Semanas de Gravidez- Quantas está? Desenvolvimento do bebê

A gravidez dura 40 semanas de gestação. Para saber a quantas semanas de gravidez você está, basta comparar a data da última menstruação. A melhor forma de fazer a contagem é usar um calendário convencional. No caso de não saber a data, a única forma de descobrir com quantas semanas de gravidez o bebê está é por meio da ultrassonografia das consultas pré-natais.

A partir do primeiro mês de gestação já é possível descobrir a data provável do parto (DPP) a ser informada pelo médico obstetra. Veja, abaixo, o que acontece a cada semana com o corpo da mãe durante a gravidez e quais as técnicas para descobrir com quantas semanas o bebê já tem de vida.

Como saber qual semana da gestação está

Para saber quantas semanas de gestação está, é preciso saber qual foi a data da última menstruação. A cada 7 dias a partir dela, o bebê tem uma semana a mais de vida.

A idade gestacional do bebê é calculada em semanas, porque facilita aos médicos saber o momento exato do desenvolvimento em que o feto se encontra.  Confira na tabela abaixo a equivalência de cada mês na gestação do bebê.

1º Trimestre 1 mês até as 4 semanas e meia de gestação
1º Trimestre 2 meses 4 semanas e meia a 9 semanas
1º Trimestre 3 meses 10 a 13 semanas e meia de gestação
2º Trimestre 4 meses 13 semanas e meia de gestação a 18 semanas
2º Trimestre 5 meses 19 a 22 semanas e meia de gestação
2º Trimestre 6 meses 23 a 27 semanas de gestação
3º Trimestre 7 meses 28 a 31 semanas e meia de gestação
3º Trimestre 8 meses 32 a 36 semanas de gestação
3º Trimestre 9 meses 37 a 42 semanas de gestação

Semana em que nasce o bebê – Data Provável do Parto

O bebê costuma nascer entre a 39° e a 41° semana. Dentro deste limite, o parto se dá de forma segura, mas antes ou depois pode ser considerado prematuro ou postergo.

Se a mulher puder ter o bebê por parto normal (já falamos como é o parto normal aqui), a data provável de parto é considerada entre a 39° e a 41°, contada a partir do último dia da menstruação.

Vários fatores podem postergar ou adiantar o nascimento do bebê. Em algumas situações específicas, faz-se necessário intervir cirurgicamente por meio da cesariana (explicamos aqui como funciona a cesariana).

evolução do feto semana a semana

Não lembro a data da minha última menstruação, e agora?

Quando a mulher não tem certeza do dia em que ocorreu a última menstruação, deve-se fazer exames que analisam qual é a semana de gestação, para conseguir descobrir qual é a data provável de parto.  Essa questão pode ser calculada com base na altura uterina e no desenvolvimento do bebê.

Abaixo, seguem os exames que podem ser feitos para descobrir a semana gestacional do bebê:

  • Cálculo da quantidade de Beta HCG no sangue – veja os valores de referência do teste;
  • Análise da altura uterina (pode ser feita somente a partir da 12ª semana de gestação);
  • Uso da ultrassonografia para análise da desenvoltura do bebê.

Todos estes exames são testes de rotinas que já fazem naturalmente parte da triagem pré-natal, uma etapa importante e quase obrigatória para as mães atendidas tanto pelo sistema único ou privado de saúde.

Desenvolvimento do bebê em cada semana de gestação

O desenvolvimento do bebê é calculado em semanas de gestação. A mãe também pode usar essa medida médica para compreender as alterações no corpo e o aparecimento de sintomas da gravidez.

Para entender o processo de forma mais detalhada, confira o texto de gravidez mês a mês.

gravidez semana a semana

Semana 1 a Semana 3

Desenvolvimento do bebê:  nesta etapa, o tubo neural do bebê se forma e há o desenvolvimento da coluna vertebral;

Sintomas para a mãe: o atraso menstrual é o primeiro sintoma da gravidez. Aqui, é o momento que a maior parte das mães descobrem que estão grávidas (se você ainda tem dúvidas, faça aqui o teste de gravidez), já que há a primeira alteração hormonal.

Semana 4

Desenvolvimento do bebê: a coluna continua a se formar, sustentando cada vez mais o sistema nervoso;

Sintomas para a mãe: ela terá sintomas mais firmes da gravidez, principalmente em relação ao cansaço e início dos enjôos.

Semana 5

Desenvolvimento do bebê: o coração do bebê começa a formar-se e já adquire batimentos. No entanto, ainda é muito difícil conseguir ver no ultrassomo embrião formado – confira aqui como acontece a ultrassonografia;

Sintomas:  não há grandes alterações, a não ser emocionais, que geralmente passam a mais aceitas pelas mães a ideai de maternidade.

Semana 6

Desenvolvimento do bebê: o embrião adquire olhos e orelhas;

Dever da mãe: aqui devem começar a ser feitos os primeiros exames pré-natal.

Semana 7

Desenvolvimento do bebê: forma-se fígado, intestino e estômago;

Para a mãe: poderá ouvir o coração do bebê pela primeira vez.

Semana 8

Desenvolvimento do bebê:  adquire olhos, pálpebras e orelhas;

Para a mãe: é preciso fazer exames de urina e de sangue.

Semana 9 a 16

Desenvolvimento do bebê: as pálpebras continuam fechadas, mas o bebê começa a responder a estímulos, como luz, sons e outros;

Para a mãe: não se esqueça dos exames de sangue, ultrassom e de iniciar a suplementação de vitaminas e nutrientes.

Semana 17 a 25

Desenvolvimento do bebê: aqui, o bebê terminará de ser formado e já terá um caráter de bebê completo. A diferença é que começará a ganhar peso;

Para a mãe: fique atenta às agendas de vacinas e não perca as consultas com a obstetra. Dormir será difícil e você se incomodará mais do que nunca com a barriga grande.

Semana 26 a 35

Desenvolvimento do bebê: o bebê adquire as feições que irá nascer e começa a ter pouco espaço para se movimentar;

Para a mãe: já é hora de pensar na licença maternidade. Não se esqueça dos hábitos saudáveis, principalmente referentes à alimentação.

Semana 36 a 40

Desenvolvimento do bebê: a gestação está chegando ao fim e o bebê já terá amadurecido todos os órgãos;

Para a mãe: fique atenta à data provável de parto, porque agora o nascimento poderá acontecer a qualquer momento. Se você chegar na 39ª semana, pode ficar tranquila, pois já não haverá mais prematuridade. Conversar com o seu médico para ficar tranquila e se livrar da ansiedade é essencial!

 

Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply