Osteoporose: Como sei que tenho? Tratamento e sintomas.

Considerada pelos médicos como uma doença silenciosa que agrava ainda mais os seus efeitos, a osteoporose pode se caracterizar como a doença que tende a enfraquecer os ossos (ou de forma “técnica”, que diminui a espessura do tecido mineralizado de um ou mais ossos, e que oferece o aumento do tecido fibroso).

Infelizmente é uma doença que as pessoas não costumam perceber de maneira rápida seus efeitos, por isso que na maioria das vezes as pessoas diagnosticadas encontram-se com o tecido bem reduzido, precisando de cuidados maiores que evitam riscos. No entanto, são apenas cuidados com pretensão de aliviar alguns sintomas da doença – pois na verdade, não existe uma cura para a osteoporose.

A osteoporose não é uma doença contagiosa, ela se manifesta de forma natural em pessoas mais velhas, principalmente mulheres. Veja mais detalhes no texto.

A Osteoporose: como funciona essa doença?

O osso é uma estrutura viva do corpo que, assim como outro tecido, precisa ser mantido saudável, evitando o desenvolvimento de doenças ou quadros clínicos aleatórios que prejudicam a sua saúde. O problema é que o tempo pode ser um dos maiores inimigos dessa estrutura, o tornando mais frágil ao ponto de elevar as chances da osteoporose (doença que enfraquece os ossos) ser desenvolvida.

Essa doença costuma ser diagnosticada com mais frequência nas mulheres, mas de preferência após a menopausa, por apresentarem uma perda importante do material ósseo que mantém essa estrutura forte. Entretanto, também há casos  de homens que desenvolveram a osteoporose, mas por conta de uma vida com alimentação pouco eficiente em cálcio e vitaminas favoráveis ao material ósseo.

Ocorre que a osteoporose é uma doença silenciosa porque as pessoas não têm a percepção de que a estrutura óssea de algumas partes do corpo começaram a se afinar, com isso, é comum que elas percebam que possuem a doença apenas após sofrerem lesões causadas por essa fragilidade ou então por meio de algum exame feito com a intenção de prevenção – exames solicitados por ortopedista.

Dessa forma, por conta do diagnóstico tardio, é comum que a pessoas sofram a diminuição de estrutura óssea que, com certeza, aumentam os riscos de sofrer lesões aleatórias por motivos simplórios, inclusive em locais delicados do corpo.

Os principais sintomas da Osteoporose

Como dito antes, não existem muitos sintomas que fazem as pessoas notarem a alteração de sua estrutura óssea e por essa razão é comum que percebam todo o mal causado pela osteoporose, apenas após algum problema, como lesões ou em casos menos frequentes, a partir de exames que visam apenas prevenir um problema específico na saúde (por exemplo,em casos em que se faz check-ups).

Mas isso não significa que a doença não “promove” sintomas. Pelo contrário, de acordo com os médicos, existem pequenos sintomas que podem ser notados, e que de fato se tornaram a forma do corpo indicar às pessoas que algo não está correto, mesmo que seja algo “pequeno” ou pouco perceptível para as pessoas.

Portanto, comece se atentar ao seu corpo. Conheça alguns sintomas da doença:

  • Dor ou maior sensibilidade óssea;
  • Diminuição de estatura com o passar do tempo;
  • Dor na região lombar por conta de fraturas dos ossos da coluna vertebral;
  • Dor no pescoço por conta de fraturas dos ossos da coluna vertebral;
  • Manter a sua postura encurvada ou cifótica;

Os principais tratamentos e prevenção da Osteoporose

Entenda que não existem tratamentos para osteoporose que oferecem a cura e sim, tratamentos que visam apenas aliviar os seus sintomas e diminuir os riscos da pessoa diagnosticada com a doença, sofra lesões que prejudiquem a saúde e inclusive, que possam corresponder seus movimentos – como lesões na coluna.

De acordo com os médicos, os tratamentos mais eficientes da doença passam a ser o uso contínuo de medicamentos (que precisam ser indicados por médicos), terapias como reposição de estrogênio e suplementação de cálcio e vitamina D, cirurgias como cifoplastia e vertebroplastia, e até mesmo manter seu peso ideal na intenção de não sobrecarregar a sua estrutura óssea, aumentando as lesões.

É interessante também manter uma alimentação mais saudável, praticar algum exercício físico, evitar bebidas alcóolicas e tabaco, ou no caso, fazer sessões de fisioterapia, melhorando seus movimentos com intuito de também evitar lesão.

Faça exames periódicos para que evite ou controle os sintomas da osteoporose.



O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply