Corrimento branco na gravidez – O que pode ser? É normal?

O corrimento branco – semelhante ao creme hidratante – é composto à base de progesterona com as células da flora vaginal. O aumento da produção do hormônio faz com que esse corrimento ocorra com mais frequência e quantidade no período gestacional.

Além de esbranquiçado, o corrimento na gravidez que é considerável saudável é aquele elástico e transparente. Podendo aparecer em qualquer fase da gestação, esse tipo pode ser bem parecido com o muco fértil, então não precisa se assustar, caso ele apareça.

Quando há o aumento nos níveis de estrogênio no corpo, há também o crescimento do corrimento com esses aspectos, principalmente quando se faz a higiene após o xixi.

corrimento branco na gravidez

Corrimento na gravidez é normal?

Os corrimentos brancos na gravidez podem trazer problemas para a saúde da gestante e do bebê. Isso acontece pela fragilidade do sistema imunológico, o que facilita o surgimento de infecções fúngicas – ou seja, há o crescimento de microrganismos que estão vivos dentro da flora vaginal. O corrimento sem cheiro é normal e não é considerado um sintoma da gravidez, mas da comum lubrificação vaginal.

Um exemplo é a candidíase: há aumento da secreção vaginal (tom esbranquiçado), porém juntamente com outros sintomas, como coceira, dor, cheiro característico (relatos de ser similar à água sanitária), inchaço e casquinhas na virilha. Quando não tratada, a candidíase pode passar para o bebê no momento de sua passagem pelo canal vaginal.

Os corrimentos que mais devem ser preocupantes são aqueles provocados por bactérias externas. São sinais de preocupação:

  • Corrimentos de tons esverdeados, amarelados ou amarronzados;
  • Cheiro forte;
  • Dores vaginais;
  • Coceira;
  • Ardência;
  • Aumento súbito da secreção vaginal e do seu aspecto.

Qualquer um desses sintomas deve ser abordado com o médico o quanto antes, para analisar a presença de inflamações.

Os corrimentos com coceira e mau cheiro são preocupantes, sendo importante que o obstetra realize um Papanicolau, para detectar qualquer doença ou infecção bacteriana na vulva. Para as mulheres não gestantes, vale a pena conferir possíveis causas no texto completo sobre causas do corrimento branco.

Tratamento para corrimento na gravidez

Os cuidados para manutenção da saúde vaginal para gestantes e não gestantes envolvem:

  • Deixar a área vaginal seca;
  • Dormir sem calcinha, se possível;
  • Não abafar a área com calcinhas apertadas;
  • Optar por calcinhas de algodão.

É possível fazer uso de alguns medicamentos para tratar o corrimento na gravidez, quando isso trazer desconforto para a vida da gestante. Os exemplos são os cremes vaginais, as pomadas e os pós para banho de assento – quem prescreverá a medicação será o médico, pois nem todos os remédios estão autorizados para gestantes.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply