Hermafroditismo: o que é? Quais os tipos?

Hermafroditismo é um distúrbio que atinge o desenvolvimento sexual. Em outras palavras,é a condição de ter órgãos reprodutores masculinos e femininos. É um distúrbio fisiológico e morfológico das gônadas sexuais (glândulas responsáveis pela produção de hormônios sexuais masculinos e femininos), que, ao mesmo tempo, apresentam estrutura testicular e ovariana.

O termo hermafroditismo surgiu do nome do deus grego hermafrodito, filho de Hermes (deus do sexo masculino) e Afrodite (deusa do sexo feminino). Entretanto, atualmente, essa expressão está sendo substituída por intersexual.

A OMS estima que há 1% de pessoas intersexuais no mundo.Conheça mais sobre essa alteração fisiológica:

Tipos de Hermafroditismo

Hermafroditismo: o que é? Quais os tipos?

Existem 3 (três) tipos de hermafrodita:

  • Hermafroditismo verdadeiro (ou intersexogonadal verdadeiro);
  • Pseudo-hermafrodita feminino (ou 46 XX intersexo);
  • Pseudo-hermafrodita masculino (ou 46 XY intersexo).

No chamado de hermafroditismo verdadeiro, ou intersexo gonadal verdadeiro, o indivíduo nasce com dois órgãos sexuais, ambos bem formados, possuindo os órgãos sexuais tanto internos quanto externos de ambos os sexos (possuem útero, ovários, vagina, pênis e testículos).

Entretanto, no hermafroditismo verdadeiro, apenas um órgão sexual externo se desenvolve, sendo que o outro fica atrofiado.

Já no pseudo-hermafrodita feminino, também chamado de 46 XX intersexo, o indivíduo nasce como do sexo feminino. Entretanto, há um desenvolvimento anormal do clitóris, que cresce de forma excessiva, adquirindo um formato semelhante ao do pênis.

O pseudo-hermafrodita masculino, ou 46 XY intersexo, é o indivíduo que nasce como do sexo masculino, mas possui órgãos sexuais externos que não se desenvolvem completamente(testículos que ficam dentro da cavidade pélvica), podendo ser uma genitália ambígua ou até completamente feminina, mas sem ovários e sem útero.

Há, também, um tipo mais raro, chamado de hermafroditismo indeterminado ou intersexo complexo. São aquelas pessoas que apresentam outras diferenciações cromossômicas, como possuir somente um cromossomo X (45-XO), ou que apresentam um cromossomo sexual extra (47-XXY ou 47-XXX).

Além de afetar seres humanos, o hermafroditismo também está presente em plantas, peixes e outros animais.

Causas: o que causa o hermafroditismo?

É no momento da concepção (momento que o espermatozoide fecunda o óvulo) que o sexo do bebê é definido. O espermatozoide que fecundou o óvulo pode conter um cromossomo X ou Y. De outro lado, o cromossomo contido no óvulo é sempre X.

Assim, se o espermatozoide carregar um cromossomo X, ao fecundar o óvulo, o sexo será feminino. Se ele carregar um cromossomo Y, ao fecundar o óvulo, teremos um menino.Ou seja, a determinação do sexo do bebê depende do cromossomo enviado pelo pai.

Entretanto, as causas pelas quais uma pessoa nasce hermafrodita ainda não são totalmente conhecidas, havendo inúmeras teorias para cada tipo de hermafroditismo.

Duas teorias para tal explicação são a de que o óvulo foi fecundado por dois diferentes espermatozoides ou que tenham ocorrido alterações genéticas no feto.

Os profissionais que podem identificar a intersexualidade (hermafroditismo) são:

Sintomas e Tratamento para hermafrodita

Hermafroditismo: o que é? Quais os tipos?

Não há que se falar sobre sintomas para quem é hermafrodita, pois o hermafroditismo não é uma doença.Porém, é possível notar algumas anormalidades que indicam a presença dessa alteração fisiológica.

A principal alteração, como já dito, é a presença de anomalias nos órgãos sexuais.Outros fatores podem aparecer na puberdade, como a menstruação em indivíduos homens.

O tratamento para hermafrodita pode ser feito com cirurgia, sendo o sexo definido pelas características dominantes – são realizados diversos exames para tal.

Quando descoberto na adolescência, a decisão de qual sexo será o definido é unicamente da pessoa hermafrodita.Além do procedimento cirúrgico, há, também, reposição hormonal, para estimular o desenvolvimento das características predominantes ao sexo escolhido.

Tratamento psicológico é recomendável não só para a pessoa hermafrodita, mas também para os familiares mais próximos, a fim de auxiliar no processo de aceitação do corpo.

Outras informações importantes sobre o hermafroditismo

Além de todas as informações já apresentadas, é importante saber que:

  • O diagnóstico é dado logo no nascimento da criança, quando há visibilidade da alteração, ou na adolescência, por meio de exames laboratoriais;
  • Tratamentos hormonais e procedimentos cirúrgicos nos casos de hermafroditas são irreversíveis, e isso pode causar sérios problemas caso, ao crescer e tornar-se um adulto, o individuo não se aceite com o sexo escolhido por ele na infância;
  • A cirurgia para correção do sexo pode ter efeitos colaterais, como perda da sensibilidade sexual e incontinência.

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply