Cefalexina – para que serve, posologia, bula completa

Cefalexina é um antibiótico  da família das cefalosporinas que serve para tratar infecções bacterianas leves como infecções urinárias, de garganta, ouvido, pele ou músculos. A medicação pode ser encontrada em forma de comprimidos de 500 mg ou  250 mg ou xarope com administração por via oral. A suspensão deve ser feita de 6 em 6 horas ou de acordo com a recomendação médica.

Por se tratar de um antibiótico só pode ser utilizada mediante prescrição médica. Nas farmácias convencionais pode-se encontrar esta medicação mediante os nomes comerciais Keflex, Cefacimed, Cefaxon e Ceflexin.

Confira aqui as informações da bula oficial de forma descomplicada e saiba como deve ser tomado, em que situações e quais são os possíveis efeitos colaterais.

Cefalexina para que serve

Cefalexina - destaqueA cefalexina é indicada para o tratamento das seguintes condições:

  • Unha inflamada;
  • Faringite;
  • Amigdalite;
  • Infecção no Ouvido (otite)
  • Cistite (infecção urinária);
  • Acne severa;
  • Infecção na mama (mastite);
  • Infecção da pele ou minimização da celulite;
  • Infecção óssea;
  • Infecções do trato respiratório como sinusite e rinite;
  • Infecções musculares;
  • Infecções dentárias decorrente de pós cirúrgicos;
  • Furúnculos;
  • Erisipela.

O medicamento é indicado em casos de doenças em que as causas sejam bacterianas e não virais, é indicado em períodos que antecedam cirurgias, pois ela pode auxiliar diretamente na prevenção de infecções pós operatórias quando utilizado 48 horas antes.

Porém, ela não é eficaz para o tratamento de doenças específicas e graves, que são: a influenza A (H1N1) e nem meningite. São indicados também que sejam feitos alguns testes de sensibilidade renal antes do uso contínuo do medicamento.

O antibiótico é eficaz no tratamento contra infecções das seguintes bactérias:

  • Staphylococcus aureus;
  • Proteus mirabilis;
  • Haemophilus influenzae;
  • Escherichia coli;
  • Klebsiella pneumoniae;
  • Moraxella catarrhalis;
  • Staphylococcus epidermides;
  • Streptococcus pyogenes;
  • Streptococcus penumoniae.

Nomes comerciais da cefalexina

Nas farmácias é possível encontrar uma série de medicamentos que possuem como composição a cefalexina. Há uma variedade de nomes comerciais e de laboratórios que a comercializam. São compostos de cefalexina os seguintes medicamentos:

  • Betacef;
  • Cefaben;
  • Cefacimed;
  • Cefagel;
  • Cefagran;
  • Cefalexan;
  • Cefanal;
  • Cefaxon;
  • Ceflexin;
  • Ceporexin;
  • Kefalexina;
  • Keflex;
  • Keforal
  • Neo Ceflex.

Preço

Cada laboratório cobra um valor diferente pela medicação, média que pode variar conforme o local da compra. Abaixo, segue a lista de preços tabelados da cefalexina para cada nome comercial pela qual atende nas farmácias brasileiras:

MedicamentoComposiçãoQuantidadeValor
Cefagel500 mg10 cápsulasR$ 25
Keflex500 mg8 cápsulasR$ 35

O valor médio varia entre R$ 13,00 a R$ 54,00.

Posologia e Suspensão

Para adultos, a dosagem recomendada para casos de cistite e infecções do trato respiratório é de 500 mg diárias ou de 250 mg a cada 6 horas. Infecções mais graves como amigdalite, faringite e infecções urinárias que passaram a afetar os rins, devem ser tratadas com 500 mg a cada  horas ou 1 grama a cada 12 horas.

Para casos de endocardite bacteriana, que é uma infecção das válvulas do coração, os médicos recomendam a ingestão de 2 g do medicamento em uma única dose.

A dose máxima permitida por adultos é de 4 g por dia.

O tratamento dura um período de 7 a 14 dias, de acordo com as instruções e dose recomendada pelo médico.

  • Cefalexina 250 mg – mais indicada para o tratamento de infecções leves na pele, garganta, sinusite e otite;
  • Cefalexina 500 mg – serve para infecções mais graves como faringite e inflamações avançadas.

Em caso de infecções causadas por bactérias deve-se procurar antibióticos relacionados como a amoxicilina ou a azitromicina di hidratada.

Para os idosos não há problemas em usar a cefalexina 500 mg, mas é importante analisar se possuem a função dos rins diminuída, se for o caso, as doses precisam ser menores, caso contrário a dosagem será a mesma.

Uso pediátrico

A dosagem recomendada para crianças é de 25 a 50mg por quilograma de peso corporal. A quantidade de dias a ser administrado também varia. Para mais detalhes confira as instruções de uso na tabela abaixo:

cefalexina posologia

Em caso de tomar cefalexina na versão líquida recomenda-se agitar o frasco antes de tmomar. Assim, garante-se que a substância fará o devido efeito. A seringa e tampa da medicação deverão estar devidamente limpas no momento do uso.

Bula

A cefalexina é comercializada em comprimidos ou xarope. Os comprimidos podem ser encontrados em versões de 250 mg, 500 mg ou 700 mg. Pessoas que tem a indicação de tomar 1g devem comprar cartelas de 500 mg e fazer a suspensão de dois comprimidos ao mesmo tempo.

O xarope é mais indicado para adolescentes ou pacientes que tenham contraído faringite, amigdalite e infecções na garganta que possam dificultar a administração de comprimidos. Na versão líquida, a posologia deve ser feita em ml de acordo com o peso e os informativos da bula.

Para mais informações consulte a bula oficial da cefalexina comprimido ou do xarope cefalexina.

Composição

O medicamento, tanto na versão de pílula como a xarope é composta de:

  • 250 mg de cefalexina monoidratada (263 mg);
  • 500 mg de cefalexina monoidratada (526 mg);
  • Aroma de abacaxi e limão;
  • Butilparabeno;
  • Corante amarelo crepúsculo;
  • Cloreto de sódio;
  • Crospovidona;
  • Dióxido de silício;
  • Estearato de alumínio;
  • Lectina de soja;
  • Óleo de rícino hidrogenado;
  • Etoxilado;
  • Sacarose;
  • Sucralose;
  • Vanilina;
  • Triglicerídeos de ácidos cáprico e caprílico.

Contraindicações

Por se tratar de um antibiótico existem algumas contra indicações que devem ser seguidas a risca para que nenhum efeito colateral ou reação demasiadamente grave aconteça.

  • Pacientes com insuficiência renal precisam ter uma dose ajustada para evitar a intoxicação pelo remédio;
  • Os alérgicos à penicilina devem evitar o uso desse antibiótico, mas vale ressaltar que nem todos que possuem a alergia também têm reações alérgicas a cefalosporinas;
  • Mulheres grávidas podem tomar a cefalexina, porém somente com a indicação médica, afinal, pode haver necessidade de alteração da dosagem convencional;
  • No período de amamentação vale frisar que um pouco do medicamento fica presente no leite, passando para o bebê. Após 8 horas da dose tomada não há mais registro da substância no leite, até a próxima ingestão de cefalexina.

cefalexina

Efeitos Colaterais

Segundo a bula, os efeitos colaterais mais comuns da cefalexina são:

  • Diarreia;
  • Dor de estômago;
  • Má digestão
  • Dor abdominal;
  • Náusea;
  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Dor de garganta;
  • Dor de cabeça;
  • Corrimento vaginal;
  • Agitação
  • Urticária na pele;
  • Alucinações;
  • Fadiga;
  • Tontura;
  • Coceira anal e genital;
  • Candidíase vaginal (casos de complicações);

Cefalexina corta o efeito do anticoncepcional?

A cefalexina, por se tratar de um antibiótico, pode cortar o efeito do anticoncepcional. Neste caso, quem faz o uso da medicação não deve deixar de tomar a cartela de pílula para contracepção, mas deverá incluir outras formas de prevenção da gravidez, como o uso de camisinha. O cuidado a mais deve ser mantido até o início de um novo ciclo menstrual. Já ensinamos aqui como fazer o calendário menstrual.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (146 votes, average: 4,42 out of 5)
Loading...

2 Comments

  1. Reinaldo
  2. elisabete pelicce dos santos

Leave a Reply