Quais os benefícios do chá de camomila? Veja aqui

O chá de camomila é muito utilizado, tanto pelos seus fins medicinais, quanto pelo seu delicioso sabor. Embora seja uma planta medicinal e seu uso possa se dar de outras formas, a preparação de uma infusão de suas flores é o modo mais conhecido de se obter seus benefícios, sendo que muitas pessoas utilizam, além das flores secas, os sachês, que podem ser comprados em supermercados.

Sendo amplamente conhecida pelo seu efeito calmante, a camomila também possui muitos outros benefícios para a saúde, sendo um remédio natural de muita importância. A camomila possui propriedades antiespasmódicas (relaxante muscular), anti-inflamatórias, antipirética (ajuda a baixar a febre), antibacteriana, antifúngica e analgésica. Saiba tudo sobre os benefícios da camomila e descubra quando e como preparar este chá.

Benefícios do chá de camomila

Quais os benefícios do chá de camomila? Veja aqui

Entre os principais benefícios do chá de camomila, pode-se citar:

  • Ajuda a acalmar e a relaxar;
  • Alivia o estresse;
  • Auxilia a diminuir a hiperatividade;
  • Ajuda a superar a insônia;
  • Trata problemas relacionados ao estômago, ajudando no tratamento de úlceras e a controlar a má digestão;
  • Alivia o enjoo;
  • Trata a ansiedade;
  • Alivia cólicas menstruais;
  • Auxilia no tratamento de feridas e inflamações;
  • Ajuda a relaxar os músculos;
  • Acalma e remove impurezas da pele.

Além destes benefícios, o chá de camomila pode ser utilizado em conjunto no tratamento de diversos outros males, sendo que o seu consumo também estimula o sistema imunológico. Alguns estudos indicam, ainda, que a camomila pode ajudar a melhorar os níveis de glicose no sangue e a reduzir os riscos de morte prematura.

Preparo do chá de camomila

Para o preparo do chá, você vai precisar de:

  • 1 colher de chá de flores secas de camomila;
  • 1 xícara de água fervente.

Após ferver a água, coloque-a em uma xícara e adicione a camomila. Mantenha a xícara tampada e deixe a infusão repousar por, aproximadamente, 10 minutos. Se preferir, você pode coar o chá antes de beber.

Para potencializar os efeitos do chá de camomila ou mesmo para obter outros sabores, pode-se preparar este chá pela mistura com outras ervas, sendo que a erva-doce e a hortelã-pimenta são as misturas mais comuns. O chá de camomila pode ser ainda adocicado, utilizando mel, de acordo com o gosto e os benefícios que se deseja. Para obter resultados específicos, você pode atentar-se a outros ingredientes e procedimentos:

  • Chá para acalmar o enjoo: para aliviar a náusea e o enjoo, o indicado é que se associe a camomila com a hortelã-pimenta ou com framboesa. Para preparar este chá, basta que você adicione uma colher de cada ingrediente à infusão;
  • Chá para tratar a má digestão: para acalmar o estômago, você poderá potencializar o chá de camomila, adicionando erva-doce e raiz de alteia na infusão. Esta mistura pode auxiliar também a reduzir os gases e a regular o intestino;
  • Chá de camomila para relaxar: se você está precisando relaxar, pode adicionar uma colher extra no seu chá de camomila, ampliando o efeito da erva;
  • Chá para acalmar a dor de garganta: utilizando o chá de camomila, é possível obter bons resultados no tratamento da dor de garganta. Para isso, faça o chá normalmente e, após ele esfriar, você pode realizar gargarejos, utilizando este procedimento sempre que necessário.

Além dos chás, é possível ainda utilizar a camomila, para realizar compressas ou mesmo beneficiar-se com os vapores, fazendo inalação.

Contraindicações

Quais os benefícios do chá de camomila? Veja aqui

Sendo uma planta medicinal, é importante atentar-se para não ingerir camomila em quantidades excessivas. Alguns médicos aconselham que gravidas tenham um cuidado redobrado, visto que, em altas quantidades, a camomila pode causar contrações prematuras. Para crianças, o indicado é que se consulte o médico, para averiguar sobre a quantidade que pode ser consumida, assim como em mulheres que estão amamentando.

Não existem contraindicações para o consumo desta erva, salvo os casos em que haja alergia ou hipersensibilidade à planta.  Mesmo assim, é importante sempre informar a um médico e buscar mais informações sobre o seu uso. Muitas pessoas preferem utilizar chás e outras formas mais naturais de medicação, em detrimento do uso de opções menos naturais, mas é importante informar-se bastante sobre os efeitos de uma planta medicinal, para garantir o resultado desejado.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply