Cirurgia plástica corretiva gratuita no SUS – Como conseguir? Requisitos

Você pode até não saber, mas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) você pode fazer aquela cirurgia plástica que vem desejando há tanto tempo! Mas, atenção que isso não serve para qualquer tipo de intervenção, ok?

De acordo com o site do Ministério da Saúde, apenas os procedimentos corretivos estão disponíveis, como as “deformidades congênitas e/ou adquiridas”, ou seja, as de nascença ou que você tenha desenvolvido por causa de algum problema de saúde ou cirurgia anterior.

Quais cirurgias plásticas são feitas pelo SUS?

Como já mencionado acima, o SUS cobre apenas cirurgias corretivas e, mesmo assim, são só algumas delas que estão dentro das categorias delimitadas pelo Ministério da Saúde:

  • Labiopalatal (crânio e bucomaxila facial): tipos de deformidades em que a criança nasce com o lábio superior fendido (lábio leporino) ou com uma abertura no céu da boca (palato fendido);
  • Lipodistrofia e lipoatrofia facial: deformidades em que há perda (lipoatrofia) ou acúmulo de gordura (lipohipertrofia) na face ouno corpo, causados por doenças, como HIV, diabetes, intolerância à glicose, anemia microcítica, insuficiência renal, entre outras;
  • Queimaduras.

cirurgia corretiva antes e depois

Basicamente, as cirurgias plásticas que podem ser feitas de graça pelo SUS são:

  • Mamoplastia reconstrutora (após cirurgia para remoção de tumor) ou corretiva (mamas muito grandes que podem causar problemas de saúde);
  • Ginecomastia;
  • Fendapalatina;
  • Deformidade por conta de queimadura;
  • Abdominoplastia pós cirurgia bariátrica;
  • Deformação facial;

cirurgia plastica corretiva no sus como solicitar

Onde fazer a cirurgia?

Além dos hospitais públicos, os hospitais universitários e os hospitais-escola também podem realizar esse tipo de cirurgia.

Como fazer a cirurgia plástica corretiva de graça?

Antes de mais nada, você precisa saber que a fila para a cirurgia plástica corretiva pode ser longa e bastante demorada. É claro que isso vai variar de cidade para cidade, ou de hospital para hospital, mas, via de regra, elas podem ser tão ou mais demoradas que as cirurgias comuns.

Portanto, se o seu caso é de extrema urgência e envolve risco à saúde, talvez seja melhor procurar um advogado e solicitar um mandado judicial para que o Estado pague pela sua cirurgia em um hospital privado, já que ele não consegue atender à sua necessidade, e isso pode gerar risco para você.

As cirurgias plásticas corretivas gratuitas podem ser feitas tanto pelo SUS, em hospitais públicos, quanto em hospitais-escola ou hospitais universitários. Se você optar pelo SUS, é só continuar seguindo pelos passos abaixo, mas se quiser tentar pelas outras alternativas, saiba que cada uma delas tem o próprio procedimento, então será preciso que você entre em contato com o hospital universitário ou hospital-escola da sua cidade ou da cidade mais próxima, e verifique quais os procedimentos adotados por eles.

Se você se enquadra em qualquer categoria de cirurgia plástica corretiva que o SUS oferece, deve consultar um médico no Posto de Saúde e pedir a ele um encaminhamento para cirurgia.

Como nem todos os hospitais fazem esse tipo de cirurgia, você deve entrar em contato com a Secretaria de Saúde da sua cidade e verificar qual hospital está habilitado. Caso não tenha nenhum na sua cidade, você pode ser encaminhado para alguma cidade mais próxima.

Além do laudo médico, atestando que precisa da cirurgia, você precisará passar pela avaliação de uma assistente social, que verificará sua condição financeira e emitirá um laudo atestando que você não tem condições para pagar pela cirurgia. Além disso, você será submetida a um psicólogo, que atestará se você tem condições psicológicas de passar por essa cirurgia.Esses documentos serão enviados ao cirurgião, que avaliará a situação e decidirá se vai operá-la ou não.

Caso o cirurgião aprove o procedimento, você entrará na lista de espera para a cirurgia, que, às vezes, pode ser bastante longa. Quando for chamado para fazer a cirurgia, deverá ter em mãos todos os documentos pessoais (RG, CPF e qualquer outro que seja necessário) e exames solicitados.

cirurgia plastica no sus

Riscos da cirurgia

Se depois de todo esse procedimento a sua vez de ser operado já tiver chegado, saiba que há alguns cuidados a serem tomados e alguns riscos envolvem esse tipo de procedimento:

Cuidados:

  • Manter uma dieta rica em nutrientes, vitaminas e sais minerais, para fortalecer o organismo;
  • Não usar medicamentos, como ácido acetilsalicílico, que têm ação anticoagulante e anti-inflamatória;
  • Não fumar, pelo menos 1 mês antes da cirurgia;
  • Hidratar muito bem a pele.

Riscos:

  • Hematomas;
  • Não cicatrização;
  • Rompimentos dos pontos;
  • Infecção;

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 3,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply