Sintomas de gravidez – mês a mês

Os principais sintomas da gravidez são o atraso menstrual, cólicas abdominais, dor nas mamas, náuseas e vômitos. Esses sintomas coincidem com os primeiros sinais de gravidez, assim como a chegada da menstruação, principalmente para aquelas que têm distúrbios, como endometriose. A mulher consegue saber se está grávida sozinha, somente por meios dos sintomas, mas também é preciso aplicar estratégias que comprovem a situação, como os famosos testes de farmácia ou em casos mais extremo o exame de sangue para análise do hormônio beta HCG.

Confira todos os 25 sintomas da gravidez

  1. Atraso na menstruação;
  2. Sangramento vaginal;
  3. Cólicas abdominais;
  4. Náuseas;
  5. Vômito;
  6. Cansaço;
  7. Aumento dos seios;
  8. Dor nos seios;
  9. Mudanças de humor;
  10. Sensibilidade a cheiros;
  11. Constipação intestinal;
  12. Sonolência;
  13. Inchaço;
  14. Vontade frequente de urinar;
  15. Aréolas dos seios mais escuras;
  16. Corrimento rosa;
  17. Dor abdominal;
  18. Eliminação de gases;
  19. Tontura;
  20. Alteração do olfato e paladar;
  21. Inchaço abdominal;
  22. Prisão de ventre;
  23. Dores na cabeça;
  24. Aversão a cheiros fortes;
  25. Corrimento marrom.

sindrome-da-gravidez

Se você sentir algum desses sintomas após a relação sexual (dentro de alguns dias ou até uma semana) é muito provável que não seja exatamente uma gravidez. Afinal, os sintomas de verdade só se iniciam a partir da segunda semana após a fecundação gerada pela relação desprotegida. Aquelas que sentem sinais poucos dias após o ato sexual na verdade estão tendo uma reação adversa do organismo, alguns casos se configuram como gravidez psicológica.

Além disso, outras situações podem provocar sintomas parecidos como, por exemplo, a própria vinda da menstruação ou meses após a pausa com pílula anticoncepcional. Acontece que dependendo do período em que a mulher se encontra do período menstrual a desregulação de hormônios podem causar sintomas semelhantes a de uma recém gravidez ? o que assusta muita gente.

Confira aqui um checklist completo para você fazer e conferir se está com possibilidades de gravidez ou não. As alterações são drásticas, mas os primeiros sinais podem ser muito semelhantes à menstruação ou alterações hormonais após parar te tomar pílula anticoncepcional ? situação que mais se configura como falsa gravidez entre as mulheres.

Veja quais os sintomas da gravidez mês a mês, para você que já confirmou o teste positivo é importante saber se os sintomas estão dentro da normalidade e que não há nada de diferente durante a gestação. Já para você que ainda não tem certeza sobre uma possível gravidez é importante para lhe dar ainda mais evidência sobre a existência ou não de um bebê.

Primeiras semanas

As primeiras semanas de gravidez são quase isentas de sintomas, o único que aparece se a mulher estiver dentro do seu período de menstruação é o atraso. Algumas vezes alguns sangramentos vaginais diferentes, que podem ser confundidos com a eliminação do óvulo. Geralmente o sangramento característico da menstruação é confundido com um corrimento marrom escuro resultante da descamação do útero. Mulheres que têm baixo fluxo sanguíneo durante a menstruação têm mais chances de confundir o atraso menstrual com corrimento vaginal.

Nos primeiros dias não é possível sentir nada, a não ser a questão psicológica, que às vezes pode “simular” alguns sintomas que na verdade não estão sendo desencadeados pelo organismo. É o mesmo principio da gravidez psicológica.

A sensação de barriga inchada, náuseas, dores na cabeça e mudança de humor são sintomas  de uma gravidez psicológica e podem aparecer durante os 10 primeiros dias, principalmente para aquelas mulheres que têm o desejo de ter um filho ou que passaram por traumas relacionando à gravidez, exemplo, mulheres que estão tentando por longos períodos engravidar sem efetividade.

primeiros sintomas da gravidez

Não fique desesperada se o seu único sintoma é a menstruação atrasada. Vários fatores podem desencadear essa irregularidade do ciclo menstrual. Entenda mais sobre o assunto no post sobre menstruação atrasada. 

O zigoto só começa a se formar a partir da terceira ou quarta semana, o que significa que os sintomas verdadeiros de gravidez serão sentidos somente no primeiro mês de gestação ? quando iniciará a formação do feto. Antes disso a mulher ainda não está dentro de uma gravidez, afinal, o espermatozoide está no processo de fecundação.

Por tanto se você teve uma relação sexual desprotegida de qualquer método contraceptivo, demorará mais ou menos um mês após a relação para que se manifeste algum sintoma visível e o atraso na menstruação pode ou não ser um primeiro sinal.

Primeiro mês – Inicio da gravidez

A partir daqui, da 4° semana é que sintomas iniciarão com mais força. Aproximadamente duas semanas após a relação sexual que deu origem a fecundação do óvulo é a primeira semana de gravidez de verdade. O embrião deve ter 0,2 mm de diâmetro, tão pequeno que não é possível vê-lo nem com o ultrassom.

É a partir da segunda semana, após a relação sexual, que o corpo começa a produzir o hormônio da gravidez, o HCG. Esse hormônio que irá manter a gestação nos primeiros meses, o desequilíbrio hormonal iniciará os principais sintomas da gravidez. Os primeiros meses são os mais sintomáticos e difíceis para a mulher.

Devido à desregulação hormonal algumas mulheres terão sintomas fortes no humor e presença maior de cravos e espinhas por causa do aumento de oleosidade na pele.

Nesse momento, o atraso menstrual (o primeiro sintoma da gravidez) pode passar despercebido. Afinal, mulheres tem ciclos irregulares e nem todas acompanham as datas corretas, sem contar que o sangramento do útero pode ser interpretado como uma menstruação. A partir daqui os exames de farmácia terão uma margem de erro muito pequena, pois será muito visível a presença do hormônio da gravidez no xixi da mulher. Recomenda-se aqui também fazer a confirmação da gestação por meio de um exame de sangue chamado beta HCG.

Os sintoma na sequência são a sensibilidade nas mamas, por conta do desenvolvimento das glândulas mamárias, o inchaço abdominal, devido ao aumento do fluxo sanguíneo nas regiões e também a maior sensibilidade olfativa, que poderá dar brecha para casos de enjoos e vômitos.
menstruacao-atrasada

 

Segundo mês (5ª semana)

Aqui aparece a sensibilidade das mamas, sensação de inchaço nos seios, por conta do desenvolvimento das glândulas mamárias, sensação de constipação intestinal, aumento do mamilo, lábios vaginais começam a escurecer. Também é comum que a mulher acabe se sentindo cansada e ansiosa. Todos esses sintomas são muito comuns e devem se estender até a 6ª semana de gestação.

O hormônio HCG passa a dobrar em quantidades, assim como os hormônios femininos estrogênio e progesterona.

A partir do início do segundo mês também se inicia a vontade constante de urinar, dores de cabeça, salivação, aumento de gases. A chance de uma infecção urinária nesse período da gestação é grande, uma vez que a mulher muda seu corpo de forma agressiva e isso pode afetar no seu sistema imunológico. Todo cuidado é pouco. Saiba identificar aqui os sintomas de uma infecção urinária, 

No segundo mês o cansaço e vontade de urinar começa a ser constante e cada vez mais difíceis para a mulher, algumas chegam a precisar recorrer à remédios e auxílio psicológico. As náuseas podem continuar e começa-se a sentir os desejos por alimentos diferentes e até mesmos que antes lhe causavam repulsa. As variações de humor são mais constantes devido ao ciclo hormonal cheio de picos.

Até aqui é grande a porcentagem das mulheres que têm sintomas de gravidez muito visíveis.sintomas-da-gravidez

É difícil que mulheres não tenham nenhum sintoma até o segundo mês de gravidez, geralmente aquelas que iniciam a sentir sinais mais tardios têm os sintomas mais intensos durante o fim do segundo mês e inicio do terceiro.

É do segundo para o terceiro mês de gestação que a mulher passa pelo processo de aceitação da gravidez e entendimento das diferenças no organismo. É importante que esse processo aconteça ao mesmo tempo em que se faz os primeiros testes pré-natais, que já começam nas primeiras semanas de gestação. Será exigido fazer exame para confirmação e vários exames para conferir as condições de nascimento do bebê.

Terceiro mês (8ª a 12ª semana)

A partir daqui a mulher deixa de estar no inicio da gravidez e já se sente plenamente grávida. Os sintomas aqui começam a ficar mais amenos e alguns devem estar já mais adaptados à rotina da mulher, como a intensa vontade de urinar. O sono intenso deve começar a se esvair aos poucos e permitir que a mulher retome uma vida mais ativa novamente.

Aqui também é possível aparecimento de corrimento vaginal de coloração clara, que é completamente normal e não deve ser motivo para preocupação.

As recomendações médicas dizem que é importante que a mulher passe a evitar picos de açúcar no sangue para não desenvolver a diabetes gestacional, que muito pode prejudicar a qualidade de vida de mãe e bebê durante a gestação. Esse acontecimento é muito comum para aquelas que já têm alguma tendência genética ou ainda que não controlam a alimentação e os desejos característicos do período, principalmente quando não se está tão no início da gravidez.

gravidez-mes-a-mes

Quarto mês

A partir daqui a barriga começa a se tornar mais visível. Além disso, alguma falta de sensibilidade ou incômodo da região pélvica e das mamas poderá acontecer. A cintura começa a desaparecer e os quadris ficam mais largos para receber o crescimento do feto que está a se desenvolver.

Quinto e sexto mês

A irritação, ansiedade pelo parto começam a ser muito intensas. Aqui a barriga ja é bastante visível e as chances de uma infecção urinária, devido ao peso do bebê sobre a bexiga, são grandes, todo cuidado é pouco. A partir do sexto mês se o bebê nascer prematuro já tem possibilidades de sobreviver fora do útero com procedimentos médicos apropriados e geralmente em incubadoras.

A partir daqui a mulher também libera algumas secreções pelo seio como um líquido um pouco leitoso, recomenda-se o uso de sutiãs próprios para evitar o escorrimento durante o dia.

ultimos meses de gravidez sintomas

Último trimestre de gestação

Os últimos 3 meses, ao contrário dos 10 primeiros dias de fecundação total, são os que menos têm sintomas. A ansiedade e estresse são normais nesse momento e são desencadeados principalmente por fatores psicológicos da emoção de ser mãe, algumas podem desenvolver depressão por conta do fim da gravidez. Aqui o corpo já se adaptou muito bem com a gestação e é preciso estar atento para qualquer movimentação, chutes mais fortes e a presença do bebê dentro da mãe. A contar daqui, em qualquer momento o bebê está pronto para nascer, mesmo que de forma prematura.

Como saber se estou grávida?

Para saber se você está gravida é preciso além de conferir os sintomas pensar logicamente. Uma gravidez só tem chances de ocorrer após uma relação sexual sem camisinha e nenhum outro tipo de método contraceptivo. Você também pode verificar se no dia do sexo você estava no seu período fértil, para saber será importante lembrar da última menstruação que teve. Confira aqui como saber seu período fértil. 

Mesmo assim, é preciso estar atenta aos sintomas. Aquelas que estavam tomando anticoncepcional de forma desregulada têm igualmente chances de estarem grávidas. A melhor forma de tirar a dúvida é fazer testes de gravidez (confira aqui como fazer todos passo a passo).

Testes de farmácia

Os testes de farmácia costumam custar entre R$ 5,00 a R$ 20,00. Existem os testes de gravidez de tiras, nele basta mergulhar o palitinho num copinho com urina. Se aparecer um risco significa negativo para gravidez e dois riscos é gravidez positiva.

Outros digitais, um pouco mais caros, já  indicam com uma palavra: negativo ou positivo. E se for positivo podem até marcar a quantidade de semanas aproximada em que a mulher se encontra de gravidez.

teste de Gravidez de tiras

Exame de urina

Em um posto de saúde próximo da sua casa você pode solicitar um exame de urina para confirmar a sua gravidez. Ele medirá a quantidade de hormônio na sua urina e o exame deve ficar pronto em cerca de 5 dias a uma semana, dependendo da agilidade do posto de saúde.

Exame de sangue Beta HCG

Esse é o teste definitivo. Ele analisa a quantidade de hormônio da gravidez no sangue da paciente. A confiabilidade desse exame é muito grande com uma margem de erro mínima.

Cuidados

Se você acha que está grávida ou tem gravidez confirmada, por sintomas claros e testes, fique atenta porque precisará iniciar uma série de exames e atitudes que podem contrariar a rotina que você tinha até então. O ato de ter um filho é um momento mágico que precisa ser valorizado e muito bem regrado para que o feto tenha um perfeito desenvolvimento e que a mãe permaneça com uma saúde radiante.

Confira os cuidados que você precisa ter ao estar grávida

  1. Iniciar o pré-natal ? exame de assistência médica a gestantes;
  2. Adequar a uma alimentação específica e saudável;
  3. Consultar o médico com recorrência;
  4. Não tomar bebidas alcoólicas;
  5. Não fumar;
  6. Evitar exercícios físicos severos e erguer peso;
  7. Respeitar a sua nova rotina de necessidades e do bebê;
  8. Ter mais momentos tranquilos e longe do estresse.

Cuidados para não engravidar

Se você não tem planos para engravidar ou está com medo de sofrer uma gravidez indesejada, lembre-se sempre de adotar medidas contraceptivas, como ter relações sexuais somente com camisinha (até para evitar contágio por doenças sexualmente transmissíveis DSTs), pílula anticoncepcional ou técnicas interinas, como Diu.

Em casos emergenciais você também pode contar com a pílula do dia seguinte, com no máximo um dia após a relação sexual desprotegida (veja aqui como usar), mas lembre-se que ela é somente para situações urgentes e não deve funcionar como técnica anticoncepcional, pois pode provocar grandes danos a sua saúde.

Converse sempre com sua ginecologista sobre as possibilidades que melhor se adequam a você.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (154 votes, average: 4,64 out of 5)
Loading...