O que é Hemorroida? – Causas, Sintomas e os melhores tratamentos

Hemorroida é um o nome popular da hemorroidária, uma doença que causa a inflamação das veias e artérias do ânus. Os sintomas mais comuns são a dor na região, coceira, dificuldade ao evacuar e presença de sangue nas fezes ou fezes endurecidas. O diagnóstico é feito com a análise dos sinais ou por meio da ajuda médica e com o exame de colonoscopia.

O que é hemorroida?

Cerca de 5% da população sofre com hemorroida, conhecidas como varizes: quando tem a passagem de sangue  causa inchaço, inflamação e sangramento que caracterizam a doença. Aparecem ao redor do ânus, principalmente durante evacuação, isso se dá pelo inchaço nas veias, que muitas vezes pode causar hemorroida externa, que quando ocorre, gera grande dor anal ao paciente.

Ela pode acontecer dentro do reto com a formação de bolhas de sangue que dificultam a passagem das fezes ? que é a hemorroida interna. Outra possibilidade é a presença na na abertura anal, a qual pode se projetar para fora do ânus, como espécie de bolha que geralmente coça.  São vários os tipos de hemorroidas e cada qual exige o tratamento adequado às suas especificidades.

hemorroida_interna_externa

As hemorroidas são divididas por graus de intensidade e gravidade. Os casos graves são as de grau 3 e 4, os quais as bolhas ficam inchadas e inflamadas, podem estourar e infeccionar outras partes do reto ou ainda causar forte dor no canal anal, considerada semelhante a dor do parto.

Isso acontece pela pressão nas veias da região, que são expostas ao aumento da pressão em diferentes modos, e que você pode evitar apenas avaliando seus sintomas. Isso inclui as veias ocultas nas partes internas do ânus na hora da dor, além do possível sangue oculto que sai através do ânus, por isso é importante tratar hemorroidas.

  • Hemorroidas Grau 1: hemorroida escondida no interior do ânus, com pequeno aumento das veias. Ela não é visível, mas os sintomas podem ser sentidos ao passar papel higiênico e dificuldades ao evacuar, são veias levemente alteradas e que podem atrapalhar a fissura anal.
  • Hemorroidas Grau 2: hemorroida que está no interior do ânus e sai no momento da evacuação, retornando sem auxílio. Os sintomas são sangue nas fezes, aumento da vontade de evacuar.
  • Hemorroidas Grau 3: hemorroida que está no interior do ânus e sai no momento da evacuação, precisando ser colocada de volta ao interior com o auxílio das mãos. Ela é mais perigosa, pois gera grande incômodo, suas principais causas estão ligados aos hábitos de higiene e constipação intestinal, elas são visíveis como primeiros sintomas logo na base do ânus.
  • Hemorroidas Grau 4: hemorroida que está no interior do ânus, que sofre um aumento tão grande que sai pela região anal, podendo causar até a saída da parte final do intestino (dependendo do tamanho da bolha), nas fezes haverá presença de sangue, a coceira pode ser de intensa a moderada e ao permanecer longos períodos sentados há presença de dor. É a pior de todas, essa é uma hemorroida que geralmente necessita de cirurgia.

hemorroida_tipo_1_2_3_4

Hemorroida interna – Sintomas, remédio, tratamento

As hemorroidas internas acontecem nos casos em que pontos de infecções se alocam dentro do reto, provocando dores ao evacuar e sangue nas fezes, esses são os principais sintomas da doença. Para resolver o problema os principais remédios são alimentação rica em fibras, anestésicos e anti-inflamatórios que irão ajudar no processo de recuperação das veias que sofreram obstruções.

Os sintomas da infecção ficam visíveis com a dor, no entanto, a hemorroida pode ser sentida pelo paciente antes, principalmente se sentado no vaso sanitário apalpando a região com os dedos ou então somente pelo reconhecimento dos primeiros sinais da hemorroida.

O tratamento é simples de ser feito, porém você pode procurar um especialista em saúde dessa região ao sentir a hemorroida, sintomas ou uma pequena dor fora do normal ao sentar.

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Hemorroida

Causas da hemorroida

A hemorroida pode surgir por conta de diversos fatores de risco, algumas atitudes chegam a ser ainda mais problemáticas para quem já tem propensão genética ao desenvolvimento da doença. Entre alguns dos tópicos estão:

  • pomadas para hemorroidasDieta inadequada, sem fibras;
  • Constipação (prisão de ventre crônica) e esforço no momento da evacuação que pode provocar a ruptura das veias;
  • Diarreia crônica devido ao constante esforço na parte inferior do ânus;
  • Sexo anal, devido à fricção que pode lesionar veias e arterias;
  • Histórico de hemorroida na família;
  • Permanecer longos períodos no vaso sanitário sem evacuar;
  • Cirrose;
  • Fezes endurecidas;
  • Tabagismo;
  • Hábito de segurar as fezes quando se tem vontade de evacuar;
  • Obesidade;
  • Na gravidez;
  • Desidratação e falta de consumo de líquidos;
  • Permanecer sentado por longos períodos;
  • Resfriados e momentos de vulnerabilidade do sistema imunológico que facilitam a infecção de veias que foram levemente lesionadas;
  • Transtornos de ansiedade, pois facilitam o desenvolvimento de infecções;
  • Carência de ferro;
  • Mudança na dieta que pode diminuir a quantidade de fibras e causar a desidratação do sistema intestinal;
  • Alimentos picantes que podem causar irritação em organismos sensíveis;
  • Infecções anais.

É importante lembrar que crianças também podem ter hemorroidas e os responsáveis devem estar atentos aos sintomas, principalmente as sensações de desconforto na região e reclamações referente à coceiras na região do ânus. Quando são externas as hemorroidas, é muito mais fácil de ser ver, porém algumas internas o grau também é fácil de se identificar, porque são suficientes para causar dor pelo ânus e costumam causar fezes com sangue.

sintomas da hemorroidas

Sintomas e diagnóstico

Ao contrário do que se pensa, as hemorroidas podem apresentar sintomas ou não. Por exemplo, as hemorroidas internas são identificadas somente quando há a presença de sangue nas fezes e somente nos casos mais graves provocam dor ou incômodo frequente.

Já as hemorroidas externas apresentam sintomas claros e são mais fáceis de serem identificadas. Além disso, a presença de hemorroidas pode prejudicar a saúde do corpo de uma maneira geral, o que faz com que os sintomas não estejam restritos somente a visibilidade das bolhas lesionadas ou o sangramento anal.

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Hemorroida

Confira aqui todos os sinais, sintomas e causas que indicam presenças de hemorroidas sem consultar um médico previamente:

  • Dor no momento da evacuação,
  • Sangramento do anus,
  • Presença de sangue nas fezes,
  • Dor abdominal,
  • Coceira na região do canal anal,
  • Fezes endurecidas,
  • Dificuldade para ir ao banheiro,
  • Constipação intestinal,
  • Forte dor ao se sentar,
  • Presença de bolhas endurecidas que saem para fora do ânus.

Os diagnósticos de casos mais recorrentes de hemorroidas podem pedir um exame de colonoscopia, em que será colocado um tubo com câmera para visualizar a região afim de detectar infecções internas. Os sinais são muito semelhantes aos sintomas da apendicite. Mas também é importante consultar um médico para identificar outras possíveis causas de hemorroidas, se está incomodando muito, isso porque dor anal pode ser outra coisa também, ainda mais com fezes e sangue.

hemorroida_sintoma

É importante esclarecer que apesar de o sangramento anal e incômodo no momento da evacuação também ser sintomas de tumores na região do reto e do ânus, a hemorroida não pode virar câncer, como algumas pessoas tendem a imaginar. Se está com dor, procure sintomas e tratamentos o mais rápido possível, também não negligencie sua saúde, já que agora tem motivos para visitar o profissional médico.

O diagnóstico é feito por meio de exame físico no caso de hemorroidas externas. Nas hemorroidas internas o exame de toque é necessário e em caso de dúvida a anuscopia ou colonoscopia pode ser solicitada pelo médico especialista.

Tratamentos mais conhecidos para hemorroidas

Quem sofre com a infecção frequente sabe das dificuldades que é passar pelos sintomas da hemorroida que pioram em muito a qualidade de vida. A dor, sangue nas fezes e dificuldades de realizar determinadas atividades são terríveis e as vezes precisam até mesmo de intervenção cirúrgica.

O maior problema é que quando não são devidamente prevenidas e tratadas, deixam o sistema imunológico enfraquecido e com maiores chances de desenvolvimento de doenças de qualquer tipo. Para evitar esses efeitos problemáticos confira aqui os tratamentos mais adequados, muitos dos remédios naturais ajudam o paciente sem grandes gastos.

1 – Banhos de assento com água morna

hemorroida_banho_de_assentoO assento na água morna é uma ótima possibilidade de melhorar a circulação sanguínea na região do anus e com isso diminuir a formação das bolhas e facilitar que o organismo trabalhe para o combate às feridas.

Além disso, é capaz de gerar grande alívio para quem está sofrendo com forte dores de hemorroidas. Alguns tratamentos caseiros utilizam sais minerais que ajudam a limpar a região, mas que dependendo pode causar irritação e ardência, apesar de trazerem benefícios para a região.

As grávidas e crianças que tiverem dificuldade em fazer o banho podem colocar panos umedecidos na região e trocar de tempos em tempos para ter essa mesma sensação de alívio. Outra recomendação simples é evitar limpar o ânus com papel higiênico, para não irritar ainda mais a região. O mais recomendado por especialistas seria lavar com a ducha, caso não seja possível, lenços umedecidos para bebê podem ser usados em caso de emergência.

2 – Uso de laxantes de forma controlada

Em alguns casos de indivíduos com fezes endurecidas, os médicos recomendam o uso controlado de laxantes para facilitar a evacuação. Além destes, que têm ação imediata, é muito importante adquirir uma cardápio rico em fibras, elas são capazes de formar uma espécie de gel que abraça os alimentos no intestino, facilitando a formação das fezes e a evacuação.

3 – Pomadas e remédios utópicos

Assim como os laxantes, os cremes e pomadas para hemorroida, como Xyloproct, Proctyl e Proctosan podem ser usados com orientação médica, pois lubrificam e anestesiam a região anal. Além do alívio das dores eles ajudam a circulação sanguínea afim de agilizar o tratamento natural das hemorroidas.

As pomadas como Ultraproct à base de corticoides devem ser usadas com mais atenção, sem exceder uma semana. Todo o tratamento deve ser acompanhado por um médico que irá receitar o melhor medicamento para cada caso e irá monitorar quanto tempo de tratamento será necessário.

Como prevenir as hemorroidas com atitude simples

hemorroida_alimentacao_saudavelBeber muita água, ter uma alimentação rica em fibras são boas dica para ter um bolo fecal saudável e facilitar a evacuação, prevenindo o agravamento das hemorroidas.

Normalmente, ao realizar o tratamento corretamente e seguir as dicas de prevenção é possível curar a hemorroida em um curto período de tempo.

A higiene da região anal deve ser feita com muito cuidado, não se esquecendo de evitar o uso de papel higiênico, afinal, a fricção pode aumentar as chances de infecção e ainda deixar as hemorroidas mais inflamadas.

Lembre-se que quem tem hemorroidas com frequência deve evitar ao máximo o uso constante de cremes e pomadas, pois algumas fórmulas podem deixar a região ainda mais sensível. A melhor forma de tratamento são os caseiros e naturais, com base em boas atitudes de alimentação e higiene que beneficiarão o organismo como um todo.

A cirurgia de hemorroidas – Para quem é recomendado?

Nos casos mais graves em que o paciente não apresenta melhora e sofre com dores agudas, a intervenção cirúrgica pode ser recomendada. O procedimento consiste na remoção das veias inflamadas, tem uma recuperação de nível intermediário e demora cerca de até um mês para ficar curado completamente. Isso não impede que a formação das bolhas volte a acontecer se não houver prevenção.

O pós-operatório é parecido com o tratamento mais comum para hemorroidas. O paciente não deverá utilizar papel higiênico, deverá fazer o uso de analgésicos, laxantes, pomadas e banhos de assento recomendados pelo médico.

A  doença pode causar grande constrangimento, fazendo com que o indivíduo afetado demore muito a procurar ajuda médica. Quanto mais rápido o paciente procurar um profissional, maiores as chances de ser curado sem precisar de cirurgia.

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Hemorroida

População de risco

As crianças e pessoas acima de 50 anos precisam de muito mais atenção, pois às vezes podem esconder ou não perceber o sangramento causado pela doença. Os idosos sofrem com problemas no intestino constantemente por terem de tomar muitos remédios. Isso afeta a evacuação e eles ficam propícios a desenvolverem hemorroidas.

Com cuidados simples, porém diários, o paciente com hemorroida pode aliviar os sintomas e se curar rapidamente. É importante lembrar que alguns dos cuidados, como tomar muito líquido e ter uma alimentação rica em fibras devem ser seguidos para o resto da vida.

O segredo sobre tratamento para hemorroida

O tratamento da hemorroida é muito baseado em prevenção. Se você sofre sempre com os sintomas da infecção, não deixe de avaliar a compra de manuais completos que te ensinam o passo a passo para lidar com a situação a ponto de não desenvolver mais lesões e bolhas. Afinal, é fácil dizer que se torna necessário mudar a alimentação ou ter melhores hábitos de higiene, mas como de fato fazer isso?  Confira o método Hemorroida Nunca Mais. 

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (238 votes, average: 4,36 out of 5)
Loading...