Domperidona: Como Usar? Contraindicações? Quem Pode Tomar?

É recomendado Domperidona para tratar problemas digestivos, náusea, desconfortos estomacais, como azia, refluxos gástricos, flatulência, azia, queimação estomacal e vômitos de adultos e crianças com durabilidade de aproximadamente uma semana.

Este medicamento permite a passagem mais rápida do alimento pelo esôfago, estômago e intestino, impedindo que ocorra o refluxo gastroesofágico e outros problemas relacionados e, ainda, para as náuseas e vômitos induzidos pelos agonistas dopaminérgicos usados na Doença de Parkinson como a L-dopa e bromocriptina.

Nomes Comerciais

A Domperidona tem vários nomes comerciais, dependendo do laboratório que a produz. Assim, existem diversas opções para venda nas farmácias como:

  • Dompgram,
  • Dompliv,
  • Domperix,
  • Motilium,
  • Molidon,
  • Motiridona,
  • Peridona,
  • Peridal.

Composição

Cada ml de suspensão oral contêm as seguintes substâncias: celulose microcristalina, carboximetilcelulose sódica, citrato de sódio di-hidratado, edetato dissódicodi-hidratado, glicerol, goma xantana, metilparabeno, polissorbato 60, propilparabeno, sacarina sódica di-hidratada, simeticona, sorbitol, água purificada.

Como Usar?

Encontrado como comprimidos/drágeas ou suspensão oral (frasco com líquido, para ser utilizado por intermédio de seringa descartável dosadora).

É recomendado que a Domperidona seja ministrada antes da alimentação, já que a absorção do medicamento pode atrasada se ingerido após as refeições.

Contraindicações

Informe o seu médico se você apresentar essas condições de contraindicação da Domperidona:

  • Apresentar alergia a um de seus componentes;
  • Sofrer de prolactinoma;
  • Uso de medicamentos destinados a infecções por fungos;
  • Estar com hemorragias gastrointestinais;
  • Pacientes com insuficiência renal ou no fígado;
  • Arritmias e palpitações;
  • Cólicas severas;
  • Intolerância à lactose;
  • Grávidas e lactantes;
  • Uso concomitante de outro antiácido ou similar;
  • Fezes constantes escuras ou dores de estômago frequentes;
  • Uso de imunossupressores ou para tratamento de AIDS/HIV;
  • Uso de outros medicamentos capazes de alterar a frequência cardíaca;
  • Uso de antibióticos como eritromicina, claritromicina ou telitromicina, que são antibióticos e outros.

Consulte sempre a bula ou seu médico caso você esteja fazendo outros tratamentos medicamentosos.

Como Devo Usar A Domperidona?

  • Adultos e adolescentes (mais de 12 aos de idade e peso maior do que 35 kg): de 30 mg/dia até 80 mg, com duração máxima de 4 semanas. Tome 1 comprimido de 10mg 3 vezes ao dia, 15 a 30 minutos antes das refeições e, preciso ministre 10 mg (1 comprimido) ao deitar, respeitando a dose diária máxima de 80 mg (8 comprimidos de 10 mg). Se os resultados forem ineficazes a dose diária pode ser aumentada progressivamente até o máximo de 80 mg (8 comprimidos).
  • Adultos e crianças (a partir de 12 anos e 35 kg): no máximo 30 mg/dia, podendo ser aumentada até 80 mg., com duração máxima de 4 semanas. Tome 10 mg (1 comprimido) 3 vezes ao dia, antes das refeições e ao deitar.
  • Não use Domperidona em crianças com menos de 35 kg.
  • O controle dos sintomas é observado progressivamente durante o tratamento.

Efeitos Colaterais Ou Reações Adversas

Interrompa o tratamento com Domperidona e fale imediatamente com seu médico se você apresentar qualquer uma das reações abaixo.

  • Comuns:
    • Distúrbios psiquiátricos: depressão, ansiedade, diminuição da libido/perda da libido;
    • Distúrbios do sistema nervoso: cefaleia, sonolência, acatisia;
    • Distúrbios gastrintestinais: diarreia;
    • Distúrbios da pele e do tecido subcutâneo: erupção cutânea, prurido;
    • Distúrbios do sistema reprodutivo e das mamas: aumento das mamas/ginecomastia, sensibilidade das mamas ao toque, galactorreia, amenorreia, dor nas mamas, menstruação irregular, distúrbios da lactação.
    • Distúrbios gerais e condições no local da administração: astenia.
  • Incomuns:
    • Distúrbios do sistema imune: hipersensibilidade;
    • Distúrbios da pele e do tecido subcutâneo: urticária;
    • Distúrbios do sistema reprodutivo e das mamas: descarga mamilar, inchaço das mamas.
  • Muito raras:
    • Distúrbios do sistema imune: reação anafilática (incluindo choque anafilático);
    • Distúrbios psiquiátricos: agitação, nervosismo;
    • Distúrbios do sistema nervoso: tontura, distúrbios extrapiramidais, convulsão.
    • Distúrbios cardíacos: morte cardíaca súbita, arritmia ventricular grave;
    • Distúrbios da pele e do tecido subcutâneo: angioedema;
    • Distúrbios renal e urinário: retenção urinária

Superdose Ou Uso De Dose Maior Do Que A Indicada

Os efeitos da superdose, ou dose alta tóxica,de Domperidona, são:

  • Agitação;
  • Alterações no estado de consciência;
  • Convulsões;
  • Estado confusional;
  • Sonolência;
  • Movimentos descontrolados.

Se a dose for muito elevada pode ser necessária a lavagem estomacal do paciente dentro da janela de 1 hora da ingestão, podendo ser usado carvão ativado para auxiliar no problema.

Procure atendimento médico imediatamente. Leve sempre a embalagem ou frasco do medicamento com você.

Quanto Custa A Domperidona?

Depende do nome comercial de preferência ou se em comprimido ou suspensão oral (líquido).

No caso, usando como referência o Motilium 10 mg com 30 comprimidos, os valores encontrados foram de R$ 12,00 a R$ 24,00.



O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votes, average: 4,14 out of 5)
Loading...