Sintomas De Sinusite: quais os principais sinais.

A Sinusite é uma inflamação que ocorre nas mucosas da região chamada de “seios da face”, composta pelos ossos ao redor do nariz, olhos e maça do rosto.

A secreção mucosa nesta região é continua, e quando normal, não é perceptível, sendo sem odor algum. Esta secreção costuma ser a base para germes oportunistas em quem tem predisposição a sinusite, e quando a inflamação está instalada, a secreção passa a ter cor diferenciada e cheiro forte característico, sentido principalmente pelo paciente, que percebe ainda alterações de paladar por conta disto.

Quais os principais Sintomas da Sinusite?

Há dois tipos de sinusite, embora os sintomas sejam os mesmos, o tratamento e a intensidade dos sintomas muda um pouco.

Existe a Sinusite Aguda, e a Sinusite Crônica.

Sintomas da Sinusite aguda

  • Dor de cabeça na área do seio da face mais inflamado, pode ser nas maças do rosto, na testa, no maxilar, sobre os olhos ou mesmo ao lado ou abaixo dos olhos;
  • A dor pode ser intensa, com sensação de pontada ou uma dor constante, como pressão ou peso no local.
  • Há uma secreção nasal amarelo esverdeada, com sangue, e o nariz costuma ficar entupido;
  • Dificuldade de respiração;
  • Coriza e tosse;
  • Cansaço;
  • Dores musculares;
  • Inapetência – perda do apetite;
  • Febre;
  • Mau hálito.

Sintomas da Sinusite crônica

Os sintomas anteriores são observados, com algumas diferenças:

  • Há mais tosse, geralmente noturna, aumentando depois de deitar;
  • Nem sempre há febre;
  • Mau hálito crônico;
  • A dor no rosto – seios da face – pode ser menor, ou nem doer;
  • Durante o dia quase não há tosse, e ela sempre melhora pela manhã.

O que fazer em caso de sinusite?

Sempre é recomendado consultar um médico quando o processo inflamatório da sinusite já estiver instalado.

Em casa, é preciso eliminar a secreção para evitar que ela se transforme em lar de bactérias, e isto só pode ser feito cuidando melhor dos casos de gripes e resfriados.

Como podemos eliminar a secreção que causa a sinusite?

A melhor maneira de eliminar a secreção que dá forma a sinusite é diluindo-a, veja abaixo algumas dicas para inserir no seu dia a dia:

  • Tome bastante água, principalmente em gripes e resfriados;
  • Processos alérgicos – que causem rinite – devem ser tratados com soluções salinas no nariz, várias vezes ao dia, para evitar acumulo de secreção;
  • Recomenda-se tomar no mínimo dois litros de água – não é suco, chá ou refrigerante, é apenas agua – por dia;
  • Fazer inalações com soro fisiológico puro, ou com medicamento recomendado pelo médico;
  • É possível fazer inalações com vapor de água em uma chaleira, ou vapor de água no chuveiro. Ambos os casos ajudam a desobstruir e liquefazer o muco para que a secreção saia mais rapidamente;
  • Pode-se também fazer uma solução salina em casa, para pingar no nariz e limpar os canais. Com um litro de água fervida (depois de esfriar) e uma colher de sal.

O que causa a sinusite e como saber qual eu tenho?

Geralmente só um exame laboratorial vai dizer que tipo de sinusite é, mas um médico pode também dar um diagnóstico preciso com base em avaliação e exame clinico. Dentre as várias causas para a inflamação que resulta na sinusite, há 4 mais comuns:

Sinusite fúngica

Ela é considerada uma espécie de ‘evolução’ da sinusite persistente, aparecendo apenas quando a sinusite já está presente há algumas semanas. É em casos onde o tratamento não consegue eliminar completamente a inflamação, embora os sintomas diminuam. Não acompanha com frequência dor forte ou febre, apenas dor em uma parte especifica da face.

Sinusite alérgica

Mais comum em quem tem rinite alérgica, e que tenha a rinite atacada por algum tempo. Além dos sintomas de sinusite, é normal vir acompanhada de outros sintomas alérgicos como coceira no nariz e na garganta, olhos avermelhados e muitos espirros.

Sinusite viral

Este é o tipo mais frequente de sinusite, quase 80% dos casos. Começa a partir de simples resfriados ou gripes, e muitas vezes passa despercebido, com a pessoa acreditando que ainda é o resfriado que não foi embora.

Há dores no seio da face, mas não com tanta intensidade. Sempre vem acompanhada de coriza, e o corrimento nasal também pode aparecer em tons mais escuros – amarelados – e com mau cheiro.

O mau hálito também está presente, não sendo raro que o paciente apresente sintomas de virose, como olhos vermelhos, nariz entupido, e dor de garganta. Quando há febre, ela raramente passa dos 38ºC.

Sinusite bacteriana

Este é o tipo mais raro, aparecendo em cerca de 2% dos casos. Só há suspeita quando o paciente apresenta febre constante, acima de 38,5ºC. Outros sintomas, como dor intensa, secreção purulenta também estão presentes, e o quadro todo se mantém inalterado mesmo depois de medicado por cerca de 10 dias.

Como é feito o diagnóstico da sinusite?

Avaliação clínica feita pelo médico clínico geral ou otorrino. Quando o médico precisa de confirmação, pode pedir também um raio X e ainda exames de sangue para identificar a intensidade da inflamação.



O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply