O que é Clomid? Para que serve, benefícios, contraindicações e mais

Muitos casais que estão tentando engravidar acabam dando de cara com um problema muito comum, chamado infertilidade. Um casal é considerado infértil após 12 meses de tentativas regulares sem contraceptivos, sendo que esta condição pode partir tanto da mulher quanto do homem. Existem diversas causas que podem fazer com que uma pessoa seja considerada infértil, sendo uma delas, no caso da infertilidade feminina, a falta de ovulação.

Sem ovulação não há gravidez, mas, para ajudar a solucionar este problema, existe um medicamento chamado Clomid — que é um indutor da ovulação. Ele potencializa a ação de hormônios importantíssimos, como o LSH e o LH, fazendo com que os óvulos amadureçam e cresçam mais rápido, aumentando as chances de fecundação.

Entenda como o medicamento funciona, quais são suas indicações, contraindicações e seus efeitos colaterais:

Como tomar

O que é Clomid? Para que serve, benefícios, contraindicações e mais.

Antes de iniciar o uso de Clomid, é imprescindível consultar-se com um médico especialista em reprodução assistida ou um ginecologista, para ter a certeza de que esta é a melhor opção ao seu caso.

O Clomid não é um medicamento indicado para qualquer mulher que esteja com problemas para engravidar. Então, caso seja tomado de forma errada, ele pode, até mesmo, diminuir as chances de engravidar.

A forma certa de tomar o Clomid será indicada pelo médico responsável. Tanto o tempo de uso quanto a dosagem podem variar de pessoa para pessoa. Além disso, as recomendações podem ser diferentes, de acordo com o ciclo menstrual. O medicamento é recomendado por até três ciclos, sendo que em cada um deles o uso pode ser orientado de maneira diferente.

Indicações

O medicamento é indicado somente para mulheres que estão tentando engravidar e sofrem de anovulação, ou seja, apresentam dificuldades para ovular. Caso o problema da infertilidade seja diferente, existem outras opções de tratamento, que podem ajudar a solucionar o seu problema.

Contraindicações

O que é Clomid? Para que serve, benefícios, contraindicações e mais.

O Clomid é contraindicado para mulheres que apresentem uma ou mais das seguintes condições:

  • Gravidez;
  • Alergia ou sensibilidade a qualquer componente da fórmula;
  • Doenças hepáticas;
  • Cistos no ovário;
  • Hipotireoidismo ou hipertireoidismo;
  • Sangramento uterino anormal;
  • Sensibilidade a tratamentos hormonais;
  • Diabetes;
  • Câncer de endométrio.

Além disso, o medicamento é contraindicado para homens.

Efeitos colaterais

Como qualquer medicamento, o Clomid pode apresentar efeitos colaterais — especialmente se for tomado em dosagens maiores do que as adequadas. Existe o conhecimento de que algumas mulheres apresentaram a Síndrome da Hiperestimulação Ovariana, após utilizarem o Clomid.

Outros possíveis efeitos colaterais são:

  • Aumento de peso excessivo;
  • Dores abdominais;
  • Dores pélvicas;
  • Desconforto abdominal;
  • Calor repentino;
  • Taquicardia;
  • Secura vaginal;
  • Inchaço;
  • Náuseas;
  • Dores de cabeça.

Ao utilizar o Clomid e estimular a ovulação, as chances de ovulação dupla aumentam. Caso isso ocorra e ambos os óvulos sejam fecundados, é possível que aconteça uma gravidez gemelar. Ou seja, tomando Clomid a chance de gerar gêmeos é maior do que o normal, apesar de não haver nenhuma garantia de que isso aconteça.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply