Como Clarear os Dentes? Dicas incríveis!

Clarear os dentes é algo cobiçado por muitas pessoas, especialmente aquelas que com o tempo, alimentação ou maus hábitos têm dentes amarelados. Existem muitas formas de branquear os dentes como o clareamento artificial, técnicas caseiras, alimentos específicos e até os bons hábitos de higiene bucal.

O branqueamento dos dentes deve ser indicado conforme a idade e hábitos da pessoa, para que seja de fato eficaz. As técnicas podem ser desde artificiais às naturais e podem custar muito pouco ou bastante caro. A maior parte tem os primeiros resultados em poucos dias e tem duração variável, o que todos coincidem é na forma com que deixam as pessoas mais próximas de ter um sorriso saudável, aumentando a autoestima e o fortalecimento da imagem pessoal.

Como clarear os dentes

O clareamento dos dentes deve ser sempre realizado de acordo com as indicações de um profissional. É recomendado que se consulte o dentista a cada um ano ou seis meses, afinal, realizar a limpeza dentária também contribui para manter os dentes brancos por mais tempo. Além disso, só um profissional pode avaliar o estado de seus dentes, saúde da gengiva, língua e demais assuntos que contribuem para um sorriso bonito e saudável.

Tratamento odontológico

O tratamento odontológico é acompanhado por um dentista e tem como objetivo propiciar o clareamento dos dentes. O qual é feito com soluções químicas de forma controlada, ao mesmo tempo que trata outros problemas odontológicos que possam contribuir para o amarelamento dos dentes como, por exemplo, cáries ou doenças na gengiva.

O método de gel é o mais acessível, a técnica exige aplicação de um gel, a base de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida, durante 10 a 20 dias e a cada uma semana fará o acompanhamento com o dentista. Essa solução é aplicada com ajuda de uma moldeira que deve ser utilizada ao dormir.

Nenhum tipo de clareamento dos dentes permanece para sempre, alguns resultados podem durar até dois anos e dependem também dos hábitos alimentares, higiene dental e a frequência de visitas ao dentista.

O custo de um clareamento dental tem um preço mais elevado se for feito em consultório, pode variar de R$ 300,00 a R$ 1.500,00 dependendo do profissional. Já os clareamentos caseiros têm um preço muito mais em conta.

Clareamento artificial

clareamento-artificial

O clareamento artificial, também chamado de branqueamento a laser, é a técnica mais comum e que dá resultado em menor tempo. O procedimento funciona com a esterilização do dente e retirada das bactérias com uso de pedra-pomes e desinfetantes bucais. Depois, a gengiva é isolada e é colocado um agente branqueador sobre os dentes, o uso do laser serve somente para acelerar a ação da substância.

O tratamento dura em média uma hora e trás mudanças instantâneas. Mesmo assim é preciso fazer a lição de casa, aplicando a substância duas vezes por dia ou uma vez por dia durante uma semana. A recomendação pode ser diferente de acordo com a avaliação do dentista.

Além disso, tanto no clareamento artificial quanto o tratamento com moldeira deve-se evitar comer uma série de alimentos que amarelam facilmente os dentes, ainda mais quando estão mais sensíveis devido ao uso de substâncias químicas.

Soluções caseiras

Se a meta é aprender a como clarear os dentes, mas o custo e o tempo de tratamento incomodam, vale a pena apostar em algumas soluções caseiras: alguns alimentos podem beneficiar a clareza dos dentes e melhorar, e muito, a aparência do nosso sorriso!

É importante lembrar que depois de usar qualquer uma das dicas, deve-se escovar os dentes com o creme dental habitual – isso evita qualquer sensação de mau hálito.

bicarbonato-de-sódio

Bicarbonato de Sódio: a solução é a forma caseira mais comum de clareamento, no entanto ela não é recomendada, pois pode ter consequências ruins para a saúde dental. Para realizar a técnica realize os seguintes passos:

  1. Misture uma colher de sopa de bicarbonato de sódio com algumas gotas de limão;
  2. Faça uma mistura de modo a formar uma pasta;
  3. Pegue uma escova de dente, passe na mistura enquanto ela ainda está borbulhando;
  4. Escove os dentes com a solução de limão e bicarbonato por um minuto;
  5. Enxague a boca com água.

Observação: o bicarbonato de sódio também pode ser aplicado com água oxigenada ao invés de limão.

Somente com esses passos você já verá diferença na coloração dos seus dentes. No entanto, para ter verdadeira eficácia a pessoa precisa praticar ao menos mais duas vezes na semana. Essa solução não necessariamente clareia os dentes e sim realiza o polimento do esmalte, retirando uma camada amarelada de comida dando melhor aparência.

Além disso o bicarbonato de sódio, limão e vinagre de maça também se utilizam como uma forma de esterilizar e higienizar os dentes. Porém, essas técnicas são mais para limpar bem os dentes do que provocar efeitos branqueadores.

O problema do uso de bicarbonato de sódio para esse objetivo é que ele causa o desgaste do esmalte dentário, quando ele se desgasta provoca a sensibilidade dentária caracterizada por aquela dor ao consumir bebidas ou alimentos gelados. Você pode fazer o uso dessa técnica, no entanto, use o bom senso!

Casca de banana: acredita-se que a parte interna da casca de banana também ajude no clareamento. Para realizar a técnica basta esfregar a casca sobre os dentes por mais ou menos 2 minutos antes da escovação normal. A aplicação pode ser feita 3 vezes por semana.

Casca de Laranja: do mesmo modo que a casca de banana, esfregue a parte interna da casca nos dentes por 2 minutos. Isso pode ser feito 3 vezes por semana também.

Bicarbonato de sódio e morango: amasse o morango e misture com o bicarbonato de sódio de maneira a formar uma pasta e aplique nos dentes deixando agir por 20 minutos. Depois, enxague a boca com um pouco de água. Espere ao menos 30 minutos para escovar os dentes normalmente. Essa solução pode ser aplicada uma vez por semana ou a cada 15 dias.

Após meia hora da utilização de soluções caseiras pode-se aplicar flúor, este protege os seus dentes e impede a sobrevivência de bactérias por muito mais tempo.

Vinagre de maçã: é importante para retirar as manchas no esmalte do dente provocadas pela má higienização durante a utilização de aparelhos odontológicos ou o consumo excessivo de café ou cigarro. O vinagre de maça é um clareador natural devido a sua acidez. No entanto, assim como o bicarbonato de sódio, se utilizado em larga escala pode trazer danos a saúde bucal.

Aplicação de porcelana ou resina

sorriso-brancoEssa opção faz a aplicação de pequenas facetas de porcelana ou resina sobre o dente formando uma camada a mais deixando-os com uma aparência incrível. Esse é o único tipo de tratamento que foge da aplicação de concentrações químicas que liberam o oxigênio e alteram a cor do dente. A porcelana funciona somente como uma máscara ou maquiagem para o dente. Além disso também é o único a dar resultado permanente

O problema desse método é que são muito caros. Cada porcelana dentária custa numa média de R$ 500,00 a R$ 1.000,00.

O que não comer após o clareamento dental

Confira quais alimentos deve-se evitar após ter feito qualquer tipo de clareamento seja ele químico, soluções caseiras ou o clareamento artificial:

  • Bebidas pretas: café, refrigerante tipo cola;
  • Qualquer tipo de chá;
  • Beterraba;
  • Achocolatados;
  • Vinho tinto e suco de uva;
  • Sucos e alimentos com adição de corante;
  • Cigarro;
  • Chocolate;
  • Caramelo.

Além disso, a utilização de alguns medicamentos como anti-inflamatórios e antibióticos também podem contribuir para o amarelamento dos dentes e aparência de mal cuidado.

O que fazer após o clareamento

clareamento-150x150Depois de fazer o clareamento é preciso tomar alguns cuidados que vão alem de não ingerir bebidas com corante ou alimentos com cor forte.

Depois de fazer o clareamento o correto é fazer a prevenção. Isso leva em consideração sempre escovar os dentes após todas as refeições, especialmente após ingerir bebidas com corantes, não fumar, escovar os dentes à noite por pelo menos 5 minutos e também manter a saúde das gengivas e língua. Essas dicas valem ouro para quem quer manter um sorriso bonito, saudável e que transmita muita jovialidade.

Por que os dentes escurecem ou amarelam?

dente-amarelo-de-quem-fumaAntes de pensar em como clarear os dentes, devemos entender por quê os dentes escurecem ou amarelam.

O esmalte que envolve os dentes possui um aspecto poroso, ou seja, ele vai ser preenchido lentamente por tudo que ingerimos diariamente.

Alguns alimentos e bebidas podem manchar os dentes de forma mais profunda, fazendo com que a cor branca desapareça e os dentes ganham uma cor mais desbotada – que pode ir do amarelo até o marrom.

Assim, se a ideia é aprender a clarear os dentes com soluções caseiras, primeiro devemos conhecer outras causas que deixam os dentes amarelos: cigarro, álcool, café, chás, refrigerantes, açúcar e outros alimentos muito ácidos. Além disso, a má higiene bucal faz parte do time que atrapalha a manutenção dos dentes brancos.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...