Cateterismo (Cineangiocoronariografia) – procedimento, indicações, preparo e muito mais!

O cateterismo, também chamado de angiografia coronária ou cineangiocoronariografia, é um procedimento realizado com a finalidade de diagnosticar ou tratar doenças associadas ao coração.

cateterismo-procedimento

Cateterismo indicações

A angiografia coronária costuma ser indicada por um cardiologista para:

  • Analisar ou confirmar uma doença do coração, seja nas válvulas, músculo, vasos ou artérias;
  • Detectar e eliminar a gordura acumulada nos vasos sanguíneos, minimizando o risco de desenvolver problemas no coração.

Como é feito o cateterismo

O procedimento é invasivo e possui diferentes etapas:

  • Aplicação de anestesia local na região da virilha ou braço;cateterismo-dói
  • Realização de um pequeno corte que possibilitará acesso à artéria do paciente;
  • Efetiva inserção do cateter na artéria (braqueal, femoral ou radial);
  • Condução do cateter pela artéria, o que é feito por médico especializado, levando o tubo até o coração;
  • Aplicação, pelo cateter, de um contraste, material que permite visualizar perfeitamente detalhes sobre artérias, eventuais locais de entupimento, capacidade de bombeamento do coração, anatomia de válvulas e cavidades;
  • Retirada do cateter, estancamento do sangue, sutura e realização de curativo no local de acesso à artéria.

Quanto tempo dura o cateterismo?

O tempo de realização do procedimento varia de acordo com o paciente. Se for fácil acessar sua artéria, a finalização do processo é mais rápida. Mas, de maneira geral, o cateterismo dura de 30 a 60 minutos.

Cateterismo dói?

Trata-se de um procedimento que não provoca dor. Porém, alguns pacientes relatam um leve incômodo durante a aplicação da anestesia e uma sensação repentina de calor quando o contraste é injetado.

Cateterismo: preparo

Médicos especializados indicam algumas medidas que funcionam como preparo para o exame:

  • Realizar jejum nas quatro horas que antecedem o procedimento;
  • Fazer repouso antes do cateterismo;
  • Evitar o consumo de chás e remédios caseiros, inclusive, de medicamentos não indicados pelos especialistas, como anticoagulantes.

Cateterismo: recuperação

Finalizado o procedimento, o paciente permanece em repouso no hospital em que o cateterismo foi realizado. Durante duas horas, os profissionais checarão pressão arterial e frequência cardíaca, para evitar complicações.

O tempo máximo de repouso hospitalar é de 6 horas, mas pode ser que o paciente permaneça um período maior, dependendo do caso. Nesse período, é indicada a ingestão de bastante líquido para eliminar rapidamente do organismo o contraste utilizado no exame.cateterismo-recuperação

Depois de liberado do hospital, o paciente deve evitar esforço físico, bem como a prática de exercícios, subir escadas ou dirigir. Recomenda-se, também, a adoção de hábitos alimentares saudáveis, consumindo itens naturais e leves.

Tudo isso deve ser realizado por duas semanas, no mínimo. Passado esse período, é possível voltar a fazer as atividades mencionadas, no entanto, somente se autorizadas pelo médico.

Cateterismo: riscos e danos

  • Infarto, AVC e sangramento no local de inserção do cateter: são riscos com índices de ocorrência muito baixos, menores do que 1%, mas pode ser que ocorram. Justamente por esses fatores é que é recomendada a realização do cateterismo no hospital, que é um ambiente preparado para atender esses tipos de complicações;
  • Alergia e insuficiência renal: problemas relacionados ao uso do contraste. Por isso, é indicado que o paciente sempre informe, ao médico especialista que realizará o exame, se tem alergias ou intolerância a alguma substância química;
  • Hematomas: ocorrem na região em que o cateter foi inserido. É um dano que acontece com maior frequência, mas que desaparece dentro de alguns dias;
  • Lesões nos vasos sanguíneos e coágulos: acontecem em menor escala e estão associados à passagem do cateter;
  • Arritmia e queda da pressão arterial: há pouca incidência e acontecem durante a inserção do cateter e a aplicação do contraste;
  • Infecção no local de entrada do cateter: tende a ocorrer quando o paciente não cuida direito de seu curativo. É preciso realizar higienizações no local, sempre de acordo com as recomendações do médico, para evitar essa complicação.

Cateterismo: preços

Por ser um procedimento invasivo e que exige a realização no hospital, o cateterismo costuma ter valor elevado. A partir de R$5 mil é possível fazê-lo, dependendo do médico especialista eleito e do hospital utilizado.

Esse é um valor que varia de acordo com a região em que o paciente mora, portanto, pode ser possível encontrar preços mais acessíveis ou mais caros. A dica é sempre cotar valores em diferentes hospitais.

Mas, não se deixe atrair por um valor muito abaixo do que o praticado pelo mercado. Em casos assim, pode ser que o hospital não tenha uma estrutura completa para atender o paciente, o que pode ser perigoso, colocando a sua vida em risco, no caso de complicações.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply