Diabetes Tipo 2 – Conheça Todos os Detalhes

Diabetes é uma doença crônica que não possui cura, ela afeta, no Brasil, cerca de 7% da população, ou seja, são mais de 13 milhões de brasileiros que convivem diariamente com diabetes e milhares de outros que ainda não sabem que possuem a enfermidade.

Para estes, as complicações podem se agravar cada dia mais se não for feito um diagnóstico urgente.

grafico-diabetes-portadores

O diabetes surge quando o organismo não possui mais capacidade de produzir insulina de forma suficiente, mas também quando ele não consegue empregá-la de maneira adequada no organismo.

Para entendimento, a insulina é um hormônio, sua maior responsabilidade é controlar a quantidade de açúcar no organismo, isto é, glicose no sangue. Quando o nível de glicose está alto ocorre a hiperglicemia.

Se você é portador de diabetes, qual é o seu tipo? Podemos dividir entre diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2.

Diabetes tipo 2: o que é e qual é sua causa?

Também chamada de diabetes mellitus, o diabetes tipo 2 atinge pessoas acima de 40 anos, geralmente, mas é claro que não há impedimento para outras faixas etárias apresentarem a doença.

Ao contrário do diabetes tipo 1 – que acontece pela incapacidade do pâncreas em produzir e apropriar a insulina de forma adequada e suficiente – o diabetes mellitus tipo 2 produz insulina, porém o organismo pode criar resistência à insulina.

diabetes-tipo-2

Neste caso, o tipo 2 não responde adequadamente à ação insulínica e não a utiliza de forma correta. Em outras situações, a pessoa pode não produzir insulina suficiente para prover as demandas do corpo.

Portanto, pode ser descrito como o acúmulo de açúcar no sangue.

Quais os sintomas e diagnóstico?

sintomas-diabetes-tipo-2Mesmo com o fator de risco da idade ser de extrema importância, todos os indivíduos – de qualquer idade – devem estar atentos aos sintomas do diabetes mellitus tipo 2.

Outros fatores de risco são a genética, histórico familiar e estilo de vida (que abrange a péssima alimentação e falta de exercícios físicos).

Os principais são:

  • Perda de peso – mesmo quando não há alterações nos hábitos alimentares ou até mesmo para quem está comendo em demasia,
  • Fome em excesso,
  • Boca seca,
  • Sede constante,
  • Frequente vontade de urinar,
  • Formigamento nos pés,
  • Furúnculos,
  • Visão embaçada,
  • Feridas que levam muito tempo para cicatrizar,
  • Infecções com frequência – por exemplo, nos rins, bexiga ou na pele,
  • Cansaço.

O diagnóstico é realizado através de exame de sangue laboratorial.

Como se dá o tratamento?

Se o diagnóstico for positivo, o tratamento é medicamentoso para controlar o nível do diabetes.

É claro que alguns cuidados são de extrema importância, como, por exemplo:

  • Atividades físicas,
  • Dieta balanceada,
  • Consumo moderado de bebidas alcoólicas,
  • Não fumar,
  • Controlar o estresse.

Assim como o diabetes tipo 1, indivíduos portadores de diabetes tipo 2 devem verificar a glicemia diariamente.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...