Os 3 tratamentos para estrias mais procurados

A beleza estética está sendo um fator cada vez mais importante para a sociedade e junto dela vem as preocupações e os desejos de “ser diferente” e “mais bonita”. É aqui que brota o incômodo das estrias – aquelas cicatrizes que podem aparecer na barriga, costas, coxas ou mamas.

As estrias são marcas que também podem atrapalhar a autoestima, felizmente, existem alguns tratamentos que podem resolver o problema e recuperar a beleza da pele de antigamente.

Saiba hoje sobre:

  • Tipos de estrias,
  • Suas causas,
  • 3 tratamentos mais procurados,
  • Prevenção.

Em geral, as estrias não apresentam sintomas com seu surgimento.

Quais são os tipos de estrias?

As estrias são ocasionadas a partir da destruição de fibras elásticas e colágenas da pele, geralmente provocadas por um estiramento. São as fibras elásticas as responsáveis pela elasticidade e tonicidade de nossa pele, pois são formadas por elastina e colágeno.

Por serem feridas internas, as estrias podem ser caracterizadas em dois tipos diferentes:

  • As estrias recentes (de cor rósea ou arroxeada) .
  • As estrias antigas (brancas).

As marcas de estiramento recentes podem ser acompanhadas de uma inflamação local. Ainda existe circulação sanguínea, já que o organismo está tentando cicatrizar os pequenos vasos sanguíneos que também foram rompidos juntamente com as fibras de colágeno e elastina.

Já as marcas brancas não possuem ação inflamatória e são estrias antigas. Isso quer dizer que elas atingiram uma atrofia mais intensa. Podem ser hipertróficas (quando estão em relevo se comparadas com a superfície da pele) e atróficas (quando são mais profundas).

Entenda as causas das estrias

São diversas as causas das estrias, embora haja um consenso sobre o momento de seu surgimento: quando há a distensão excessiva ou abrupta da pele. Por isso cada caso pode ter sido gerado por um motivo específico e distinto.

O que todas as causas têm em comum? Há o desencadeamento de uma inflamação e o rompimento das fibras elásticas e colágenas.

Conheça agora quais são as principais causas das estrias:

  • Anorexia nervosa,
  • Aumento de peso rapidamente,
  • Aumento excessivo dos músculos por conta dos exercícios físicos exagerados,
  • Causas genéticas,
  • Colocação de prótese mamária,
  • Crescimento rápido,
  • Fatores hormonais,
  • Gravidez,
  • Uso de anabolizantes,
  • Uso prolongado de tratamentos com corticoides.

Pelas inúmeras possibilidades de tratamento para estrias, é normal escolher qual é o melhor tratamento e que ele dependa de alguns fatores.

os melhores tratamentos para estrias

3 tratamentos mais procurados para estrias

De modo geral, alguns tratamentos para estrias têm a capacidade de eliminá-las completamente. Em casos de marcas de estiramento muito avançadas, pode-se pelo menos suavizar o aspecto.

Porém pensando nos tratamentos mais procurados, levando-se em conta sua eficácia nos resultados, você pode procurar apostar nestes 3 abaixo, conforme a opinião de especialistas:

  1. Peeling:

os melhores tratamentos para estriasBastante conhecido, o peeling é muito procurado para o tratamento de estrias, pois consiste na aplicação de um ácido de maneira mais concentrada sobre a área que estão localizadas as marcas de estiramento.

O peeling é aplicado no consultório por profissional capacitado (dermatologista), sendo que o ácido permanecerá na pele por seis a oito horas, será retirado durante o banho.

Esse tratamento para estrias é recomendado para os dois tipos de marcas de estiramento, somente devendo ser evitado se há ulceração no local.

  1. Dermoabrasão:

A dermoabrasão é um tratamento que se conceitua como um lixamento da pele através de ponteiras de diamante com diversas espessuras. As ponteiras são aplicadas sobre a pele, fazendo com que se crie uma escoriação sobre a estria.

A partir destsa escoriação, o próprio organismo procurará regenerar o tecido, gerando mecanismos de defesa que irão hidratar a pele, nutrir as fibras colágenas e elásticas e estimular a formação de um novo colágeno.

A dermoabrasão tem maior indicação para as estrias brancas e profundas.

os melhores tratamentos para estrias

  1. Luz pulsada:

A luz pulsada é um método muito indicado para estrias recentes. É diferente do laser (embora muitas pessoas acreditem que sejam iguais), esse tratamento emite luz que gera calor na pele, estimulando o colágeno e traz resultados rápidos e satisfatórios.

É uma técnica não dolorosa e bem mais barata que o laser.

os melhores tratamentos para estrias

Como prevenir as estrias

Já sabendo dos 3 tratamentos mais procurados para estrias, você ainda pode conhecer quais são as formas existentes que evitam o estiramento da pele.

Um exemplo clássico é a prática de exercícios físicos e, consequentemente, a manutenção do peso. A atividade física é responsável pela preservação da firmeza da pele.

Mas outros modos de cuidar do corpo e do aparecimento das estrias são:

  • Hidratar a pele: o risco de rupturas é menor;
  • Massagens localizadas que podem ser feitas em casa nas áreas que são propensas a ter estrias, com um creme hidratante;
  • Beber água: outro modo de auxiliar na hidratação do corpo, incluindo a da pele;
  • Consumir vitamina C, zinco, vitamina B5, silício e vitamina E:

A vitamina C age na produção do colágeno, possui efeito calmante, é anti-inflamatório e protege a pele das radiações solares. O zinco tem efeito cicatrizante e previne o estiramento, também agindo como anti-inflamatório e antioxidante.

A vitamina B5 renova as células, fazendo com que a pele permaneça firme e saudável. O silício, por sua vez, tem a função de regenerar as fibras de colágeno e elastina. Por último, a vitamina E irá garantir que novos colágenos se formem, mantendo a estrutura da elastina na pele.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votes, average: 3,67 out of 5)
Loading...