Teste de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) – Onde fazer? Quanto custa?

O teste de DSTs é um método de análise e diagnóstico de Doenças Sexualmente Transmissíveis. Ele ajuda a identificar eventuais problemas com precisão, podendo tratá-los pontual e eficazmente.

teste de doenças sexualmente transmissiveis

Existem diferentes tipos de Doenças Sexualmente Transmissíveis e cada um deles demanda um teste específico. Confira, a seguir, quais são as principais DSTs, aquelas com maior incidência, os exames para diagnosticá-las e demais detalhes!

Principais DSTs, testes de diagnóstico e tratamentos

Clamídia

Trata-se de uma doença causada por uma bactéria. Pode ou não gerar sintomas, como dor na genitália e eliminação de secreção pelo pênis ou vagina (o famoso corrimento).

  • Testes para diagnóstico: urina, Papanicolau ou de imunoglobulina;
  • Tratamento: utilização de antibiótico, durante o período indicado pelo médico. Relações sexuais devem ser suspensas, até o fim do tratamento.

Gonorreia

É uma infecção bacteriana que causa dor ao urinar, testicular e pélvica, bem como secreção pela vagina ou pênis. Se não for tratada, pode levar à infertilidade.

  • Teste para diagnóstico: coloração de Gram;
  • Tratamento: uso de antibiótico oral, no período determinado pelo médico. Só é recomendado ter relações sexuais depois do tratamento, quando a doença será eliminada.

HIV

É uma DST que não tem cura e pode levar à morte, se não houver tratamento. Nela, o organismo não consegue combater infecções e há sintomas agudos de febre, dor, fadiga, perda de peso e sudorese noturna.

  • Testes para diagnóstico: exame de sangue específico;
  • Tratamentos: uso de medicamentos antivirais HIV, que retardam o progresso da doença e diminuem a chance de infectar outros parceiros.

HPV

Também chamada de papiloma vírus humano, esta doença causa verrugas genitais, lesões internas e pode desenvolver-se, levando ao surgimento do câncer cervical. O HPV pode atingir mulheres e homens.

  • Testes para diagnóstico: Papanicolau, vulvoscopia, colposcopia, anuscopia ou peniscopia;
  • Tratamento de HPV: há um tratamento preventivo, que é a vacina contra HPV. Para pessoas que já têm a doença, são realizadas remoções e cauterizações de verrugas, além do uso de medicamentos tópicos antitumorais. Todos esses tratamentos são paliativos, porque o HPV não tem cura.

Sífilis

A sífilis é uma infecção causada por uma bactéria, apresentando diferentes fases. Na primeira, a pessoa apresenta uma ferida indolor na região da boca, genitália ou reto. Em seguida, há outras erupções cutâneas. Anos depois, a doença volta e pode provocar danos nos nervos, cérebro, coração e olhos.

  • Testes para diagnóstico: exame de sangue e VDRL;
  • Tratamento para sífilis: a doença tem cura e pode ser eliminada com uso de antibiótico, como a penicilina, pelo período e na dose indicada pelo médico.

Tricomoníase

A tricomoníase é uma DST causada por um parasita. Possui alto índice de incidência e costuma gerar sintomas nas mulheres, que sentem coceira na vagina, dor ao urinar e têm corrimento com cheiro ruim. Se a doença não for tratada, pode levar ao parto prematuro.

  • Testes para diagnóstico: exames de cultura e citologia;
  • Tratamento de tricomoníase: é possível eliminar a doença fazendo uso de antibiótico, conforme indicado pelo médico. Embora o homem não enfrente os sintomas, ele, também, deve fazer o tratamento, para evitar a reincidência da doença em sua parceira.

Onde fazer teste de DST?teste de dst

É possível realizar esses exames em laboratórios de análise e em clínicas, inclusive em postos de saúde e em hospitais públicos e privados. A diferença é que na rede pública conseguir um teste é mais demorado. Se sua intenção for ter uma resposta rápida, o ideal é partir para a rede particular.

Quanto custa fazer teste de DSTs

Decidiu investir em testes de DSTs em laboratórios ou hospitais particulares? Provavelmente, sua maior dúvida é o preço do exame. Curiosamente, o valor varia de acordo com a empresa escolhida para realizar a análise.

Mesmo que não haja um preço fixo, existe a possibilidade de saber uma média dos valores cobrados pelo mercado:

  • Exame de urina: a partir de R$60;
  • Papanicolau: a partir de R$200;
  • Exame de imunoglobulina: a partir de R$120;
  • Coloração de Gram: a partir de R$150;
  • Exame de sangue para HIV: a partir de R$200;
  • Vulvoscopia: a partir de R$300;
  • Colposcopia: a partir de R$300;
  • Anuscopia: a partir de R$400;
  • Peniscopia: a partir de R$400;
  • VDRL: a partir de R$100;
  • Cultura e citologia: a partir de R$100.

Vale lembrar que, no caso específico do teste de HIV, há um teste vendido em farmácias, que é mais barato, e que custa cerca de R$90. No entanto, o exame laboratorial não deve ser descartado.

Recomendados para você:


O Conteúdo Foi Útil? Deixe seu Voto!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply