O que é asma? Sintomas, prevenção, melhores tratamentos e o que fazer nas crises

A asma trata-se de uma doença comum entre as pessoas, sendo que os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma existir 235 milhões de pessoas no mundo inteiro que são atingidas pela doença, e no Brasil é estimado que cerca de 10% da população sofre com os sintomas e correm o risco de sofrer complicações, como alterações no pulmão, tosse persistente e outros.

O inverno é a estação com maior número de casos relacionados aos problemas no sistema respiratório, em que algumas doenças acabam se destacando com mais frequência – como no caso da gripe, a bronquite e principalmente a asma. Esta é considerada uma das piores doenças do sistema respiratório, pode provocar intensas crises de falta de ar, acessos de tosses e formação de catarro.

Apesar de ser uma das mais complicações respiratórias ela tem tratamento.

O que é a asma?

Caracterizada como uma condição crônica comum nos dias atuais, a asma é uma doença que atinge diretamente o sistema respiratório e que desenvolve os mais variados sintomas que, tecnicamente, prejudicam o dia a dia das pessoas – principalmente quando as crises asmáticas ocorrerem aumentado as tosses e, até mesmo, a falta de ar, um dos sintomas mais complicados da doença.

Segundo os médicos especialistas, as pessoas diagnósticas com a asma tendem a ter o pulmão diferente, justamente devido aos brônquios que são mais sensíveis e inflamam com facilidade, por isso é comum que diagnosticados com a doença identifiquem fatores de irritação que são menos intensos, como o caso de poeira, mofo e inclusive, os ambientes úmidos.

o que é asma

Principais sintomas

Os médicos especializados em doenças do sistema respiratório costumam dizer que os asmáticos podem ficar longos períodos sem perceber sintomas da asma. No entanto quando eles sentem esses sintomas é possível que durem algumas horas, dias e até mesmo semanas, sendo crucial saber quais são para se atentar.

Veja abaixo uma lista com principais sintomas que atingem a pessoa com asma:

  • Tosse com ou sem muco (catarro);
  • Repuxar a pele entre as costelas enquanto respira;
  • Deficiência respiratória podendo piorar ao praticar atividade;
  • Respiração ofegante que pode piorar à noite;
  • Lábios e rosto de cor azulada;
  • Nível de agilidade diminuído seguido com sonolência ou confusão;
  • Ansiedade grave por conta da deficiência respiratória;
  • Dificuldade extrema para se respirar;
  • Dor forte no peito;
  • padrão de respiração anormal;
  • Aperto no tórax.

sintomas da asma

Como tratar as crises de asma

Ao sofrer com as crises asmáticas é necessário que a pessoa procure por medicações ou outros tratamentos que possam diminuir os sintomas, pois em caso de complicações é perigoso o pulmão sofrer alterações permanentes, tendo capacidade reduzida de se exercitar, tosse persistente e em casos que se caracterizam como graves essas complicações podem levar o paciente ao óbito.

Em casos de crises, pode ser fundamental entrar com medicações que são prescritas por médicos (que também podem ser contínuos e preventivos) para que reduzam a inflamação nas vias aéreas. Outra opção de tratamento pode ser o uso dos broncodilatadores, que costuma aliviar os sintomas repentinamente, mas de fato não são capazes de curar a doença por isso deve manter cuidados.

Lembre-se, todos os medicamentos precisam ser prescritos por médicos e, com isso, pode ser necessário ter um médico de confiança que te acompanhe e faça exames contínuos para evitar as complicações. Assim, com cuidados constantes é possível evitar que os sintomas e as crises sejam novamente percebidos.

como tratar a asma

Prevenção e tratamento

A prevenção dos sintomas da asma são cruciais para garantir mais saúde para o paciente, dessa forma, pode ser interessante considerar a prática dos exercícios aquáticos moderados devido à possibilidade de fortalecer o sistema respiratório e, além disso, recomenda-se também ter uma alimentação rica em fibras, que se tornam eficientes para diminuir os efeitos ruins a partir do sistema respiratório.

Como a asma é uma doença não contagiosa e sem cura prevista a única coisa que se pode fazer é tratar para que os sintomas se tornem menos recorrentes e não cheguem a atrapalhar a qualidade de vida do diagnosticado.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votes, average: 3,60 out of 5)
Loading...

Leave a Reply