • Alteração dos níveis de açúcar no sangue;
  • Sobrecarga do fígado.

A fluoxetina é o antidepressivo que menos afeta na vida sexual do paciente, assim como o Daforim e Prozac. Drogas mais intensas consideradas como tarja preta podem ter maiores efeitos na vida sexual, principalmente entre os homens onde há perda de sensibilidade do pênis assim como perda de apetite sexual.

Os efeitos colaterais do medicamento podem prejudicar a qualidade de vida do paciente. Caso isso ocorra, consular novamente o médico psiquiatra é a primeira indicação. Em várias situações são trocadas por alternativas de tratamentos diferenciados, inclusive técnicas naturais.

Se aparecerem erupções na pele após o uso da fluoxetina é recomendado que o paciente vá o mais rápido possível ao médico, isso pode indicar uma reação alérgica e deve ser remediada o quanto antes. 

Fluoxetina emagrece?

A fluoxetina não é um remédio para emagrecer. A droga popularizou-se como uma alternativa para perder barriga e emagrecer rápido, mas a verdade é que esta somente faz parte de muitos dos efeitos colaterais do medicamento e não tem garantias nenhuma de que realmente aconteça.

O que faz com que a fluoxetina possa causar a perda de peso é um conjunto de efeitos colaterais (estes podem acontecer ou não, dependendo do organismo do usuário). A mudança do paladar, por exemplo, estimula o controle do apetite. Assim como a própria inibição da vontade de comer que, na maioria dos casos, diminui intensamente.

Outro fato que explica a capacidade da fluoxetina para fins de emagrecimento é a própria regulação da seratonina. O paciente ao se sentir mais relaxado e confortável deixa de lado atitudes ansiosas como a compulsão alimentar ou inibindo o inchaço do corporal.

Não é recomendado usar a fluoxetina para emagrecer simplesmente porque não ha nenhuma garantia de que dê certo. Além disso, o medicamento só é vendido sob prescrição médica e tem uma list enorme de efeitos colaterais que podem ser evitados com o uso de remédios indicados para essa função ou mesmo suplementos naturais confiáveis.

Principais remédios para emagrecer:

Alternativas aos remédios para emagrecer

Quem procura técnicas de suspensão oral para ajudar a controlar o peso existem recomendações de suplementos naturais com isenção de efeitos colaterais e de resultados rápidos. Muitos deles simulam de uma forma natural o uso de remédios processados quimicamente. Veja algumas opções:

Quitoplan

O Quitoplan simula os efeitos da sibutramina – remédio para controle da obesidade. O composto feito a base de quitosana e plantas termogênicas evita a absorção de gordura no trato intestinal, na prática garante efeitos rápidos de perda de peso sem efeitos colaterais e nem contraindicações.

Super Slim X

Super Slim X. Esta alternativa é mais recomendada para quem quer evitar as academias e conseguir resultados rápidos. O produto se popularizou por ser tomado pela atriz brasileira Monique Alfradique que em vídeos na internet alega usar da fórmula para reduzir o tempo de treino sem ter efeitos no corpinho. Veja os prós e contras da fórmula:

A fluoxetina é indicado para o emagrecimento?

Não, a fluoxetina, Daforin e Prozac são antidepressivos e o efeito emagrecedor e a visível perda de peso é somente um efeito colateral do tratamento emocional e psicológico objetivados pela medicação.

Para muitas pessoas que já são recomendadas medicamente a fazer uso dessas substâncias a redução de medidas é um ponto positivo do tratamento, ajudando a aumentar a autoestima, melhorar os níveis de estresse e depressão devido ao equilíbrio hormonal.

No entanto, nenhum remédio antidepressivo deve ser tomado somente com o intuito de perda de peso. Isso deve ser conquistado por meio de outras estratégias como suplementos alimentares, planos de exercícios físicos, auxiliares de dietas e reeducação alimentar.

Caso haja recomendação médica para o uso da fluoxetina que inclua a perda de peso, esta deverá também estar associada a mudança de hábitos do paciente com terapia alternativa, prática regular de atividades físicas e mudança dos hábitos alimentares.

Parar o tratamento com fluoxetina engorda?

Como um dos efeitos colaterais da administração do remédio é o emagrecimento ao interromper a medicação é possível obter ganho de peso. Essa condição, para que não se torne problemática, deve ser controlada com auxilio de práticas de atividades físicas e consumo de outras substâncias que ajudam a controlar os níveis hormonais, controladores de apetite ou com poder termogênico (aumentar a velocidade do metabolismo).

Como funciona a substância no organismo?

fluoxetinaComo qualquer outro antidepressivo, a fluoxetina atua na recaptação da serotonina no nosso organismo.

Sendo um neurotransmissor, a serotonina está diretamente ligada na comunicação entre os neurônios, agindo diretamente sobre a regulamentação do humor, emoções, sono e apetite.

Quando uma pessoa tem níveis reduzidos de serotonina no sistema nervoso central, isso gera uma possível depressão, mudança no comportamento, problemas no sono, indisposição e também no apetite.

Essa quantidade que geralmente está disponibilizada para os neurônios, varia de acordo com quanto é produzido e removido pelo cérebro. Os antidepressivos atuam diretamente na diminuição do processo de remoção da serotonina, e como consequência a pessoa tem mais tempo de felicidade.

Muitos relatos dizem que a fluoxetina ajuda no emagrecimento, mas na verdade ela diminui a ansiedade o que leva muitas pessoas a comer como escapatória. A fluoxetina nada mais é do que um controle dos maus hábitos alimentares ligados ao stress e ansiedade. Portando se você teve a perda de apetite durante o tratamento, saiba que isso é normal.

Composição

Cada comprimido de fluoxetina geralmente contém 20 miligramas de cloridrato de fluoxetina sendo que os excipientes são amido e silicone. Os medicamentos Daforin e Prozac contêm a mesma composição.

Interações medicamentosas

A fluoxetina não é recomendada para pacientes que estejam em tratamento com qualquer medicamento da classe inibidora de monoaminoxidase.

Geralmente, esses remédios são indicados para tratar distúrbios psiquiátricos. A mistura dos medicamentos pode resultar graves consequências, incluindo falência do fígado.

Caso faça uso dessas substâncias deverá ser administrado um inibidor de monoaminoxidase antes de iniciar o tratamento com fluoxetina. Esse procedimento deve ser feito com o acompanhamento do seu médico.

Também não é recomendado que o tratamento com fluoxetina seja feito simultaneamente com outras drogas que atingem o sistema nervoso central ou então o com serotoningéticas, pois poderá haver desequilíbrio dos níveis hormonais de maneira acentuar os sintomas do paciente.

Pessoas em estágio de depressão severa ou altos estágios de depressão não devem tomar fluoxetina, pois os sintomas podem piorar.

Doses muito abaixo do normal podem ser recomendas, mas geralmente é preferível a administração de outros tipos de antidepressivos ou ansiolíticos. Veja aqui remédios para ansiedade e descubra a lista de medicamentos que podem te ajudar a ter uma vida completamente nova.

Contraindicações

Por ser um antidepressivo, a fluoxetina age diretamente no sistema nervoso central de forma que pode trazer consequências indesejáveis a certo tipo de população. Por isso em hipótese alguma faça uso desse medicamento sem consultar um médico.

Contraindicações

como tomar fluoxetinaAlém disso, deve ser feito o uso com cuidado em pacientes que têm uma série de pré-disposições que a o cloridrato de Fluoxetina aumenta. Confira se você faz parte de uma dessas pessoas, não se esqueça de alertar ao seu médico sobre suas condições:

  • Pacientes com arritmia;
  • Mau funcionamento do fígado;
  • Dificuldades hepáticas;
  • Pessoas com pressão intraocular elevada;
  • Quem tem risco de glaucoma;
  • Pacientes com históricos de convulsões;
  • Diabéticos ou pessoas que precisem controlar o nível de açúcar do sangue.

Em pacientes diabéticos pode haver casos de hipoglicemia (queda no nível de açúcar no sangue) o que pede mais verificações da curva glicêmica e, em alguns casos, diferentes dosagens dos medicamentos ou de insulina. Essas orientações devem ser seguidas à risca de acordo com um médico ou cirurgião.

Durante a suspensão da fluoxetina, interrupção ou finalização do tratamento, pode ocorrer a hiperglicemia (aumento do açúcar no sangue) que pode pedir medidas de segurança. Por isso, diabéticos nunca devem interromper o tratamento sem acompanhamento médico.

Se você se inclui no grupo de pessoas abaixo fique atento, pois seu médico pode recomendar dosagens diferenciadas para o seu caso afim de não afetar outras funções do seu organismo.

prozac fluoxetina

Gestantes e amamentação

A fluoxetina não deve ser utilizada por mulheres grávidas ou amamentando sem consultar um médico ou farmacêutico. Geralmente, as doses são ajustadas ou então podem ser recomendados outros tipos de antidepressivos com menores riscos de efeitos colaterais.

Para crianças

O uso deve ser feito somente para crianças acima dos 7 anos, pois não há estudos que comprovem os efeitos em pacientes que tenham idade inferior a esta. Além disso, as dosagens e efeitos colaterais podem variar para crianças e idosos devendo ser orientada pelo seu médico, observados com maior cautela, além de ter a autorização dos responsáveis para que possa ser comprado nas redes de farmácia.

Posso consumir bebidas alcoólicas durante o tratamento ?

O consumo de bebidas alcoólicas durante o tratamento com não é proibido. Porém os riscos de efeitos colaterais causados pelos remédios tendem a aumentar, por isso é recomendado que evite a administração de quaisquer substâncias psicoativas ou que afetem o sistema nervoso central.

fluoxetina-remédio

 

Onde encontrar e preço

A fluoxetina pode ser encontrada em qualquer rede de farmácia, no entanto só pode ser vendida com receita médica e tem venda proibida para menores de 18 anos.

Nomes comerciais da Fluoxetina

A fluoxetina é vendida nas farmácias sob diferentes nomes comerciais de acordo com os diferentes laboratórios que comercializam a substância conforme as regulamentações da Anvisa. Também há a forma genérica. Saiba quais são os principais nomes:

  • Prozac;
  • Daforin;
  • Deprax;
  • Eufor;
  • Fluxene;
  • Psiquial;
  • Verotina.

O preço pode variar com algumas questões: se é manipulado ou não, dosagem, genérico e quantidade de cápsulas. Geralmente pode ser encontrado por R$ 20 até R$ 40 na maioria das farmácias brasileiras.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (133 votes, average: 4,58 out of 5)
Loading...

Leave a Reply