Cirurgia de Redução das Bochechas – Bichectomia: Indicações, Cuidados e Preço

A bichectomia ou cirurgia de redução das bochechas vem sendo muito procurada por pessoas, especialmente do sexo feminino, que desejam um rosto mais fino e de contornos realçados. Essa cirurgia consiste na remoção parcial ou total das bolas de Bichat, localizadas entre as maçãs do rosto e as mandíbulas.

As bolas de Bichat são dois grupos bem definidos de tecidos gordurosos, profundamente localizados em cada bochecha, abaixo das maçãs do rosto, em um recesso anatômico entre os músculos bucinador e masseter.

Entenda como é feita a cirurgia de redução de bochechas (bichectomia)

No âmbito da odontologia, a bichectomia é indicada para pessoas que mordem constantemente a mucosa interna da boca, justamente por ter as bochechas muito grandes (ou em termos técnicos, o corredor bucal estreito), para evitar o trauma constante na região que pode ocasionar problemas mais graves (como câncer de boca). Na verdade, a cirurgia foi criada com esse objetivo, passando depois a ser usada para fins puramente estéticos.

Embora tenha se popularizado nos últimos anos, a técnica de bichectomia é realizada com finalidade estética desde o início dos anos 80. No Brasil, o procedimento é feito por dentistas e cirurgiões plásticos. Entretanto há um debate sobre a legalidade de a cirurgia ser realizada por profissionais de odontologia.

Preparação da pré-cirurgia

Antes da realização do procedimento o paciente precisa passar por uma avaliação com o profissional que fará a cirurgia e realizar exames pré-operatórios. Para pacientes fumantes, o ideal é deixar o hábito pelo menos um mês antes do procedimento.

A cirurgia pode ser realizada em ambiente ambulatorial ou hospitalar. O paciente recebe anestesia geral ou local, com ou sem sedação. Os cortes (de 1 a 2 centímetros) são feitos por dentro da boca, para evitar cicatrizes visíveis e porque as mucosas têm um processo de cicatrização mais rápido.

Então, o cirurgião remove as bolas de Bichat, de forma parcial ou total. A cirurgia dura de quarenta minutos a uma hora e meia.

O processo de recuperação é simples, podendo ser comparado ao de uma extração dentária. Na primeira semana após a cirurgia é essencial manter repouso, evitando exposição ao sol e esforço físico. Também é indicado fazer aplicações locais de gelo para reduzir o inchaço.

Indicações e cuidados necessários para realizar a bichectomia

A cirurgia plástica para redução de bochechas hoje em dia é muito procurada para fins estéticos. Celebridades, como Kim Kardashian, Angelina Jolie e o humorista brasileiro Rodrigo Santana contribuíram para a popularização da técnica.

Como procedimento para fins estéticos, a bichectomia é indicada para quem:

  • Está insatisfeita com suas bochechas grandes.
  • Sofre de insegurança e baixa autoestima, causadas pela aparência “redonda” do rosto.
  • Acha seus traços faciais “grosseiros” ou que tem falta de harmonia no rosto.
  • Percebe que o rosto fica muito grande ao sorrir.
  • Sente falta de definição facial na linha da mandíbula.
  • Tem excesso de papadas no rosto.
  • Não consegue “emagrecer o rosto”, mesmo perdendo peso.
  • Busca uma aparência mais jovem e atraente para a face.

A bichectomia realça as maçãs do rosto, além de, deixá-lo mais fino e contornado.

Quem pode fazer a cirurgia?

A cirurgia de redução de bochechas só pode ser feita após o completo crescimento da estrutura facial. Portanto adolescentes precisam de uma avaliação criteriosa de um cirurgião plástico antes de optar pelo procedimento, caso a família autorize.

Pessoas que estão acima do peso devem emagrecer primeiro e deixar para fazer a bichectomia somente após atingirem o peso ideal, embora as bolas de Bichat estejam presentes no rosto independentemente do peso corporal.

Quais são os riscos da cirurgia?

Mesmo se tratando de um procedimento cirúrgico de pequeno porte, a bichectomia apresenta certos riscos, por isso a paciente precisa buscar um profissional devidamente habilitado.

O maior risco da redução de bochechas é que durante a cirurgia os ramos bucais do nervo facial sejam lesionados, uma vez que eles são responsáveis pelos movimentos da boca.

Também existe possibilidade de dano ao ducto parotídeo, estrutura responsável por levar a saliva até a boca.

Há inclusive probabilidade de danificar o nervo do trigêmeo, causando paralisia facial. Para minimizar os riscos de complicações durante a cirurgia e sequelas, é imprescindível buscar um profissional devidamente habilitado e experiente.

Quanto custa a cirurgia de redução de bochechas?

Os valores da cirurgia de redução de bochechas variam de acordo com o profissional escolhido e a região do Brasil em que será realizada. O preço fica em média entre 3 e 7 mil reais. É importante lembrar que valores anormalmente baixos devem ser vistos com desconfiança. Lembrando o velho ditado: o barato sai caro!

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply