Dramin – Principais Indicações, Como usar, Para Dormir e Cuidados

Dramin é o nome de um remédio muito popular que serve para prevenir enjoos e náuseas. Geralmente ele é utilizado por pessoas antes de realizarem viagens de navio ou avião, pessoas com labirintite, gestantes em pós-operatórios ou quem sofre de vertigem.

Na rede de farmácias brasileiras é possível encontrar Dramin em duas fórmulas diferentes: a solução liquida ou compacta em comprimidos. Ambas possuem entre seus componentes o dimenidrinato e vitamina B6 (cloridrato de piridoxina).

Independentemente da versão, o medicamento possui as mesmas funções, efeitos colaterais e especificidades. A única coisa que muda é a posologia e excipientes utilizados na fórmula. Confira aqui como tomar o medicamento de forma correta.

Para que serve Dramin?

As principais indicações do Dramin são para prevenir ou tratar casos de enjoo, tontura e vômitos. A medicação pode ser utilizada nos seguintes casos:

 

  1. Durante a gravidez;
  2. Pré-operatório;
  3. Durante tratamento de radioterapia;
  4. Em viagens marítimas, terrestres ou aéreas;
  5. Crises de labirintite;
  6. Pacientes que tenham distúrbios vestibulares;
  7. Profilaxia e tratamento pós-operatório;
  8. Pessoas que sofrem de vertigem;
  9. Cinetose (enjoo de movimento).

Como tomar – Posologia

Normalmente, a medicação é ingerida logo antes ou durante as refeições com ajuda de água para deglutir. Os comprimidos compactos não devem ser mastigados e sim engolidos inteiros.

A posologia correta para adultos é de comprimidos de 100 mg a cada 4 ou 6 horas. No entanto, nunca deve ser excedido 400 mg em 24 horas.

Em determinadas situações, o seu médico pode recomendar quantidades diferentes, de acordo com a sua necessidade. Sempre respeite a administração recomendada e a duração do tratamento não excedendo a dose máxima diária de 400 mg em 24 horas.

Dramin para crianças

Deve-se preferir a administração de Dramin na solução oral em gotas para crianças menores de dois anos, até mesmo para pacientes com mais de 12 anos. A dosagem do medicamento é calculada de acordo com o quilo de peso corporal.

Confira na tabela abaixo a posologia correta para o uso pediátrico de Dramin.

IdadeQuantidadeQuantas vezes por diaDosagem máxima
Menores de 12 anos1 gota por KgA cada 6 ou 8 horas60 gotas por dia
Entre 6 e 12 anos1 gota por KgA cada 6 ou 8 horas120 gotas por dia
Maiores de 12 anos1 gota por KgA cada 4 ou 6 horas320 gotas
Maiores de 18 anos (adultos)1 gota por kg ou 1 a 2 comprimidos de 50 mgA cada 4 ou 6 horas320 gotas ou 8 comprimidos diários

Não pingue as gotas diretamente na boca das crianças, pode causar tosse ou aversão. Utilize uma colher e não misture o medicamento com água.

Para gotejar de forma correta sem que caiam duas gotas, vire o frasco na vertical e bata o dedo levemente no fundo do frasco.

O Dramin infantil só deve ser administrado para crianças acima de 2 anos e de acordo com o peso corporal. Não existem estudos eficazes sobre a administração do medicamento em crianças que não têm dois anos completos. Antes de administrar o remédio confirme com seu médico se ele indica essa substância para o tratamento dos sintomas que o bebê apresenta, nunca excedendo a posologia e tempo correto.

dramin-1

O que acontece se exceder a dosagem máxima?

Ao exceder a dosagem máxima de 400 mg em um dia ou 50 mg a cada dose, pode acontecer caso de superdose. A consequência mais comum é a sonolência intensa, mas podem ocorrer convulsões, coma e depressão respiratória. Leve a pessoa a um médico com urgência.

Posso usar o Dramin para dormir?

Um dos efeitos colaterais mais comuns do Dramin é a sonolência, por conta disso muitas pessoas o utilizam para ajudar a tratar a insônia ou dificuldade em adormecer. Como é um remédio que não causa muitos danos ao organismo pode ser utilizado para essa função, desde que respeitado a dosagem correta e nem de forma prolongada ou recorrência, pois pode afetar o figado e, de forma exagerada, gerar insuficiência hepática.

Como funciona

O medicamento funciona graças ao anti-histamínico dimenidrinato — embora não se conheça o mecanismo dessa substância — ele é eficaz após 15 a 30 minutos de sua administração (oral) e o efeito dura de 4 a 6 horas.

O Dramin é um remédio que serve para mascarar os sintomas de outros problemas. No entanto, se você sofre de labirintite ou vertigem saiba que o medicamento não irá resolver a causa do problema, consulte seu médico para ter um tratamento específico.

Em caso de pós-operatório é preciso procurar orientação médica para se certificar de que a medicação não irá anular o efeito de outros medicamentos que possam estar sendo administrados concomitantemente.

Composição
dramin destaque

A solução oral em gotas é mais recomendada para crianças, porque tem menos concentração de medicamento e utiliza menos componentes em excipientes, o que dá menos chances de reação alérgica a alguma substância.

Comprimidos revestidos

Cada comprimido revestido contém 50 mg de dimenidrinato e 10 mg de cloridrato de piridoxina. Os excipientes são manitol, celulose microcristalina, dióxido de silício, talco, álcool etílico, água purificada, croscarmelose sódica, óleo vegetal hidrogenado, corante laca vermelho, dióxido de titânio, cera de carnaúba e macrogol.

Solução oral em gotas

Cada 20 gotas de Dramin (o que corresponde a 1ml) contêm 25 mg de dimenidrinato e 5 mg de cloridrato de piridoxina. Os excipientes utilizados são propilenoglicol, sacarina sódica, benzoato de sódio, aroma de Cherry Brandy, corante vermelho Ponceau e água purificada.

Contraindicações

Qualquer pessoa que tenha alergia ou hipersensibilidade a algum dos componentes do Dramin não deve tomá-lo. Ainda é contraindicado para pessoas que tenham o distúrbio porfiria e para menores de 12 anos (o que inclui recém nascidos de até 30 dias de vida).

Pessoas com problemas de asma, glaucoma, enfisema pulmonar, doença pulmonar crônica, dificuldades em respirar e para urinar devem usar a medicação com cautela.

A insuficiência hepática (ou qualquer outro problema no fígado) é uma condição que deve ser passada ao médico para que a dosagem do Dramin não piore a doença, o mesmo é válido para os pacientes com insuficiência renal.

Efeitos colaterais do Dramin

Há algumas reações adversas provocadas pelo uso do Dramin. As reações que são classificadas como muito comuns são:

  • Sedação;
  • Turvação visual;
  • Insônia;
  • Boca seca;
  • Nervosismo;
  • Retenção urinária;
  • Dor de cabeça (cefaleia);
  • Tonturas;
  • Sonolência.

Erupções cutâneas e manchas roxas na pele são relatos muito raros, mas há chances de acontecer. No entanto, dos males mais comuns que o medicamento pode ocasionar está a sonolência.

Devido a esse efeito colateral não se deve fazer interação do Dramin com medicamentos calmantes, bebidas alcoólicas ou remédios que ajudam a dormir. A interação medicamentosa pode afetar o sistema nervoso central contribuindo para o aumento de efeitos sedativos de forma perigosa para a saúde.

Não utilize o medicamento sem conhecimento ou recomendação médica. Se utilizar e tiver reações adversas que não constam na lista de efeitos colaterais mais comuns consulte o seu médico com urgência.

Preço e onde comprar

O preço do Dramin varia conforme a dosagem e a apresentação do produto (comprimido, solução oral ou injetável). O valor médio varia entre R$ 10,00 a R$ 15,00.

Todas as versões possuem preços adequados, não sendo considerado um medicamento caro.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (136 votes, average: 4,58 out of 5)
Loading...

Leave a Reply